...
Alesc Ana Paula da Silva Carlos Moisés da Silva Dário Berger Fiesc Jair Bolsonaro Juliano Campos Márcio França Mário de Aguiar Paulinha PSB

Berger no PSB: Um bolo que diz mais do que mil palavras; O almoço do MDB com o PSD; Presidente da Fiesc preocupado com a retirada de recursos das rodovias entre outros destaques

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta  

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Poucos detalhes separam o senador, Dário Berger (MDB), de se filiar ao PSB. Um jantar ontem à noite na sede nacional do partido em Brasília, praticamente selou a ida do senador catarinense para liderar o projeto dos socialistas em Santa Catarina, mas a ficha, ainda não foi assinada.

O maior articulador e entusiasta da filiação de Berger, é o ex-prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Campos, que é o vice-presidente estadual do PSB. Foi ele quem organizou o jantar que contou com a presença do presidente nacional, Carlos Siqueira, do vice Márcio França, além de Djalma Berger e deputados federais de outros estados. Um detalhe que não pode passar despercebido é um “seja bem-vindo” no bolo de aniversário, ou seja, como me disse ontem à noite uma liderança emedebista, “o bolo é mais falante que a própria presença do Márcio França”.

No PSB caberá ao senador duas possibilidades: a primeira é disputar o Governo do Estado liderando uma aliança de centro-esquerda, com um palanque para o pré-candidato a presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Neste cenário, caberia um vice do Partido dos Trabalhadores que pode ser Décio Lima. Mas isso apenas acontecerá, se Geraldo Alckmin se filiar ao PSB e aceitar ser o vice de Lula, caso contrário, Dário assume a condição de vice na eleição nacional e, os socialistas precisarão buscar um nome para a disputa estadual.

A saída de Dário do MDB abre espaço para o prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, ser o candidato, ou para o governador Carlos Moisés da Silva se filiar ao partido para liderar o processo.

Impacto

Algumas lideranças do MDB que viram a foto do jantar em homenagem ao senador, Dário Berger, na noite de ontem, se mostraram impactadas com a situação. Mesmo sabedores da possibilidade da saída do senador do partido, o choque de realidade preocupou alguns emedebistas históricos. “Primeiro, acredito ser muito importante que o Dario volte logo para o Estado e, reúna alguns companheiros para falar da sua decisão e explicá-la”, afirmou um emedebista.

Entrevista

Hoje um dos convidados a participar do programa O Jogo do Poder nas rádios Jovem Pan News de Florianópolis 103,3 FM, e de Criciúma 101,5 FM, será a ex-secretária Nacional da Juventude no governo Bolsonaro, Jayana Nicaretta da Silva. O programa inicia às 16h e você também pode assistir através da Panflix e do perfil “Jovem Pan Floripa” no Youtube.

Schmitz em Pauta

Ontem o vice-prefeito de Antônio Carlos, Filipe Schmitz, que é presidente da JMDB em Santa Catarina, foi um dos entrevistados no programa O Jogo do Poder, nas rádios Jovem Pan News de Florianópolis e Criciúma. Confira:

PSOL em Pauta

O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, foi outro entrevistado no programa O Jogo do Poder. Confira:

MDB e PSD

Ontem as bancadas estaduais do MDB e do PSD cruzaram os talheres no almoço que aconteceu na Presidência da Assembleia Legislativa. A manhã iniciou com os encaminhamentos sobre as tramitações conjuntas nas principais comissões técnicas, dos projetos que envolvem o funcionalismo enviados pelo Executivo para ir à votação ainda no final deste ano. A revisão do Código Ambiental também avança, com a distribuição do texto do projeto elaborado pela Comissão Especial, que têm como presidente, o líder do MDB, Valdir Cobalchini, e como relator da matéria o líder do PSD, Milton Hobus.

Sobre 2022

Mas o cardápio principal do almoço que reuniu os deputados estaduais do MDB e do PSD, foi político, voltado para 2022. A proximidade entre emedebistas e pessedistas, que é de muitas eleições, de acordo com alguns parlamentares, se encaminha para uma parceria renovada. As bancadas fazem parte da base governista. O ano eleitoral tem tudo para ampliar os laços políticos num projeto majoritário.

Preocupante

Ontem o presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Mário de Aguiar, esteve ontem em Brasília onde participou de um evento da Confederação Nacional da Indústria, que contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) e ministros. Aguiar me disse que ficou decepcionado com os cortes de recursos do Governo Federal para as BRs 470 e 163. Uma informação que o dirigente da Fiesc me passou, é que até o momento o Ministério da Infraestrutura não enviou uma fatura se quer, para que o Governo do Estado pague os custos das obras em algumas rodovias federais, conforme ficou acordado através de convênio.

Tucanos de Blumenau

O PSDB de Blumenau se reuniu para discutir o projeto do partido na região e no estado, pensando na eleição do próximo ano. Após a saída do ex-prefeito Napoleão Bernardes, as maiores lideranças na região são o ex-senador, Dalírio Beber, e os prefeitos de Indaial, André Moser, e Marcos Weber, de Luiz Alves, que não largarão os seus cargos. Os tucanos estariam para definir o ex-vereador de Blumenau, Jens Mantau, como pré-candidato a deputado estadual. Já a Federal, a vaga ficaria entre o atual vereador, Alexandre Matias, e o ex-vereador Marco Antônio Wanrowsky. Uma fonte me disse que a tendência é que Matias vá a Federal, até para sentir o cenário visando a eleição municipal de 2024.

Regiões Metropolitanas

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa aprovou em 1º turno, o projeto de lei complementar que institui três regiões metropolitanas no Norte do estado. A proposta ainda passará pela votação em 2º turno e da Redação Final, antes de seguir para o governador Carlos Moisés da Silva (sem partido), sancionar ou vetar. O projeto de autoria da deputada estadual, Ana Paula da Silva, a Paulinha (sem partido), cria as regiões metropolitanas de Joinville (formada por Joinville e Araquari), de Jaraguá do Sul (composta por Jaraguá do Sul e Guaramirim) e do Planalto Norte (integrada por Canoinhas e Três Barras).  O objetivo é que os municípios busquem soluções conjuntas para questões de transporte coletivo, saneamento, resíduos sólidos, mobilidade urbana, entre outras, com acesso a recursos da União e de organismos internacionais.

Vereador é o proponente

A proposta que cria as regiões Metropolitanas foi elaborada após pedido do vereador, Lucas Souza (PDT), presidente da Comissão Especial da Região Metropolitana da Câmara de Vereadores de Joinville. A deputada estadual, Ana Paula da Silva, a Paulinha (sem partido), lembrou que o PLC não criará despesas para o Estado. Um dos diferenciais do projeto é a utilização da estrutura das associações de municípios, para a viabilização das atividades das regiões, sem a necessidade da criação de novos cargos ou órgãos estatais.

Presidente da Amunesc

Associação de Municípios do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc) será presidida em 2022, pelo prefeito de Itapoá, Marlon Roberto Neuber. O novo presidente toma posse em fevereiro do ano que vem, substituindo o atual presidente, o prefeito de Garuva, Rodrigo David. O mandato é de um ano. Neuber tem 44 anos e foi reeleito prefeito de Itapoá nas eleições de 2020. 

Protesto na Alesc

Hoje os servidores da Defensoria Pública do Estado vão à Assembleia Legislativa, protestar contra a falta de aumento salarial para a categoria. A informação é que até mesmo os servidores da Procuradoria Geral que também aguardam há anos um aumento podem reclamar. O fato é que representantes da categoria reclamam que o Governo do Estado deu um considerável aumento aos policiais militares, sobretudo aos cadetes, enquanto a categoria segue com os salários defasados.

Novo escritório

Os sócios João De Nadal, Zulmar Duarte e Jailson Fernandes, inauguraram um novo escritório de advocacia em Florianópolis. Na foto, os três ao lado de suas esposas na prestigiada inauguração.

Violência contra as mulheres

Foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa o Projeto de Lei da deputada estadual, Dirce Heiderscheidt (MDB), que institui o Programa Sinal Vermelho em Santa Catarina. Com a sua aprovação e após a sanção do governador, a Campanha que já se popularizou, deve ajudar as mulheres do Brasil inteiro a denunciarem que estão sendo vítimas de algum tipo de violência.

Pré-candidato

O jornalista Henrique Harmonia, apresentador do Programa Em Harmonia, no ar desde 2003 e atualmente exibido em 36 emissoras do Brasil, visitou o ex-deputado federal Osvaldo Mafra, presidente estadual do Solidariedade. O comunicador aceitou o convite para presidir o partido em Palhoça, tendo como vice o advogado Celso Lins. Mafra convidou Harmonia para integrar o quadro de pré-candidatos a deputado federal para as próximas eleições.

Receba a coluna pelo WhatsApp. Envie mensagem com o seu nome e cidade e salve o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta