...
Florianópolis Pedrão Progressistas

Pedrão se manifesta sobre resistências à sua candidatura

O ex-vereador de Florianópolis e pré-candidato a prefeito, Pedro Silvestre, o Pedrão, enviou nota em resposta às informações divulgadas pela coluna sobre a resistência dentro do Progressistas em relação ao seu projeto eleitoral. Segue:

“Eu estou homologado pelo Diretório Municipal do Progressistas como pré-candidato a prefeito de Florianópolis.

Tenho apoio do Senador da República Esperidião Amin para ser o candidato a prefeito da capital, inclusive isto foi um dos fatos que motivaram minha volta ao partido em 2021/2022.

Com Aldo Rosa e Jonianderson juntos, o partido se comprometeu que em qualquer condição Pedrão seria em 2024 o candidato a prefeito de Florianópolis dos Progressistas, inclusive isso está nos jornais da época e salvo engano na tua própria coluna.

Voltei ao Progressistas para conduzir este projeto de recuperar o protagonismo na capital e grande Florianópolis, colocando em prática novamente os ensinarmos da melhor escola de gestão pública de Santa Catarina. Recuperar esse protagonismo é colocar em prática uma gestão moderna e honesta, com DNA progressistas, assim como fez Ângela Amin a sua época quando eleita a melhor prefeita das capitais.

Somado a estes apoios, os 3 deputados estaduais dos progressistas, Altair Silva, Pepê Collaço e Zé Milton abertamente são defensores da candidatura de Pedrão a Prefeitura. (segue após o anúncio)

Além destes apoios importantes, contamos com 100% da Juventude do Partido também apoiando a candidatura na capital.

Portanto, se tem alguém internamente no partido que não deseja que o partido tenha na capital um bom candidato, esse alguém está no partido no errado ou pior, está trabalhando para um número diferente do 11 dos progressistas.

Até onde eu sei o nosso partido tem número 11, não mudou para 55 e nem 22, tem nomes e relevância na capital e região e por esta razão está sofrendo com os assédios e inúmeras tentativas de barrarem a nossa candidatura.

Fica evidente que essas picuinhas são criadas por agremiações concorrentes e interessadas na nossa não participação nas eleições da capital, afinal, estar sem mandato no atual momento e mesmo assim estar em segundo nas pesquisas e com a menor rejeição entre todos os concorrentes, realmente é algo que assusta aqueles que não ainda não foram votados diretamente nas últimas eleições.

Por fim, Florianópolis precisa de uma gestão limpa, honesta, transparente e que entregue resultados!” – Pedro Silvestre – Pedrão