...
Alesc Carlos Moisés da Silva Daniela Reinehr Décio Lima Eduardo Leite Gelson Merisio Jair Bolsonaro João Dória João Rodrigues Jorginho Mello Luciano Hang PL PSDB Sérgio Moro Vivian Selig

Prévias do PSDB: os efeitos em SC; Assessoria de Hang não contesta informação sobre pré-candidatura; Avança investigação na capital entre outros destaques

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta  

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Além do constrangimento, a incerteza sobre o projeto nacional e estadual do PSDB se abateu nos tucanos catarinenses, com a atrapalhada suspensão das prévias do partido. De acordo com o diretório peessedebista, o aplicativo que permitia a votação remota não teria comportado a demanda de votantes, informação que é negada pela universidade que desenvolveu o APP. Ainda hoje deve haver uma decisão sobre a conclusão das prévias.

Fontes do PSDB catarinense disseram que uma definição é importante, tanto para o projeto nacional, como ao Governo do Estado. Quem vencer as prévias, fortalecerá o seu grupo em Santa Catarina, ao ponto de fazê-lo dar as cartas. De um lado, o governador de São Paulo, João Dória, é apoiado pelo seu secretário de Turismo, Vinícius Lummertz, pelo ex-senador, Paulo Bauer, além de boa parte dos prefeitos, a exemplo do presidente da Fecam, Clenilton Pereira, prefeito de Araquari; Mário Woitexem, o Cena, prefeito de Pinhalzinho, Saulo Sperotto, ex-presidente da Fecam e prefeito de Caçador, entre outros. De outro lado, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, é apoiado por Gelson Merisio, Marcos Vieira, Dalírio Beber e Gilmar Knaesel.

Fontes confirmaram o que tenho escrito há algum tempo que, se Leite vencer, Merisio ganhará força para ser o candidato ao Governo do Estado, porém, se Dória for o vencedor, coloca Lummertz como um possível nome, ou abrirá o campo para que o PSDB possa compor. Segundo o relato de lideranças, há resistências ao nome de Merisio que não consegue se tornar protagonista. “Os prefeitos não enxergam nele a força para ser o candidato. Se mostrar viabilidade abraçamos, mas é difícil”, relatou uma liderança tucana. Pensando nisso, Merisio já teria um “plano B”, que seria uma aproximação com o senador, Jorginho Mello (PL).

Uma eventual vitória de João Dória também provocaria uma outra situação, que seria a aproximação com o governador, Carlos Moisés da Silva (sem partido). Quando esteve em Glasgow na Escócia para a Conferência do Clima, Dória tentou marcar uma conversa com Moisés, mas o governador catarinense chegou dias após, quando o governador paulista já estava retornando ao Brasil. Prefeitos tucanos que estão sendo contemplados com a liberação de recursos do Estado, são simpáticos a essa aproximação, inclusive os deputados estaduais, Vicente Caropreso e Marcos Vieira, que mesmo apoiando Leite, não se oporia a um projeto com Moisés.

Insatisfeitos

O vereador de Criciúma, Nícola Martins (PSDB), é o retrato da insatisfação dos tucanos catarinenses com o que aconteceu ontem na votação das prévias do PSDB. “O @PSDBoficial fez hoje uma das situações mais deprimentes da história recente da política brasileira. Uma prévia que faz sair menor do que entrou, menos de 10% de filiados aptos e um app de R$ 1 milhão que não funcionou. Em quem votei? Em nenhum. Em quem votarei? Em nenhum”, escreveu o tucano em sua conta no Twitter.

Jogo do Poder

Hoje é dia de debate no programa O Jogo do Poder na Jovem Pan News de Florianópolis 103,3 FM, e Jovem Pan News de Criciúma 101,5 FM. A partir das 16h, Maria Helena, Maga Stopassoli e eu, Marcelo Lula, debateremos os principais acontecimentos da política catarinense. Bastidores, análises, informações em primeira mão, vale a pena acompanhar. Você pode ouvir pelo rádio, ou nos assistir pela Panflix, ou acesse o perfil no Youtube Jovem Pan Floripa.

Dois dígitos

No programa O Jogo do Poder na sexta-feira, comentei que havia recebido informação de uma fonte de Brasília, que a próxima pesquisa traria o pré-candidato à Presidência da República, Sérgio Moro (Podemos), com dois dígitos. A pesquisa divulgada no final de semana pela Ponteio Política, empresa que será lançada oficialmente amanhã e, que entra no mercado para se tornar uma das principais em análise política e informação, coloca Moro com 11%. O percentual animou o Podemos catarinense que começa a vislumbrar um possível “efeito Moro” em Santa Catarina.

Não negou

A informação que divulguei no sábado de manhã sobre a decisão do empresário, Luciano Hang, de disputar uma vaga ao Senado, não foi contestada pela assessoria do dono da Havan. Hang passou a sexta-feira em Chapecó onde ficou até por volta das 3h da madrugada, conversando com o prefeito João Rodrigues (PSD) e demais lideranças locais e empresários. A assessoria apenas tentou saber quem foi a fonte, nada mais.

Presidente da Adepol

A presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Santa Catarina (ADEPOL-SC), Vivian Selig, esteve no evento do Partido Liberal em Lages. Ela tem conversado com o senador, Jorginho Mello, presidente estadual dos liberais. Vivian se colocou à disposição para disputar uma vaga à Câmara dos Deputados. Há 15 anos na Polícia Civil, ela é formada em Direito, com especialização em Ciências Criminais e Gestão Pública. Vivian que também é pós-graduanda em Direito das Mulheres, passou 11 anos em Joinville, depois foi transferida para Tubarão até assumir a presidência da Adepol.

Vai aguardar

A assessoria do deputado federal, Coronel Armando (PSL), me disse que o parlamentar ainda não está decidido a se filiar ao PL. Ele vai aguardar a posição do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), para tomar uma decisão.

Disputa na Fecam

Conforme a colega Maria Helena divulgou em primeira mão na sexta-feira, a presidente da Associação dos Municípios da Região da Grande Florianópolis (Granfpolis), prefeita de Rancho Queimado, Cleci Veronezi (MDB), lançou o prefeito de São João do Itaperiú, Clézio Fortunato (MDB), como candidato à Presidência da Federação Catarinense de Municípios (Fecam). Logo após, recebi a informação de que a prefeita de Vargem, Milena Becher (PL), também será candidata para o comando da entidade. Ela terá o apoio dos prefeitos, Mário Hildebrandt (Podemos), e Joares Ponticelli (Progressistas).

Problema na Capital

O site do jornal Conexão Comunidade do colega de Jovem Pan News, Emanuel Soares, trouxe no final de semana a informação de que a investigação que apura supostas irregularidades na Prefeitura de Florianópolis, com a suposta existência de uma organização criminosa, com ramificações na Câmara de Vereadores, deve apresentar um novo capítulo. Segundo as investigações, o grupo atuava para que as construções irregulares não fossem alvo de fiscalizações. De acordo com Soares, um dos agentes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SMDU), indicado politicamente, atuava para que ações não fossem realizadas. “Se ocorriam, rasgava ou engavetava notificações para empreendimentos. A organização criminosa é suspeita de evitar ações em centenas de obras, favorecer construtores, além de trabalhar para ligar água e luz ilegalmente. Na Câmara, um vereador da Capital estaria encaminhando leis para regularizar empreendimentos ou modificar pontos específicos do Plano Diretor”, diz o site.

Inquérito

As denúncias de supostas irregularidades constam em um inquérito que será encaminhado ao Ministério Público pela Polícia Civil. No foco, estariam agentes públicos e políticos da Prefeitura de Florianópolis, um integrante da Câmara de Vereadores, integrantes do Instituto do Meio Ambiente do Estado, além de corretores imobiliários. Muitas das informações foram levantadas pela polícia através de um construtor que, chegou a ser preso por obras irregulares e que fez um acordo de delação, revelando todo o esquema criminoso, conforme já havia adiantado o SCemPauta. De acordo com Emanuel Soares, fontes dizem que o inquérito da Polícia Civil, que teve uma mudança na presidência com a saída da delegada, Beatriz Ribas, aponta um mega esquema criminoso que envolve diversos políticos da Capital. “A expectativa é que prisões seriam pedidas pelos investigadores, para tentar desarticular os crimes. Com a mudança na DRCA (Delegacia de Repressão a Crimes Ambientais), por suposta pressão política dentro da Polícia Civil, o inquérito passa por uma revisão”, diz a publicação.

Décio com Coruja

O presidente estadual do PT e pré-candidato a governador, Décio Lima, foi recibo ontem pelo ex-deputado e pré-candidato a governador pelo PDT, Fernando Coruja, em Lages. Eles falaram sobre a construção da Frente Democrática em Santa Catarina e de estarem alinhados ao projeto que, definiram como de defesa da democracia em uma aliança eleitoral para 2022. Coruja mostrou a Décio a biblioteca que possui em casa. “Fiquei impressionado com sua biblioteca. Um apaixonado pela leitura e pelo saber. Um ser humano extraordinário e que sempre admirei”, destacou Lima.

Compras Públicas

O advogado catarinense, Noel Antônio Baratieri, ministrará Palestra no Seminário Nacional de Compras Públicas (SENACOP), que será realizado em Campos Grande, Mato Grosso do Sul, nos dias 22, 23 e 24 de novembro de 2021. Ele falará no dia 23 sobre o tema “Dispensa e Inexigibilidade na Nova Lei de Licitações”. O advogado, além de assessorar diversas empresas que atuam em licitações públicas, tem atuação em vários processos judiciais relacionados às contratações públicas. O evento contará com a participação do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Benjamin Zymler.

Vacinação

Começou no sábado (20), a Campanha “Mega Vacinação” contra a Covid-19 em Santa Catarina. Para marcar o início da intensificação da aplicação da segunda dose (D2) e dose de reforço (DR) dos catarinenses, estiveram reunidos na Capital, o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, o superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, e representantes do Plano Municipal de Vacinação de Florianópolis para o lançamento oficial da campanha.

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta