...
Alesc Carlos Moisés da Silva Dário Berger Gean Loureiro João Rodrigues Jorginho Mello

Moro em SC; Movimentos bruscos devem ocorrer no MDB; Hang busca o apoio evangélico entre outros destaques

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

“O MDB pode estar atrapalhando o Moisés”, me disse ontem uma liderança do partido. A afirmação se deve ao momento vivido pelos emedebistas, que passam por uma turbulência sem precedentes, situação que não inspira confiança ao governador para se filiar ao partido.

A fala em tom de desabafo, partiu de um parlamentar após a confirmação da desistência oficial do senador, Dário Berger, que decidiu acatar o pedido da bancada estadual e de ex-governadores para não disputar as prévias.

Após o protocolo do documento assinado pelo senador, somente sobrou o prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, que foi proclamado como o pré-candidato ao Governo do Estado, pelo presidente estadual do MDB, deputado Celso Maldaner.

Antídio promete visitar às regiões para tentar se viabilizar, mas enfrentará a resistência de setores do partido, a começar pela bancada estadual e pelos ex-governadores, Eduardo Pinho Moreira e Paulo Afonso Vieira, que não são favoráveis a ele. Primeiro que, não acreditam que Antídio terá um bom desempenho nas pesquisas e, segundo, ainda desejam ter Carlos Moisés da Silva disputando a reeleição como filiado ao MDB. “É a solução mais viável, caso contrário, a tendência é que o partido fique isolado e se enfraqueça”, confidenciou uma liderança.

O fato é que algumas movimentações mais bruscas estão sendo planejadas. Uma delas pode culminar com o pedido de destituição de Maldaner da presidência, na próxima semana. O assunto é guardado a sete chaves, mas as movimentações ganharam um ritmo mais forte no dia de ontem. A ideia é buscar um nome apaziguador para assumir o comando do MDB, nem que seja apenas para o período pré-eleitoral, conforme me confidenciou um parlamentar.

Outra medida que ganha força é a de anunciar a convenção como a verdadeira instância de decisão, como de fato é, segundo a lei eleitoral. Neste caso, a proclamação do nome de Antídio será desconsiderada e a definição ficará para o prazo que inicia em 20 de julho e encerra em 5 de agosto.

Em suma, uma eventual filiação de Moisés ao MDB, depende das articulações da próxima semana que, se derem certo, provocarão mais uma grande reviravolta no maior partido do estado.

Filipe e Kennedy

Hoje entrevisto o presidente estadual da JMDB, Filipe Schmitz, e o deputado estadual, Kennedy Nunes (PTB). O programa O Jogo do Poder nas rádios Jovem Pan News de Florianópolis 103,3 FM e Jovem Pan News Criciúma, 101,5 FM, tem início às 16h. Você pode ouvir pelo rádio, ou assistir através da Panflix, ou do perfil Jovem Pan Floripa no Youtube.

Com o Republicanos

O governador Carlos Moisés da Silva (sem partido) se quiser ter o Republicanos com ele, seja como filiado, ou em uma aliança, terá que respeitar as lideranças do partido. Em um verdadeiro erro estratégico, Moisés exige o comando que está nas mãos de um aliado, no caso, o deputado estadual, Sérgio Motta, que tem se posicionado pró-Moisés na Assembleia Legislativa. A deselegância poderá fazer com que o Republicanos vá no caminho do senador, Jorginho Mello.   

Mocellin no Republicanos

O deputado estadual Coronel Mocellin confirmou sua filiação ao Republicanos. O ato ocorreu ontem em reunião com o presidente estadual da sigla, deputado Sérgio Motta. Mocellin já vinha conversando com o colega de parlamento e pavimentado o caminho.”O Republicanos é um partido alinhado à ideologia Cristã, conservadora e de direita. Defende valores que eu acredito e sempre segui. Por isso resolvi optar pela sigla. Agradeço a atenção do colega Sérgio Motta e de todo o seu time. Contem comigo!”, destacou Mocellin, pré-candidato à deputado federal.

Voto fiel

O empresário, Luciano Hang, ainda não decidiu se disputará a eleição ao Senado. Mesmo assim, ele começa a olhar o voto dos evangélicos como importante para o seu projeto, em que defenderá pautas conservadoras. Hang se aproximou do Republicanos, mas prefere esperar, pois não deseja assinar ficha em um partido que terá candidato ao Governo do Estado.  

Moro em SC

O presidente estadual do Podemos, Camilo Martins, esteve ontem em Brasília com as lideranças nacionais do partido. A presidente Renata Abreu confirmou que no prazo máximo de 15 dias, virá a Santa Catarina com o pré-candidato a presidente da República, Sérgio Moro. Eles querem conversar com o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, pré-candidato do partido ao Governo do Estado.

Dinheiro na veia

Ontem foi feito o primeiro pagamento do Plano 1000 do Governo do Estado. Mais de R$ 23 milhões entraram na conta de 14 municípios. É dinheiro na veia em obras como construção de CRAS, contenção de encostas, drenagem, urbanização, pavimentação, construção de creche, de complexo esportivo entre outros.

Falta de água

“Ou a gente resolve o problema da falta de água em Chapecó, ou nós vamos romper o contrato”, afirmou o prefeito, João Rodrigues (PSD), em vídeo publicado ontem à noite. A região Oeste vive um grave problema por causa da estiagem e, a Casan adotou um sistema de rodízio de água. O fato é que a Casan não tem cumprido com as suas obrigações. Como Chapecó é superavitária no serviço de água e esgoto, a municipalização seria uma solução importante para resolver um descaso que há anos castiga a região Oeste.

Segue no governo

Após ser acusado de agredir a própria esposa, Jefe Mello, foi retirado do cargo de secretário adjunto da Assistência Social. O que levantou críticas contra o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (UB), foi o fato de que Mello praticamente ganhou uma promoção, se tornando secretário adjunto de Administração.

Calendário

Ontem durante o almoço dos líderes na presidência da Assembleia Legislativa, ficou definido que o calendário de votação será ajustado ao ano eleitoral. Nos próximos dias trarei mais detalhes.

OAB

Cláudia Prudêncio assumirá o comando da OAB de Santa Catarina, amanhã, às 19h, no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira em Canasvieiras.

Ratinho recebe Colombo

O ex-governador Raimundo Colombo foi recebido pelo governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), no Palácio do Iguaçu, em Curitiba, na tarde de ontem. Colombo, pré-candidato ao Governo de SC, e Ratinho, candidato à reeleição, conversaram sobre o momento político no Brasil e avaliaram as perspectivas eleitorais nos dois estados.

Reprise

Você que não conseguiu acompanhar o programa O Jogo do Poder de ontem, clique no link para assistir. Os entrevistados foram Claudio Vignatti presidente estadual do PSB e a presidente do PL de Criciúma, Júlia Zanatta.

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta