...
Alesc André Motta Ribeiro Carlos Moisés da Silva Eduardo Leite Esperidião Amin Gean Loureiro Gelson Merisio Jair Bolsonaro João Dória João Rodrigues Jorginho Mello Joven Pan News Júlio Garcia Marcilei Vignatti Moacir Sopelsa O Jogo do Poder OAB PSDB Sérgio Guimarães

Semana quente no PSDB catarinense, Leite vem a SC; Direita catarinense move suas peças de olho na eleição entre outros destaques

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta  

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

A semana promete ser movimentada no ninho tucano estadual. Amanhã a executiva ampliada do PSDB se reúne em Florianópolis, para mais uma vez discutir o posicionamento do partido em relação prévias, que indicarão o candidato à Presidência da República.

Apesar de Arthur Virgílio e o senador Tasso Jereissati estarem inscritos para as prévias, o fato é que a definição ficará entre os governadores Eduardo Leite, do Rio Grande do Sul, e João Dória de São Paulo, o que tem provocado uma forte disputa no PSDB catarinense. Segundo fontes do partido, o entendimento do grupo ligado ao pré-candidato ao Governo do Estado, Gelson Merisio, e, ao deputado estadual, Marcos Vieira, é que se Leite vencer as prévias, será essa ala que tomará as rédeas do início ao fim do processo eleitoral.

Já por outro lado, se Dória for o vencedor, fortalece o grupo ligado a Vinicius Lummertz e às lideranças de Joinville, que terão o poder nas mãos para coordenar a campanha no estado, o que também resultará em uma maior influência nos rumos dos peessedebistas na eleição estadual.

Na semana passada conforme divulguei, uma movimentação para causar um fechamento de questão pró-Leite, orquestrada por Merisio e o deputado federal por Minas Gerais, Aécio Neves, que está morando em Florianópolis, foi barrada pela ala Dorista, que procurou a presidente estadual, Geovânia de Sá. Ela mesma me falou que o partido não deverá fechar com nenhum dos dois pré-candidatos, já que há uma forte divisão no ninho. Ontem ela voltou a afirmar que não haverá imposição.

O fato é que a ala pró-Eduardo Leite não irá desistir. Nesta quarta-feira (29) o governador gaúcho pousará no aeroporto Hercílio Luz com a esperança de que terá mais um estado fechado com ele. O encontro que terá início às 17h30, no Trompowsky Corporate, promete reunir um grande número de tucanos e apoiadores. Por isso mesmo, que uma fonte adiantou que usando o exemplo do partido no Paraná que, anunciou apoio ao governador do Rio Grande do Sul, lideranças a favor do gaúcho tentarão forçar uma definição. “Se isso não acontecer, poderemos ter problema no partido”, afirmou.

Já uma fonte pró-Dória, me disse que um fechamento é praticamente impossível, já que todos os filiados poderão votar, além de que o voto é secreto e livre. “Não tem como controlar. O pensamento de algumas lideranças não condiz com todos os filiados”, relatou.

O Jogo do Poder

Hoje a partir das 16h, você acompanha mais um debate no O Jogo do Poder da Jovem Pan News de Florianópolis, 103,3 FM. Maria Helena, Maga Stopassoli e eu, Marcelo Lula, debateremos as principais pautas da política catarinense. Você também pode assistir no perfil da Jovem Pan Floripa no Youtube. Antes, a partir das 15h, eu apresento junto com Emanuel Soares, o SC News. E para o público do Oeste, às 12h40 eu comento os principais acontecimentos da política catarinense na Condá FM.

Futuro de Moisés

Uma liderança do Republicanos me disse que o presidente nacional do partido, o deputado federal, pastor Marcos Pereira, não garantiu que o governador, Carlos Moisés da Silva (sem partido), irá se filiar à agremiação. Pereira teria conversado com o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), o que pode desenhar um outro alinhamento. “Ele prefere a garantia de que o partido terá o prefeito de Florianópolis por dois anos e nove meses, do que a garantia dos nove meses de Moisés, sem saber ao certo o que acontecerá no futuro”, relatou. No caso, a fonte se refere a um possível mandato de Topázio Neto (Republicanos), que assumirá caso Gean realmente dispute ao Governo do Estado.

Sopelsa agradecido

Moacir Sopelsa será o presidente da Alesc em 2022.

Quem aguarda a chegada do próximo ano é o deputado estadual, Moacir Sopelsa (MDB). Por força de um acordo, ele assumirá a presidência da Assembleia Legislativa no lugar de Mauro De Nadal (MDB), que renunciará no retorno do recesso. Sopelsa se disse agradecido, tanto a De Nadal, quanto a bancada emedebista e a deputados de outros partidos. Em especial, ele também destaca o deputado Júlio Garcia (PSD), o qual, segundo Sopelsa, foi importante para o processo. “Farei o possível para valorizar a todos, todos os parlamentares merecem o nosso respeito e atenção. Faremos um mandato participativo, respeitando as diferenças de ideias e ideologias”, afirmou.

Direita discute o seu projeto

Os partidos de direita de Santa Catarina se organizam para a eleição do próximo ano. O PTB receberá entre fevereiro e março, Ana Caroline Campagnolo, Jessé Lopes e Felipe Estevão. Conforme adiantei há alguns meses, os parlamentares já colocaram na executiva estadual seus nomes de confiança. A ideia é dar sustentação ao projeto ao Senado, do deputado estadual Kennedy Nunes, mas, tem um, porém. A possível pré-candidatura do empresário Luciano Hang a senador, poderá mudar o projeto de Nunes, que disputaria a vice do senador Jorginho Mello (PL), ou até mesmo, como candidato a deputado federal.

E o PL?

O Partido Liberal conforme divulguei na sexta-feira, poderá receber o deputado federal, Daniel Freitas (PSL). A conversa em Brasília entre o parlamentar e o senador Jorginho Mello, que contou também com a presença do deputado estadual, Ivan Naatz (PL), como testemunha, teve um importante avanço. A questão é que, Freitas se filiando, o que será feito em relação a Julia Zanatta (PL), que é pré-candidata a federal pela mesma região?! Mais um ingrediente deve causar mais discussão em torno da situação de Júlia. É que a deputada federal, Caroline de Toni (PSL), que também vai à reeleição, está com um pé no partido de Jorginho e outro no PTB. Neste caso, pode ser que sobre para Júlia, que tem sido incentivada pela família Bolsonaro a disputar, tentar uma vaga à Assembleia Legislativa.

Encontro pessedista

A colega Maga Stopassoli em seu site, relata o encontro em comemoração aos 10 anos do PSD de Urussanga. O vice-prefeito de Criciúma, Ricardo Fabris (PSD), creditou ao deputado estadual, Júlio Garcia (PSD), a aprovação de projetos engavetados na Assembleia Legislativa, além da viabilização de verbas importantes para a região Sul. “Seria um erro do partido se o deputado Júlio Garcia não permanecer onde ele está. A nossa maior liderança na região Sul a partir da eleição do ano que vem, o que vai movimentar o Sul na política é Júlio Garcia e Ricardo Guidi”, afirmou. Já em seu discurso, Garcia anunciou que, Fabris é pré-candidato a deputado estadual.

Único dos pré-candidatos

Também de acordo com a colega, Maga Stopassoli, dos pré-candidatos ao Governo do Estado pelo PSD, apenas o prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes, participou do evento em Urussanga. O ex-governador Raimundo Colombo, e o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, não compareceram.

Moisés no Oeste

O governador Carlos Moisés da Silva (sem partido) encerrou o seu roteiro de três dias pelo Oeste, na tarde de sábado (25), com um saldo de aproximadamente R$ 710 milhões em investimentos e entregas para 81 municípios da região. O valor é destinado para infraestrutura, saúde, energia elétrica, agricultura, educação especial, combate à estiagem, além de repasses diretos para as prefeituras. Moisés rodou por 12 cidades de médio e pequeno porte e, destacou que os investimentos ocorrem independentemente do tamanho ou local do município.

De olho na Alesc

O repórter Sérgio Guimarães, que disputou a eleição à Prefeitura de Palhoça, tendo recebido 12.364 votos, é pré-candidato a deputado estadual. Com mais de meio milhão de seguidores nas redes sociais, Sérgio tem apostado em uma comunicação voltada ao comunitário e ao social. Ele disputará pelo PL com a bênção do senador, Jorginho Mello.

Eleição da OAB

Advogados e advogadas de todas as regiões do estado se reuniram em Florianópolis, para lançar o movimento “OAB com a sua cara” e, defender uma Ordem mais plural, sem personalismos, com maior participação das mulheres, dos jovens e que valorize os pequenos escritórios. Agora o movimento começa a percorrer o interior, divulgando suas bandeiras e mobilizando sua base para as eleições de novembro. Tullo Cavallazzi Filho que apareceu como um possível candidato, anunciou que não disputará, pois, segundo ele, é hora de a seccional ser conduzida por uma mulher. “As demandas de ontem já não são as mesmas de hoje. Não podemos deixar a OAB cair na mesmice e por isso estou apoiando este projeto”, destacou.

Processo arquivado

Uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, manteve o reconhecimento ao arquivamento do processo da retroescavadeira de Pinhalzinho, contra o prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD). Barroso negou o prosseguimento de um recurso do Ministério Público Federal, encerrando o processo que chegou a levar Rodrigues para a prisão, quando já havia o questionamento a respeito da prescrição. A defesa de Rodrigues foi conduzida pelo advogado, Marlon Bertol. Vale lembrar que por causa da ação, Rodrigues cumpriu pena em regime fechado, além de ter sido impedido de cumprir o mandato de deputado federal.

Resultado das eleições

Proposta pelo senador, Esperidião Amin (Progressistas), o Senado realiza hoje uma sessão de debate temático sobre a competência legal dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), para apurar os resultados das eleições para governador, vice-governador, senador, deputado federal e estadual. Também será debatida a proposta de alteração da sistemática de totalização, que prevê a centralização da apuração pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. A sessão será realizada às 10h, no Plenário virtual do Senado. Foram convidados para o debate o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso; o procurador-Geral da República, Augusto Aras; o presidente do TRE de Santa Catarina, desembargador Fernando Carioni; o diretor geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino; entre outros presidentes de TREs.

Reabilitação em Chapecó

Com a participação do secretário estadual de Saúde, André Motta Ribeiro, e do município, coronel Luiz Balsan, a Câmara de Vereadores de Chapecó promoveu uma Reunião de Trabalho, para discutir a implantação de um Centro de Reabilitação Físico e Intelectual no município. A proposição foi da vereadora Marcilei Vignatti (PSB). O pedido é para que Chapecó e região contem com um centro especializado em reabilitação que ofereça em só lugar, serviços multiprofissionais compostos por fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas, ocupacionais, psicólogos habilitados e capazes de atender essa demanda. As regiões Sul, Vale do Itajaí e Grande Florianópolis já oferecem esses serviços. “A região precisa assumir seu papel e se organizar. Depois disso, o estado será parceiro em dar prosseguimento no acesso aos serviços”, disse Motta Ribeiro.

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta