...
Carlos Moisés da Silva Eduardo Pazuello Fábio Schiochet João Rodrigues Osmar Vicente Sidney Sabel

Secretários de Estado denunciarão ao MP falsas informações sobre oxigênio em Hospitais; Partidos reúnem as executivas pensando em 2022; Suplentes devem ser convocados em Joinville entre outros destaques

Para seguir recebendo a coluna via WhatsApp, favor salvar o número: 49 98504.8148. Para quem ainda não recebe, favor enviar mensagem para o mesmo número.

 

FAZER JORNALISMO COM INDEPENDÊNCIA CUSTA CARO. ASSINE O SCEMPAUTA E APOIE A CONTINUIDADE DE NOSSO TRABALHO!

Parabéns aos deputados da bancada catarinense que votaram a favor da manutenção da prisão do arruaceiro travestido de deputado, Daniel Silveira (PSL). Ou se defende a lei, o bom comportamento e o respeito às instituições e a democracia, sempre, ou que passe a defender quem não as cumpre, não existe o meio termo.

Votar por questão ideológica, ou por apoio ao governo é pior ainda. Primeiro, que o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) não se manifestou a favor do arruaceiro. Segundo, que votar movido pela ideologia, é o mesmo que declarar que aos amigos, ou ao seu grupo, vale tudo e, que somente se aplique os rigores da lei quando for para um adversário ou inimigo. É justo isso?

O fato é que a votação foi sobre um sujeito que se diz policial militar. Acontece que documentos da PM afirmam categoricamente que o dito deputado quando esteve na corporação, foi alguém de “mau comportamento”, com “ausência de compromisso e incompatibilidade com o serviço militar”, além de ter cometido “numerosas transgressões”. Sem falar em outras questões envolvendo o sujeito fora da PM.

Também é importante dizer que essa situação não deve ser confundida com disputa de direita ou esquerda. Infelizmente no Brasil, quem não entende nada de política tem como único argumento chamar os outros de “esquerdista” ou “comunista”, seguindo pelo mesmo caminho da esquerda radical, que quando contrariada chama os demais de “fascista”. O que escrevo é sobre lei, defesa do que é certo, decoro, somente isso e, Daniel Silveira descumpriu a lei, deu um péssimo exemplo e está pagando pelo que fez. Não devemos confundir liberdade de expressão com violência verbal, com incitação ao ódio, ninguém pode tudo, os limites existem para nos separar da barbárie.

Críticas ao Supremo Tribunal Federal, todos nós temos e, não é crime criticar, desde que seja embasada e sem violência. Quem se esquece das lagostas e cardápios caríssimos? E as benesses e decisões absurdas, como por exemplo, de soltar um traficante perigoso, ou até o momento não ter sido determinada a prisão da tal da Flor de Lis (PSD), dita deputada com história de vida que assusta a qualquer roteirista de filmes de terror.

Mas voltando a Silveira, agora resta a Câmara dos Deputados cumprir com o seu papel e cassar o mandato de quem não tem compostura para estar ali. Deputado de verdade tem outro comportamento. Podemos chamar de deputado com todas as letras, os parlamentares de Santa Catarina, mesmo cada um com suas falhas, mas sabem se comportar, sabem se fazer respeitar, ao contrário de um arruaceiro que não tem o perfil para ser, nem Policial militar, isso a própria PM constatou e, muito menos um deputado.

 

Tumulto na Saúde

O chefe da Casa Civil do Estado, Eron Giordani, e o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, vão procurar o Ministério Público nesta semana. Eles vão denunciar a divulgação de informações falsas acerca da falta de oxigênio nos hospitais filantrópicos do Oeste e, pedirão uma investigação. Vários parlamentares foram procurados por um cidadão o qual não teve o nome informado, que segundo integrantes do governo, tem tumultuado e desestabilizado o processo em relação aos trabalhos de combate ao Coronavírus. Há indícios, inclusive, que essa e outras pessoas foram indutores da desativação dos leitos de UTI para o tratamento de pacientes com o Coronavírus, nos últimos 90 dias.

 

Contato com os hospitais

Servidores da Secretaria de Estado da Saúde passaram o dia de ontem em contato com os hospitais filantrópicos da região Oeste, para certificar a procedência da informação e tranquilizar os parlamentares e a sociedade que a informação é inverídica. A informação é de que as mensagens enviadas pelo cidadão ligado aos hospitais filantrópicos já são suficientes para a abertura de investigação.

 

Emedebistas se reúnem

A executiva estadual do MDB se reúne hoje às 10h30 em Florianópolis. Na pauta a definição das candidaturas, sobretudo ao Governo do Estado. Critérios e datas devem ser definidas. Uma pauta que também será cobrada é sobre a renovação do diretório estadual.

 

Deve indicar

O deputado estadual Jerry Comper (MDB) me disse que ainda não decidiu se aceita o convite do governador, Carlos Moisés da Silva (PSL), para que ele assuma a chefia da Defesa Civil. Segundo ele, tudo será definido amanhã no almoço da bancada estadual na Assembleia Legislativa. Acontece que segundo uma fonte emedebista, Comper deve agradecer e indicar um nome, pois teria decidido ficar no parlamento. A bancada entende que perderia uma cadeira com a saída de Comper, uma vez que Serafim Venzon (PSDB) é quem assumiria em um eventual afastamento.

 

PSD se reúne

A executiva estadual do PSD se reúne hoje às 16h em Florianópolis. Será discutido o planejamento para o ano visando a próxima eleição estadual. Também será elaborado um roteiro de visitas aos municípios de todas as regiões do estado. Uma fonte me disse que o partido quer ouvir as bases, mas já teria três nomes mapeados para a disputa ao Governo do Estado, no caso, Napoleão Bernardes, Raimundo Colombo e Milton Hobus. A mesma fonte me disse que Colombo, mesmo pensando em disputar o Governo, que hoje estaria mais de olho na disputa ao Senado, porém, não está descartada a participação no pleito estadual. Por sua vez, Napoleão tem participado das reuniões e Hobus lidera o partido, se colocando como opção. Segundo uma fonte, há harmonia nas conversas em favor de uma construção.

 

Protagonismo

O PSD quer o protagonismo na disputa ao Governo do Estado. Não que seja uma questão fechada, mas os pessedistas entendem que é possível lançar uma candidatura forte e viável.

 

Suplentes devem assumir

O presidente da Câmara de Vereadores de Joinville Maurício Peixer (PL) será notificado hoje, das duas decisões da Justiça Eleitoral que cassam os diplomas dos vereadores Sidney Sabel (DEM) e Osmar Vicente (PSC). Os partidos são acusados de terem inscrito candidatas laranjas para cumprir o percentual de gênero. Ainda cabe recurso, mas Peixer deve receber a determinação para convocar os suplentes, Ednaldo Marcos (Pros) e Maurício Soares (MDB).

Nega expulsão

O presidente estadual do PSL, deputado federal Fábio Schiochet, negou que expulsará o suplente de vereador de Criciúma, Jeferson Monteiro. Fontes do partido da maior cidade do Sul do estado relataram que Schiochet pensou em expulsar Monteiro do PSL, porém, o líder pessedista fez questão de negar a informação.

 

Rodrigues com ministro

O prefeito de Chapecó João Rodrigues (PSD) se reúne amanhã com o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello. Rodrigues falará sobre a situação no município que teve o sistema de Saúde colapsado por causa do Coronavírus. Rodrigues pedirá mais vacinas para Chapecó como forma de conter o avanço da pandemia. Além disso, mais leitos serão habilitados e o prefeito negocia com uma empresa, que aluga equipamentos e o trabalho de profissionais médicos e enfermeiros.

 

Anúncio em BC

Amanhã às 08h30 no Hotel Sibara, o prefeito de Balneário Camboriú Fabrício Oliveira (Podemos) concederá uma entrevista coletiva. Ele anunciará o lançamento do Plano de Aceleração para o Desenvolvimento Econômico e Turístico do município intitulado “BC 4 Estações”. Fabrício e o secretário de Turismo, Geninho Goes, darão os detalhes.

 

Transporte na capital

A partir de hoje com a volta às aulas da rede municipal e estadual de educação em Florianópolis, retornarão também as linhas de ônibus do transporte coletivo urbano tipo “D” – (Diretinho) do serviço Convencional em dias úteis. A operação tem como objetivo direcionar mais ônibus para essa demanda maior de estudantes da capital. A decisão do prefeito Gean Loureiro (DEM) vai auxiliar os usuários dos bairros dos Ingleses, Rio Vermelho, Cachoeira do Bom Jesus, Praia Brava, Costa de Dentro e Ribeirão da Ilha.

 

PTB

O advogado Alexander Brasil assumiu a presidência estadual do PTB. Após ter disputado a Prefeitura de Florianópolis pelo PRTB, partido do vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, Alexander resolveu se desfiliar e logo após aceitou o convite para ingressar no PTB. Ele assinou a ficha e foi empossado pelo presidente nacional, o ex-deputado Roberto Jeferson.

 

Visita a Moisés

O vereador de Balneário Camboriú, Kaká Fernandes (Podemos), acompanhado da deputada estadual, Ana Carolina Campagnolo (PSL), agradeceu ao governador Carlos Moisés da Silva (PSL), por ter prontamente atendido ao ofício enviado por ele. O documento foi o primeiro expedido pelo gabinete do vereador Kaká e solicitava um reforço ao efetivo da Polícia Militar, uma vez que o aumento do efetivo disponibilizado, só permaneceria na cidade para o período da temporada de verão. BC será contemplada com 22 Policiais Militares e mais 66 para reforçar a segurança da região.

Para seguir recebendo a coluna via WhatsApp, favor salvar o número: 49 98504.8148. Para quem ainda não recebe, favor enviar mensagem para o mesmo número.

 

FAZER JORNALISMO COM INDEPENDÊNCIA CUSTA CARO. ASSINE O SCEMPAUTA E APOIE A CONTINUIDADE DE NOSSO TRABALHO!