...
Alesc Carlos Moisés da Silva Fiesc Gean Loureiro Impeachment Jair Bolsonaro João Rodrigues Jorginho Mello Leandro Ribeiro Maciel Mário de Aguiar Maurício Eskudlark Ralf Zimmer Júnior

Fiesc entrega Carta aos candidatos; A crença da equipe de campanha de Jorginho; Mais um pedido de impeachment contra Moisés entre outros destaques

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta

Faça parte do grupo do SCemPauta no Whatsapp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via Whatsapp : 49985048148

A Federação das Indústrias (Fiesc) lançou ontem a edição 2022 da Carta da Indústria, que traz as propostas do setor para o Legislativo e o Executivo, tanto em âmbito estadual, quanto federal. Uma das propostas da Carta é a criação de um Conselho Permanente de Desenvolvimento de Santa Catarina, uma instância onde se poderá aprofundar as parcerias entre empresários e o setor público.

O documento foi apresentado aos assessores dos candidatos ao Governo do Estado e, entre os temas de destaque, estão infraestrutura, especialmente a de transporte, sistema tributário, qualidade da educação, inovação, planejamento de longo prazo para o desenvolvimento do estado, competitividade, internacionalização, ambiente para os negócios, disponibilidade de capital para investimento, além de pautas no campo trabalhista e ambiental.

A entrega de ontem, foi feita aos assessores dos candidatos ao Governo que são filiados a partidos com representatividade no parlamento, no caso, Carlos Moisés da Silva (Republicanos), Décio Lima (PT), Gean Loureiro (UB), Jorginho Mello (PL), Esperidião Amin (Progressistas), Jorge Boeira (PDT) e Odair Tramontin (Novo). Eles participarão do Diálogo da Indústria, que vai ocorrer no próximo dia 22 na sede da Fiesc, às 9h30.

O presidente da Fiesc, Mario de Aguiar, destaca que são premissas fundamentais do documento, o atual cenário de grandes transformações e o papel central do setor industrial para o desenvolvimento social e econômico. “A indústria tem o poder de alavancar os demais segmentos, incorporar novas tecnologias e gerar inovações, em resumo, é o motor do desenvolvimento”, diz Aguiar.

O Norte

Um governo que pretende ser bem-sucedido, precisa inevitavelmente da parceria do setor produtivo. Vale destacar que os políticos são os facilitadores para quem realmente gera emprego e renda, que é o empresário, seja de qual setor ou tamanho for. É por isso que a proposta da Fiesc, de institucionalizar um Conselho Permanente de Desenvolvimento, deve ser aceita como um compromisso dos candidatos a governar Santa Catarina. Será dessa forma, que o ocupante da cadeira número 1 do Centro Administrativo a partir de janeiro do próximo ano, terá as condições necessárias para investir no desenvolvimento Econômico do Estado de forma eficaz, sobretudo, através da Infraestrutura, através de uma importante parceria com o setor privado.

Impeachment

Ontem à tarde o advogado, Leandro Maciel, protocolou mais um pedido de impeachment contra o governador, Carlos Moisés da Silva (Republicanos). O pedido aponta irregularidades no uso do avião ambulância Arcanjo 06, fato que está sendo apurado também pelo Tribunal de Contas, destacando a viagem familiar a Bonito no Mato Grosso do Sul e, a ida a Brasília para assinar ficha no Republicanos. Em outro ponto, Maciel acusa Moisés de omissão na falta de leitos de UTIs neonatais, situação que ocasionou a morte de crianças, além da nomeação do deputado estadual, Romildo Titon (MDB), para o cargo de secretário de Estado da Agricultura. Conforme escrevi na semana passada, Titon não pode ser nomeado pelo fato de ter sido condenado em segunda instância a 10 anos de prisão, após investigação da Operação Fundo do Poço. O pedido de impedimento também destaca gastos com auxílio combustível ao valor de R$ 5 mil para cada servidor do alto escalão e, aumento de salário provocado pela transposição de cargos na Secretaria de Estado da Fazenda, quando contadores foram promovidos a auditores sem passar por concurso público.   

Histórico de enfrentamento

O advogado Leandro Maciel é um dos autores do primeiro pedido de impeachment contra o governador, Carlos Moisés da Silva (Republicanos), que foi assinado também pelo atual candidato ao Governo do Estado, Ralf Zimmer Júnior (Pros), um dos maiores críticos do governador. Maciel é candidato a deputado federal e disse que apresentou o pedido devido as inúmeras irregularidades, as quais, segundo ele, foram encontradas no governo e que, inclusive, estão sendo apuradas pelo Tribunal de Contas.

Governo se movimentou

O Governo do Estado se movimentou para tentar desacreditar o pedido de impeachment contra o governador, Carlos Moisés da Silva (Republicanos). Uma das principais ações, foi movimentar a sua assessoria de imprensa informal, para criticar a iniciativa do advogado, Leandro Maciel.

Nas mãos de Eskudlark

Informações de bastidores dão conta de que o presidente interino da Assembleia Legislativa, Maurício Eskudlark (PL), poderá segurar o pedido de impeachment e não pautar na próxima terça-feira (13), quando terá sessão do parlamento. Tentei contato com Eskudlark, mas ele não atendeu. Nos próximos dias os deputados devem começar a ser comunicar sobre o assunto, para definir um posicionamento.

Crescimento de Jorginho

Há uma crença na campanha do senador, Jorginho Mello (PL), que após o 7 de setembro ele passará o governador, Carlos Moisés da Silva (Republicanos), nas pesquisas ao Governo do Estado. A certeza é baseada nos números monitorados pela coordenação da campanha. Jorginho segue um pouco atrás de Moisés. O senador liberal quer apostar tudo no feriado de amanhã, tanto, que segundo uma fonte, teria contratado trios elétricos que passarão pela Avenida Beira-Mar em Florianópolis.

Sinal amarelo

A campanha do governador Carlos Moisés da Silva (Republicanos) está preocupada, com os números que tem sido apresentado nas pesquisas de consumo interno. Ontem Moisés fez um apelo aos prefeitos em um grupo de WhatsApp criado por ele, para que todos se empenhem, pois, segundo ele, é possível vencer no primeiro turno. Também foi realizada uma reunião no teatro Pedro Ivo em Florianópolis com os ocupantes de cargos comissionados. A ordem é empenho total na campanha. Detalhe: todos os celulares foram recolhidos antes do encontro.

Aumento do teto

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei Complementar que aumenta o teto do Simples das microempresas, uma das principais pautas da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina. A matéria segue ao plenário e tem o apoio do deputado federal, Darci de Matos (PSD). Segundo o presidente da entidade, Sérgio Alves, as entidades empresariais através da CACB estão alinhadas com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas), para que, após as eleições, o projeto seja votado em plenário. Após a votação na Câmara o PL volta para ser apreciado pelo Senado e posteriormente para Sanção do presidente. A ideia é colocar em vigor essa lei a partir do dia 01 de janeiro do próximo ano.

Apoio a Gean

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), conseguiu o apoio do vereador, André Kovaleski (PL), ao candidato ao Governo do Estado, Gean Loureiro (UB). Suplentes do PL na Câmara de Vereadores entre outras lideranças do PL também anunciaram apoio a Loureiro.

Lançamento

Filha do ex-deputado estadual, Narcizo Parisotto, a pastora Débora Parisotto (PTB), fez o lançamento de sua candidatura a deputada federal em Lages, com a presença de cerca de 800 pessoas. Ela faz uma dobradinha com o deputado estadual, Jair Miotto (UB), candidato à reeleição.

Faça parte do grupo do SCemPauta no Whatsapp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via Whatsapp : 49985048148

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta