...
Alesc Antídio Lunelli Carlos Moisés da Silva Celso Maldaner Dário Berger Eduardo Pinho Moreira Gean Loureiro Gelson Merisio Gilberto Kassab João Rodrigues Napoleão Bernardes Rogério Peninha Mendonça

Possível saída de Dário fez Maldaner recuar; PSD em Paz; Menos recursos para as BRs 470 e 163 entre outros destaques

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta  

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Conversando com lideranças emedebistas sobre a falta de uma decisão na reunião do MDB, ontem em Florianópolis, soube que um dos motivos para o recuo do presidente estadual, deputado federal Celso Maldaner, pode ter sido a possível saída do senador Dário Berger do partido.

De acordo com uma fonte, Maldaner preferiu recuar e esperar a decisão de Berger sobre ir para o PSB, ou não, pois, se ele sair, o líder emedebista estará livre para declinar pró-Antídio Lunelli, sem gerar traumas ao partido. Maldaner chegou a apresentar uma vontade de ser o vice do governador, Carlos Moisés da Silva (sem partido), mas a ideia não ganhou repercussão interna, ao contrário do presidente da Assembleia Legislativa, Mauro De Nadal que seria melhor aceito. O problema é que ele não quer aceitar o desafio, por ter uma reeleição encaminhada, enquanto que a disputa ao Governo do Estado promete ser equilibrada.

Enquanto isso Antídio aguarda, entende que Berger sairá e, por isso, segue no cenário como pré-candidato ao Governo do Estado. Ele tem a garantia de que não haverá um confronto nas prévias que está praticamente inviabilizada tecnicamente, pois não tem uma estrutura preparada para a realização do pleito.

Enquanto isso, Dário que está de aniversário hoje, deve comemorar a data em um jantar que será oferecido pelo ex-prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Campos, na sede do PSB em Brasília. De Santa Catarina são esperados Djalma Berger, Mauro Mariani e Cláudio Vignatti. O presidente nacional dos socialistas, Carlos Siqueira, e o vice-presidente nacional, Márcio França, que é pré-candidato ao Governo do Estado de São Paulo, também participarão.

O fato é que além do peixe e frutos do mar que serão feitos por Campos, também deve ser servida à mesa, a ficha de filiação ao PSB. A proposta feita a Dário é para que ele concorra ao Governo do Estado, mas aguardando as conversas entre Lula e Geraldo Alckmin, que tem a preferência para ser o vice do petista. Se Alckmin, por qualquer motivo, não for, a preferência passa a ser do Sul e é Dário Berger quem aparece como o favorito a disputar como vice de Lula a eleição nacional.

Entrevistas na Pan News

Hoje com a participação da colega, Maria Helena, recebo no programa O Jogo do Poder nas rádios Jovem Pan News de Florianópolis, 103,3 FM, e Jovem Pan News de Criciúma, 101,5FM, o vice-prefeito de Antônio Carlos e atual presidente da JMDB, Filipi Schmitz (MDB). Logo após, será a vez de Juliano Medeiros, presidente nacional do PSOL. Além de ouvir pelo rádio, você também pode nos assistir através da Panflix ou do perfil Jovem Pan Floripa no Youtube.

Pauta principal

O presidente estadual do MDB, Celso Maldaner, parece que ficou contrariado com o fato de que a relação do partido com o governador, Carlos Moisés da Silva (sem partido), tenha se tornado a primeira pauta do encontro. Lideranças chegaram a insistir com Maldaner que parecia a todo tempo, querer empurrar a reunião para outros assuntos. A maior preocupação de Maldaner, era sofrer qualquer provocação motivada pela ideia de declinar em favor de Antídio Lunelli.  

Críticas às chapas

Algumas lideranças mais experientes do MDB catarinense criticaram as chapas a deputado estadual e federal. Além dos que já possuem mandato, a força se concentra no ex-governador Eduardo Pinho Moreira, no prefeito de Porto Belo, Emerson Stein e no prefeito de Gaspar, Kleber Wan-Dall. “Não há outros ex-prefeitos, ex-deputados, o partido vai com uma chapa sem muita força”, relatou a liderança. Mesmo que pareça enfraquecido, nunca é bom menosprezar a força eleitoral do MDB, sobretudo pelo domínio da maioria dos municípios menores.

Sobre Pinho Moreira

Em uma conversa informal após a reunião do MDB, o presidente estadual do partido, Celso Maldaner, disse que o ex-governador Eduardo Pinho Moreira não será candidato. A leitura é que Pinho Moreira não vai querer deixar o BRDE. Quem estava por perto é o renomado advogado, Paulo Fretta Moreira, que é assessor jurídico do partido. Ele fez questão de responder a Maldaner que, o seu pai, Pinho Moreira, vai querer disputar.

Como sabe?

Durante a reunião do MDB uma situação curiosa aconteceu. O deputado federal, Carlos Chiodini, informou à mesa que eu estava informando no programa O Jogo do Poder nas rádios Jovem Pan News de Florianópolis e Criciúma, o que estava acontecendo na reunião praticamente em tempo real. “Como que ele sabe? ”, questionou Chiodini.

PSD em paz

O PSD catarinense realizou um grande evento ontem na Arena Petry em São José. Mais de 400 pessoas foram acompanhar o encontro que contou com a presença do presidente nacional, Gilberto Kassab, e com os três pré-candidatos ao Governo do Estado, o ex-governador Raimundo Colombo, o prefeito de Chapecó, João Rodrigues e o ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes. Parece que há uma maior harmonia no partido, principalmente entre Colombo e Rodrigues que já chegaram a se desentender. Ontem também teve a confirmação de que assim que abrir a janela para a mudança de partido, que o deputado federal, Hélio Costa (Republicanos), se filiará ao PSD.

As falas

Dos três pré-candidatos ao Governo do Estado, coube a Napoleão Bernardes abrir as falas. Ele fez um agradecimento pela acolhida no partido, destacou que é preciso ampliar as bancadas e em tom conciliador, afirmou que “jogará” na posição na qual for escalado. Já Raimundo Colombo resgatou o slogan “as pessoas em primeiro lugar”, lembrando que em seu governo a prioridade foi as pessoas. Fazendo um comparativo, Colombo disse que não aumentou impostos, para que as pessoas vivessem bem, mesmo com uma arrecadação do Estado menor. Já nos dias de hoje, o Governo arrecada muito, mas as pessoas não estão bem. Por sua vez, João Rodrigues disse que se o povo quiser, ele será candidato a governador, mas também anunciou pela primeira vez, que se não disputar, lançará a sua esposa, Fabiana Rodrigues, a deputada estadual ou federal.

Desafio

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, disse ainda que se não for o candidato do PSD ao Governo do Estado, que seguirá a frente da Prefeitura da capital do Oeste. Ele desafiou a Napoleão Bernardes e Raimundo Colombo a se comprometerem a disputar a deputado estadual ou a federal, caso não disputem o Governo. “Um partido que tem três pré-candidatos desta qualidade, com essa vontade, é uma sigla que está voltada para o sucesso”, destacou o ex-ministro da Ciência, Tecnologia e Comunicações”, Gilberto Kassab, presidente nacional do partido.

Ministro catarinense

São boas as chances de Santa Catarina ocupar um espaço no primeiro escalão do governo de Jair Bolsonaro (PL) a partir de março do ano que vem, quando 12 dos 23 ministros devem deixar seus postos para disputar as eleições. Neste final de semana, em Brasília, o ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, recebeu o deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB), e seu chefe de gabinete, Rafael Pezenti, para um churrasco no Clube do Congresso. Peninha é sondado para assumir o Ministério do Turismo no lugar de Gilson Machado Neto, que deverá se desincompatibilizar para buscar o Senado por Pernambuco. Outra hipótese é substituir Onyx Lorenzoni, que tentará o Governo do Rio Grande do Sul.

Menos recurso para SC

O senador Esperidião Amin (Progressistas) se manifestou na comissão Mista de Orçamento ontem, em relação ao descaso com Santa Catarina na retirada de recursos para obras de rodovias catarinenses. “Ao longo dos meses de fevereiro a outubro, a bancada de Santa Catarina promoveu uma grande discussão em busca de um grande entendimento com o Governo Federal. O governo estadual alocou R$ 465 milhões do orçamento do estado de SC para suplementar, R$ 300 milhões para a BR-470, R$ 100 milhões para a BR-163, R$ 50 milhões para a BR-280 e R$15 milhões para a BR-285. “Agora, a Portaria 13.959 de 26 de novembro de 2021, publicada no Diário Oficial da União dia 29 de novembro, foi publicada de uma maneira disfarçada”, acusou Amin. A publicação mostra que R$ 25 milhões foram retirados da BR-470 e, mais R$14,6 milhões da BR-163.

Mais um no PT

O Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina realiza hoje, às 15h no Gabinete 305 da Assembleia Legislativa, o ato de filiação do professor aposentado de Direito Ambiental da UFSC, Rogério Portanova. Na ocasião, ele será apresentado como pré-candidato a governador, juntando-se ao também ao pré-candidato Décio Lima. Portanova é doutor em sociologia política pela Paris 8, na França e pós-doutor em Direito do Ambiente pela Universidade Lusíada, de Portugal. Foi fundador do PT em 1980, em Porto Alegre, e candidato a vereador da capital gaúcha, em 1982. Em 2018, Portanova disputou o governo pela Rede Sustentabilidade. Vale lembrar que o candidato ao Senado pela Rede, Diego Mezzogiorno, também se filiou ao PT.

O sonho de Merisio

Pessoas ligadas ao ex-deputado estadual, Gelson Merisio (PSDB), tem relatado o sonho de consumo do ex-presidente da Assembleia Legislativa, de se filiar ao PSB. Se não tiver outro nome ele disputa o Governo do Estado apoiando o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), tendo Décio Lima (PT) de vice e Raimundo Colombo (PSD) ao Senado. Merisio ainda deseja levar junto o Progressistas e, para isso, quer conversar com o senador Esperidião Amin.

Temporada de Verão

A temporada de verão mais aguardada de Balneário Camboriú teve início no sábado (04), nas areias da nova Praia Central. Uma estrutura montada próximo à Praça Almirante Tamandaré abrigou competições esportivas, apresentações artísticas, espaço infantil e ações educativas que celebraram a Abertura da Temporada de Verão BC 2022. Apresentação da obra de recuperação da faixa de areia da Praia Central, alargada em cerca de 45 metros e a projeção de como ficará em breve com a reurbanização; fogos de artifício e show da Camerata de Florianópolis completaram a noite.

Receba a coluna pelo WhatsApp. Envie mensagem com o seu nome e cidade e salve o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta