...
Airton Cascavel Boa Vista CPI da Covid Eduardo Pazuello Estupro Joinville juiz da Vara de Crimes Contra Vulneráveis em Boa Vista Ministério da Saúde Nildo Inácio Roraima Violência Sexual

Preso por suspeita de Estupro em SC o ex-número dois do Ministério da Saúde

Airton Cascavel era o homem da confiança de Pazuello

O empresário Airton Antônio Soligo, conhecido como Airton Cascavel, ex-número dois do Ministério da Saúde durante a gestão de Eduardo Pazuello, foi preso hoje por policiais civis de Joinville, na cidade de Boa Vista em Roraima.

Ele é suspeito de ter estuprado uma jovem de 18 anos em Joinville e, foi localizado após investigação da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso. De acordo com as investigações, a vítima do suposto crime seria uma jovem que trabalhava como cuidadora da mãe de Cascavel. Pelos relatos da vítima, a situação teria ocorrido na residência da idosa.

Após a adoção das formalidades legais, que estão sendo realizadas com o apoio do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente da Polícia Civil de Roraima, o preso será encaminhado para a audiência de custódia com o Poder Judiciário de Santa Catarina.

Outra acusação

Em setembro do ano passado, por decisão do juiz da Vara de Crimes Contra Vulneráveis em Boa Vista, Nildo Inácio, Airton Cascavel virou réu em um processo em que é suspeito de violentar uma criança que seria de sua própria família. A mãe da criança foi a autora da denúncia.  

Quem é Cascavel

Airton Cascavel se tornou conhecido durante a CPI da Covid. Suplente de Deputado Federal pelo PSL de Roraima, em várias reportagens ele foi citado por gestores municipais e dos estados como o “ministro de fato”, pois, cabia a ele dar a solução para questões burocráticas e de logística do Ministério da Saúde.

Vale destacar que a CPI no Senado chegou a dar publicidade à amizade entre Cascavel e Eduardo Pazuello, sendo que o ministro sempre levava o catarinense para agendas e reuniões públicas, mesmo sem efetivá-lo em algum cargo. O fato é que Cascavel somente foi nomeado como assessor especial, quando a sua relação sem vínculo oficial com o Governo quando começou a se tornar pública a sua forte atuação dentro do ministério. Oficialmente no cargo, ele ficou no governo de junho de 2020 a março do ano passado, de onde saiu para comandar a Secretaria de Saúde de Roraima.