...

Uma prefeita assume a GRANFPOLIS; Covid-19: mais leitos e equipamentos para o Extremo-Oeste do estado

A partir desta segunda-feira (22), a Associação dos Municípios da Região da Grande Florianópolis – GRANFPOLIS, começa efetivamente a ser comandada pela prefeita de Rancho Queimado, Cleci Aparecida Veronezi (MDB), eleita na sexta-feira em Assembleia Geral dos prefeitos e presidentes de Câmaras Municipais dos 22 municípios da região, por unanimidade e em chapa única.

Cleci, reeleita em Rancho Queimado, município de  cerca de 2900 mil habitantes, fez questão de assumir o cargo que, por  acordo, estava destinado ao MDB, e quer deixar sua marca. Ela promete tornar a GRANFPOLIS referência entre as 21 associações de municípios do estado e, para tal, convidou os demais prefeitos para, em grupos, atuarem em área fundamentais para os gestores municipais, tais como: saúde, infraestrutura e turismo.

A eleição da nova diretoria da GRANFPOLIS foi prestigiada pelo senador Dario Berger (MDB) e pela deputada estadual Dirce Heiderscheidt (MDB).

A nova diretoria também é composta por:, 1º vice-presidente, Orvino Coelho de Ávila, prefeito de São José, e 2º vice-presidente, Nadir Carlos Rodrigues, prefeito de Paulo Lopes. Para o Conselho Fiscal foram eleitos: Vitor Norberto Alves, prefeito de Leoberto Leal, Salmir da Silva, prefeito de Biguaçu e Salésio Efting, presidente da Câmara Municipal de Anitápolis. Como membros suplentes: Omero Prim, prefeito de Águas Mornas; Eduardo Freccia, prefeito de Palhoça e Emerson Roberto Schappo, presidente da Câmara Municipal de Antônio Carlos.

Cleci é a segunda mulher a assumir a entidade. A primeira foi Angela Amin (PP), em  1997.

Covid-19: mais leitos e equipamentos para o Extremo-Oeste do estado

Diante do agravamento da pandemia da Covid-19 na região Oeste do estado, a Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) doou oito ventiladores pulmonares à região. A entrega ocorreu neste domingo (21), em São Miguel do Oeste.

O Hospital Regional de SMO possui 18 leitos de UTI e 16 leitos clínicos destinados ao tratamento de Covid-19, dos quais 33 estão ocupados. O investimento da FIESC foi de R$ 321,5 mil, incluindo o transporte aéreo. Os ventiladores são de procedência catarinense – foram fabricados em Mafra, pela GreyLogix, empresa que iniciou produção do equipamento em 2020, após receber apoio tecnológico dos Institutos SENAI de Inovação.

Os equipamentos foram doados à Secretaria de Estado da Saúde (SES), que faz a distribuição conforme a demanda de cada região. O suprimento no Extremo Oeste permite que estes e outros aparelhos do patrimônio da SES possam ser destinados às demais cidades, conforme a carência de cada uma.

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, anunciou que cinco novos leitos serão habilitados Hospital Regional Terezinha Gaio Basso – Instituto Santé, de São Miguel do Oeste, a partir desta segunda-feira (22). Ele esteve neste domingo, na unidade, para discutir ações para reforçar o enfrentamento ao coronavírus na região.