...
Alesc Antidio Lunelli Carlos Moisés da Silva Celso Maldaner Eduardo Pinho Moreira Gean Loureiro Jair Bolsonaro Jorge Bornhausen Jorginho Mello Moacir Sopelsa Paulo Afonso Vieira

Moisés ganha apoio de prefeitos e deputados do MDB; Grupo de Maldaner prepara a resposta; É hoje a filiação de Topázio e Bornhausen ao PSD entre outros destaques

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê. Você também pode ativar as notificações no “Alerta do Google” e receber as nossas informações.

Conforme adiantei na semana passada, ocorreu ontem um jantar promovido pelo governador Carlos Moisés da Silva (Republicanos) na Casa D’Agronômica. O evento foi para os prefeitos, vices, deputados estaduais e os dois ex-governadores do MDB, Paulo Afonso Vieira e Eduardo Pinho Moreira. Segundo uma liderança, foi a cartada final de Moisés para ter o apoio dos emedebistas.

Foram inúmeras falas pró-Moisés e de agradecimento pela liberação de recursos aos municípios. O presidente da Assembleia Legislativa, Moacir Sopelsa, chegou a afirmar que mesmo que o MDB tenha candidato, que estará com o governador na eleição. Já Paulo Afonso disse que apoiar Moisés unirá o partido. Pinho Moreira chegou a fazer uma conta destacando os nomes dos integrantes da executiva, para mostrar que o apoio a Moisés prevalecerá.

Além disso, durante o encontro foi apresentado um pedido de convocação de reunião extraordinária da executiva estadual, para discutir como pauta única, o apoio a Moisés e a indicação de um nome para vice que seja do MDB. Segundo uma fonte, entre os cotados estariam o ex-prefeito de Joinville, Udo Döhler, o que agrada ao setor empresarial do Norte, ou até mesmo um deputado, que poderia ser Valdir Cobalchini.

O que chamou a atenção, é que o documento assinado por Pinho Moreira, Paulo Afonso e deputados estaduais, acabou não recebendo a assinatura de Fernando Krelling. Uma fonte que participou do jantar, relatou que o parlamentar alegou questões regionais como impeditivo, para que ele assinasse neste momento. “Vai aguardar definir a questão de Antídio Lunelli. Nem a foto tirada no final teve a presença do Fernando”, relatou.

O fato é que o pedido de convocação da executiva, é para forçar o partido a se definir a favor de Moisés, antes de 11 de junho, data em que deve ocorrer o lançamento da pré-candidatura de Lunelli. Deputados entendem que se deixarem acontecer o evento marcado para Curitibanos, ficará muito mais difícil tirar o ex-prefeito de Jaraguá do Sul do cenário.

Ainda ontem à noite, a resposta do grupo de Celso Maldaner começou a ser preparada através de algumas movimentações. Uma liderança me falou que não acredita numa reviravolta pró-Moisés e, disse que Antídio será o candidato. A leitura é que cerca de 80 prefeitos apoiam Moisés, mas, que em 210 municípios não há prefeitos emedebistas, mas, sim, a força dos diretórios que tem apostado em uma candidatura própria. “É a instância que decidirá o rumo do partido. Vale lembrar que o voto dos prefeitos tem o mesmo peso dos demais”, relatou uma fonte.

A verdade é que, independentemente do lado que o MDB escolher, o partido não irá por inteiro. Seja Moisés ou Antídio, terão que lidar com o maior partido do estado, enfraquecido pelas divisões internas provocada por uma disputa fratricida.  

ALERTA!!

É expressamente proibida a cópia dos textos do SCemPauta para o compartilhamento. É PERMITIDO compartilhar, somente através do link! Quem compartilhar o texto sem o devido crédito ao SCemPauta, responderá judicialmente pelo uso indevido de nossos conteúdos!

Almoço com Cobalchini

Ontem o deputado estadual, Valdir Cobalchini (MDB), recebeu em seu gabinete um bom número de prefeitos de seu partido, que foram à capital para participar do jantar na Casa D’Agronômica. Durante a conversa, Cobalchini fez uma forte defesa do governador, Carlos Moisés da Silva (Republicanos).

Filiações no PSD

Hoje às 19h no Lira Tênis Clube, acontece a filiação do prefeito de Florianópolis, Topázio Neto, ao PSD. Também será anunciada a filiação do ex-governador, Jorge Bornhausen, que volta a se filiar após alguns anos. A expectativa é quanto aos discursos que serão feitos. O pré-candidato a governador, Gean Loureiro (UB), também estará presente, assim como o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab.

Comentários

Quem participou do Congresso da Acaert, reclamou que o acesso ao governador, Carlos Moisés da Silva (Republicanos), teria sido mais restrito a poucas pessoas. A fala é de que Moisés foi protocolar, saindo rapidamente, enquanto que o também pré-candidato ao Governo do Estado, senador Jorginho Mello (PL), teria passado de mesa em mesa cumprimentando os participantes do evento.

Louvável

O governador, Carlos Moisés da Silva (Republicanos), se comunicou ontem à noite com o Itamaraty pedindo que o Governo Federal auxilie na repatriação dos corpos do catarinense, Jessé Koz, de 29 anos, e de seu cão, Shurastey. Eles faleceram na segunda-feira em um acidente na cidade de Portland nos Estados Unidos. A dupla que tinha mais de 700 mil seguidores nas redes sociais, fazia uma viagem a bordo de um Fusca 78, que tinha como destino o Alasca. A família através de uma vaquinha online, conseguiu os R$ 120 mil necessários para pagar o translado. A morte de Koz e seu cão, gerou uma grande comoção.

Em busca de apoio

A pré-candidata a deputada federal, Arlene Graf (Patriota), esteve em Brasília onde visitou o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). Arlene que é de Blumenau, tenta se colocar como o único nome na região ligado a Bolsonaro. Na foto ela aparece ao lado de Bolsonaro e do pre-candidato ao Senado, Jorge Seif Júnior (PL).

Mais mulheres

Em evento realizado pelo PSB no final de semana passado, Caren Machado reafirmou sua pré-candidatura a deputada estadual. Ela destacou a importância de mais mulheres se elegerem para a Assembleia Legislativa. As principais pautas levantadas por ela são: o direito das mulheres, saúde, educação e economia. “Embarquei nessa jornada por acreditar na mudança e, me coloco como um instrumento para que possamos alcançá-la”, afirmou.

Apoie o SCemPauta

Fazer jornalismo de qualidade, com notícias exclusivas dos bastidores da política não é fácil. Por isso, faço um convite a vocês para que anunciem as suas empresas no SCemPauta. Apoie o nosso trabalho para que ele seja cada vez mais forte. Além de nos apoiar, você terá a sua marca sendo divulgada para todas as regiões do estado e, o melhor, em um site que tem credibilidade junto ao público. Entre em contato pelo nosso WhatsApp: (49) 98504.8148. Contamos com você!

Sanidade animal

Os 15 anos de certificação de Santa Catarina como área livre de febre aftosa, sem vacinação de rebanhos, reconhecida pela Organização Mundial de Saúde Animal, será motivo de sessão especial da Assembleia Legislativa, hoje, por iniciativa do presidente do parlamento, deputado Moacir Sopelsa (MDB). A sessão programada para às 19h no Plenário Osni Régis, reverenciará instituições e personalidades que tiveram participação direta no processo de reconhecimento do status sanitário, que alavancou a produção agrícola estadual.

Cobrança fiscal

Quando um contribuinte questiona uma cobrança fiscal e recorre ao Tribunal Administrativo Tributário do Estado, geralmente a decisão é contrária a ele. Isso acontece porque o voto de desempate nesses julgamentos é feito por um servidor indicado pela Fazenda catarinense. Para mudar esta situação, foi aprovada ontem pela Assembleia Legislativa, o projeto de lei que acaba com esse formato, conhecido como voto de minerva. Caso seja sancionada, a proposta faz com que prevaleça a interpretação mais favorável ao cidadão nas votações empatadas. De acordo com o autor da lei, deputado Milton Hobus (PSD), hoje essas decisões têm um viés arrecadatório ao serem contra o contribuinte.

Com a bênção da Quadrangular

Durante reunião com mais de 100 lideranças da Igreja do Evangelho Quadrangular de Santa Catarina, sob a coordenação do presidente, pastor Narcizo Parisotto, em Florianópolis, foram definidos os nomes de dois pré-candidatos. O deputado estadual, Jair Miotto (UB), disputará a reeleição, enquanto que Débora Parisotto (PTB) tentará uma vaga à Câmara dos Deputados.  

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê. Você também pode ativar as notificações no “Alerta do Google” e receber as nossas informações.

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta