...
Alesc Antídio Lunelli Carlos Moisés da Silva Dário Berger Gean Loureiro Jorginho Mello Luciano Hang MDB Topázio Neto Valdir Cobalchini

Loureiro assume a UB; Deputado do MDB acena para Antídio; Jorginho recebe Hang entre outros destaques

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Ontem o secretário executivo do MDB estadual, Beto Ferreira, após ler a coluna me enviou a seguinte mensagem: “Bom dia amigo! Já te disse Moisés no MDB nunca a base ou seja 90% do MDB de SC não aceita e não quer Moisés no MDB não sei porque meia dúzia ainda insiste nisso! (sic) ”, escreveu.

Ainda de acordo com Beto, o partido se decidiu em favor de Antídio Lunelli que será o candidato a governador. Ele ainda fez questão de afirmar que as regras foram claras na resolução das prévias. “Inclusive, aceitas pelo Cobalchini e Senador Dário que chegaram a se inscrever e legitimaram elas! Depois retiraram seus nomes da disputa”, lembrou.

O entendimento de Ferreira corrobora com que o presidente estadual do MDB, Celso Maldaner, tem dito nos bastidores. Para o líder emedebista, ninguém conseguirá mudar a realidade que é a pré-candidatura de Lunelli, ou seja, segundo ele, na convenção apenas será feita a homologação do prefeito.

Por outro lado, a maioria da bancada estadual se nega a aderir ao projeto de Maldaner e Antídio. Um parlamentar confidenciou que, se Antídio vier a se tornar o candidato de fato à Agronômica na convenção, que a bancada estadual sairá enfraquecida do processo. “Será uma grande derrota, com toda a força que nós temos”, afirmou.

Por isso, conforme escrevi ontem, há a possibilidade de uma movimentação mais brusca, apesar de que houve uma mudança, os movimentos não serão na próxima semana. Os deputados devem segurar para observar o resultado das articulações que o prefeito de Jaraguá do Sul começará a fazer e, apostam na desistência pela falta de viabilidade.

Em meio a tudo isso, um dos parlamentares já apresenta um discurso um pouco diferente. Fernando Krelling, que há alguns meses fez um movimento pró-Antídio em Joinville, poderá até apoiar o prefeito, o que acende um sinal de alerta para uma possível desmobilização na bancada. O deputado deixou claro que apoiará quem for o candidato do partido, seja Antídio, ou o governador, Carlos Moisés da Silva. “Sou MDB acima de qualquer pessoalidade. Nasci nesse partido, então, terei respeito pelo candidato escolhido”, afirmou.

Debate na Pan News

Hoje tem debate no programa O Jogo do Poder nas rádios Jovem Pan News de Florianópolis 103,3 FM e Jovem Pan News Criciúma, 101,5 FM. O início será às 16h. Você pode ouvir pelo rádio, ou assistir através da Panflix, ou do perfil Jovem Pan Floripa no Youtube. Maria Helena, Maga Stopassoli e eu, Marcelo Lula, debateremos os principais assuntos da política catarinense.

Piada

Um dos deputados estaduais do MDB com quem conversei ontem, me pregou uma peça. Ao ser questionado sobre o que acontecerá, me respondeu que será reeditada a tríplice aliança. Perguntei com quem o MDB formaria a tal da tríplice e, aí que veio a resposta, revelando o sentimento na bancada. “Celso (Maldaner) e Chiodini (Carlos) formariam a tríplice, gostou da ideia? Sobra mais alguma coisa? ”, questionou, dando o tom de que as lideranças pró-Antídio estão isoladas.

Briga na juventude

A entrevista que concedeu ontem ao programa O Jogo do Poder na Jovem Pan News de Florianópolis e Criciúma, o vice-prefeito de Antônio Carlos, Filipe Schmitz, presidente estadual da JMDB, defendeu que o nome do partido ao Governo do Estado tenha uma trajetória. A fala gerou uma grande discussão no grupo de WhatsApp da juventude. Ele lembrou que a candidatura de Lunelli não é unanimidade e, quando o assunto foi legitimidade, Schmitz disse que pela resolução das prévias, Lunelli a tem, mas não frente a uma boa parcela de lideranças emedebistas. Confira a entrevista de Schmitz:

Bateu de frente

O vice-presidente nacional Sul da Juventude do MDB, Fernando Fernandes, também discutiu com o vereador de Rio do Sul, Nilson Crespi, no grupo de WhatsApp da Juventude emedebista. Enquanto o vereador defendeu Antídio Lunelli, Fernandes rebateu ao dizer que, Crespi não tem moral para falar em nome da juventude emedebista. O clima realmente esquentou.  

Aceno à paz?

O pré-candidato do MDB ao Governo do Estado, Antídio Lunelli, fez um aceno à paz, ontem através de uma carta. Já de início, agradeceu ao deputado estadual, Valdir Cobalchini, e ao senador Dário Berger, pelo gesto de retirarem as suas pré-candidaturas em nome da unidade. Lunelli disse ainda que estava disposto e entusiasmado para enfrentar as prévias e acatar o resultado, mas que agora vê uma chance de ajudar a pacificar o MDB. Em outro trecho ele escreveu: “Na disputa pela indicação da nossa base, muitos de nós se excederam em algum momento, processo natural dentro de uma prévia. Porém, ressalto que da minha parte existe total disposição de diálogo e construção”, escreveu o prefeito de Jaraguá do Sul.

Loureiro assume a UB

O prefeito de Florianópolis Gean Loureiro, foi oficializado como presidente estadual do recém-criado União Brasil, ontem à noite. Uma reunião virtual entre membros da nova sigla apresentou os membros da executiva. O ex-presidente do PSL e deputado federal Fábio Schiochet será o 1º vice-presidente do partido, já o ex-deputado João Paulo Kleinübing e o deputado estadual, Ricardo Alba, assumem a 2ª e 3ª Vice-Presidência respectivamente.

Desfiliados

Corre nos bastidores que a União Brasil anunciou a sua Executiva estadual com nomes que estão desfiliados do DEM e do PSL. O partido alegou que os membros foram reconduzidos, pois, segundo uma liderança, o processo não é automático e filiados que pertenciam ao PSL e ao DEM foram colocados na executiva do União Brasil sem consulta prévia. O prefeito de Florianópolis e pré-candidato ao Governo do Estado, Gean Loureiro, negou que haja qualquer irregularidade. Segundo ele, todos que foram colocados na executiva foram consultados.

Topázio fora

Fontes afirmam que é questão de tempo, para que o vice-prefeito de Florianópolis, Topázio Neto, saia do Republicanos. Por uma questão de fidelidade ao prefeito, Gean Loureiro (UB), Topázio que assumirá no início de abril a Prefeitura da Capital, poderá se filiar ao União Brasil. Isso se deve ao fato de que o Republicanos namora, tanto com o governador Carlos Moisés da Silva (sem partido), quanto com o senador Jorginho Mello (PL).  

Jorginho recebe Hang

O senador Jorginho Mello (PL) recebeu ontem o empresário catarinense, Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, para agendas no Senado. O empresário teve encontro com o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD/MG). A reunião, que contou com a presença de outros empresários, tratou sobre pontos da reforma tributária que transita no Congresso Nacional. Hang também concedeu entrevistas e conversou com Mello sobre projetos para Santa Catarina.

Pavan

Reunido ontem o diretório municipal do PSDB de Balneário Camboriú, anunciou apoio à pré-candidatura do ex-governador Leonel Pavan, para governador nas eleições deste ano. O partido tem mais de 4500 filiados no município, berço político de Pavan.

Kennedy

Ontem o deputado estadual, Kennedy Nunes (PTB), também participou do programa O Jogo do Poder nas rádios Jovem Pan News de Florianópolis 103,3 FM e Jovem Pan News Criciúma, 101,5 FM. Confira:

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta