...
Alesc Carlos Moisés da Silva Esperidião Amin Fiesc Gean Loureiro Jair Bolsonaro João Rodrigues Jorginho Mello

Discurso contra os pedágios está fora da realidade; Fiesc realizará diálogo com candidatos; Moisés quer o apoio de Amin entre outros destaques

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta

Faça parte do grupo do SCemPauta no Whatsapp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via Whatsapp : 49985048148

É lamentável ver que alguns candidatos estão fazendo discurso contra, ou até negando qualquer eventual defesa que tenha sido feita aos pedágios nas rodovias. Penso que não passa de um discurso populista ser contra o repasse da administração das SCs à iniciativa privada, somente para não sofrer qualquer tipo de desgaste junto ao eleitor. Saibam que isso é enganar, é faltar com a clareza e a honestidade que o debate merece.

Uma pergunta: em todos esses anos, quem resolveu os problemas das rodovias estaduais? Em todas as eleições é a mesma coisa, promessas, citações de rodovias como se houvesse um domínio real da situação de todas e, depois, segue o estado de abandono pelo simples fato de ser impossível ao Estado custear a manutenção. O fato é um só. Se fosse realmente possível bancar, os outros governos e até mesmo o atual, já teriam resolvido, mas não é uma tarefa fácil como alguns discursos tentam dar a entender.

O pedagiamento, seja agora, ou daqui a 10 anos, é algo inevitável. É a garantia ao cidadão de que trafegará em uma rodovia em que terá segurança e, para as empresas, será dada a condição de escoar a produção sem sofrer prejuízo de tempo e material. Além do mais, hoje já pagamos a conta, só que através dos impostos e não vemos resultado. Consorciando as rodovias, pagaremos o pedágio, mas sentiremos o retorno que há muitos anos o Estado nega à população.

O grande problema é a viabilidade. As rodovias estaduais precisam se tornar viáveis financeiramente aos consórcios, para que empresas se apresentem quando for aberta a concorrência. Uma outra alternativa seria através do Governo Federal, que ao consorciar as Brs poderia colocar como contrapartida ao consórcio vencedor, a manutenção das SCs.

A verdade é que precisamos de visão e coragem, para enfrentar temas que as vezes são impopulares como esses, mas que são reais, palpáveis, que mexem com a vida das pessoas. Agora, se o discurso fácil prevalecer, esqueçam. Em quatro anos veremos o mesmo debate ser feito durante a eleição.

Aposta no apoio

Fonte ligada a campanha do governador, Carlos Moisés da Silva (Republicanos), defende o início de um diálogo com o senador, Esperidião Amin (Progressistas). A aposta é que, em mais alguns dias, Amin perceberá que não chegará no segundo turno, neste caso, a ideia é convencer o senador a apoiar Moisés, caso o atual governador passe para o segundo turno.

Na estrada

Na próxima sexta-feira o prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), se licenciará para dar uma maior atenção à campanha do ex-prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (UB), ao Governo do Estado. Assumirá o comando do município o presidente da Câmara, Adão Teodoro. Rodrigues já tem uma série de agendas marcadas.

Candidatura mantida

O candidato Ralf Zimmer Júnior (Pros) teve a sua candidatura deferida pela Justiça Eleitoral. A campanha do governador, Carlos Moisés da Silva (Republicanos), tentou tirar Ralf da eleição ao pedir o indeferimento de sua candidatura, porém, a justiça manteve o candidato do Pros ao Governo do Estado. Ralf tem sido um dos principais críticos de Moisés durante a campanha.

Amin em Joinville

O candidato ao Governo do Estado, Esperidião Amin (Progressistas), realizou uma agenda extensa ontem em Joinville. Pela manhã o compromisso foi na Associação dos Comerciantes de Material de Construção de Joinville (Acomac). Logo na sequência esteve reunido com representantes de entidades representativas da área agrícola onde também recebeu solicitações. À noite, Amin participou do Conselho de Entidades – ACIJ, ACOMAC, AJORPEME e CDL – onde discursou por 10 minutos sobre a região Norte.

Décio em Joinville

A retomada de investimentos em infraestrutura e uma gestão de responsabilidade, foram os compromissos do candidato da Frente Democrática, Décio Lima (PT), firmado junto a empresários da Associação Empresarial de Joinville (Acij). Segundo Décio, sua gestão à frente do Governo do Estado, caso seja eleito, será feita em conjunto com os setores econômicos e as prefeituras, nas 21 microrregiões de Santa Catarina.

Gean em Joinville

O candidato a governador, Gean Loureiro (UB), estará novamente em Joinville hoje, onde cumprirá agenda de campanha. O ex-prefeito de Florianópolis iniciará o dia atendendo a imprensa e, realizando visita a empresas. Na parte da tarde, realizará encontro com as coordenadoras de grupos da terceira idade do município, fará caminhada pela cidade e conversará com a população. À noite, Gean participará do encontro regional da coligação.

Diálogo com candidatos

A Federação das Indústrias (Fiesc) promove o Diálogo com Candidatos ao Governo do Estado, na sede da entidade, em Florianópolis. O pano de fundo do evento será a Carta da Indústria, documento que contempla as propostas do setor para os programas de governo. O encontro tem presença confirmada dos sete candidatos cujos partidos possuem representação na Assembleia Legislativa: Carlos Moisés da Silva (Republicanos), Décio Lima (PT), Esperidião Amin (Progressistas), Gean Loureiro (União Brasil), Jorge Boeira (PDT), Jorginho Mello (PL), e Odair Tramontin (Novo).

Faça parte do grupo do SCemPauta no Whatsapp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via Whatsapp : 49985048148

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta