...

Deputado defende a privatização da Ceasa, Minotto se movimenta em Criciúma, Udo prestará contas na ACIJ entre outros destaques

Destaque do Dia

Está confirmada para a próxima segunda-feira (07) uma reunião na Casa D’Agronômica, proposta pelo senador Dário Berger (MDB), para que os representantes do setor pesqueiro do estado possam apresentar ao governador, Carlos Moisés da Silva (PSL), suas demandas.

Além de tratar sobre as restrições do Rio Grande do Sul à pesca de arrasto que tem afetado Santa Catarina, e da organização de competências nos órgãos fiscalizadores, Dário irá sugerir ao governador a criação de um Fundo de Amparo ao Pescador Estadual, para que não fiquem sem sustento durante o período do defeso. O senador também quer cobrar uma política pública mais efetiva por meio de programas de incentivo à maricultura, e à piscicultura.

Devem participar da reunião, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Pesca de SC, José Henrique; o presidente do Sindicato dos Armadores e Indústrias de Pesca de Itajaí e Região (SINDIPI), Jorge Neves; pescador e Líder do Movimento dos Pescadores, Joab Costa; e os prefeitos de Governador Celso Ramos, Juliano Campos; e de Penha, Aquiles da Costa.

 

Privatização da Ceasa

O deputado estadual, Bruno Souza (sem partido), está defendendo a privatização da Ceasa, que acumula um prejuízo de R$ 5,6 milhões e, gasta com a folha de pagamento de 40 funcionários R$ 140 mil por mês. O parlamentar questiona a função do estado em administrar a venda de frutas e verduras. “O governo estadual cuida da venda de hortifruti e não consegue dar a devida atenção as prioridades, como cuidar e diminuir as filas dos pacientes nos hospitais”, argumenta o deputado. Ele acrescenta que com a administração privada, empresários e produtores rurais ganham maior liberdade no desenvolvimento e crescimento de negócios com os atacadistas e o mercado varejista. Em agosto um grupo de empresários apresentou para Souza, o projeto arquitetônico com funcionalidade, com sistema integrado de produção e rastreabilidade dos produtos comercializados.

 

Minotto em Criciúma

O deputado estadual, Rodrigo Minotto (PDT), segue dialogando com lideranças de Criciúma. Ele ainda espera pelo governador Carlos Moisés da Silva (PSL), contando com o apoio ao projeto municipal. Minotto me disse que pretende realizar uma aliança com a sociedade civil.

 

Capacitação no MDB

Com palestras e capacitação sobre redes sociais, cenário político e motivação, o MDB de Santa Catarina e a Fundação Ulysses Guimarães, reúnem lideranças e militância em Turvo e Siderópolis hoje e amanhã. Ao todo o MDB está promovendo 10 encontros macrorregionais em todo o Estado. Os primeiros ocorreram em Trombudo Central, Joinville e Antônio Carlos. Todas as regiões de Santa Catarina receberão o evento, culminando com a convenção estadual da Juventude do MDB (JMDB) e MDB Mulher em dezembro, em Florianópolis. O objetivo é motivar e preparar a sigla para as eleições municipais do próximo ano.

 

Rodovias

Foi assinado ontem o segundo convênio para a implementação do Projeto Recuperar em Santa Catarina. Desta vez, os representantes do Consórcio CIM-Amurel, que engloba 17 municípios do Sul do Estado, firmaram o compromisso para realizar os trabalhos de manutenção em 373 quilômetros de rodovias estaduais. O repasse será mensal, totalizando pouco mais de R$ 3 milhões em quatro meses. O governador Carlos Moisés da Silva (PSL), destacou a entrega do serviço ao cidadão por meio da parceria com as associações de municípios.

 

Udo presta contas

O prefeito de Joinville, Udo Döhler (MDB), vai na próxima segunda-feira (07), expor na às 18h30, na Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), os investimentos realizados em saúde e educação, financiamentos firmados para infraestrutura e as melhorias nos processos internos com transformação digital. De acordo com o presidente, João Martinelli, será uma prestação de contas com exposição das ações do executivo municipal no atual mandato. A palestra pública será aberta à comunidade. Na ocasião, Udo vai detalhar o planejamento da administração para o último ano de mandato, podendo ser aplicado em administrações futuras.

 

Celos

A Fundação Celesc de Seguridade Social manteve a certificação ISO 9001/2015. A verificação, realizada pela Bureau Veritas, contemplou documentações e entrevistas com a diretoria referentes aos planos de previdência e assistenciais de autogestão. A certificação está renovada até 2020, quando uma nova verificação está programada. Dentre os aspectos observados pela empresa certificadora estão a conformidade com os requisitos da norma, aplicação adequada de providências planejadas, capacidade do sistema de gestão em garantir o atendimento dos requisitos legais, além da identificação de áreas com potencial de melhoria do sistema de gestão.

Na coluna exclusiva dos assinantes

 

Chabu: Delegado ajudou acusado de tráfico internacional de drogas

 

– Vice-governadora mostra fragilidade em evento sobre as mulheres

 

– Deputado governista admite distanciamento entre Moisés e Daniela;

 

– Vice de Gean Loureiro não tem a garantia do PSDB de que será candidato

 

– Bauer tem a preferência dos tucanos em Joinville

 

– Fossá ganha força no MDB

 

– Vereador Fachini deixará o MDB

 

– Nova acusação contra Dilma Rousseff

Assine o SCemPauta Plus, que trará mais informações durante o dia, podcasts e muito mais. As informações exclusivas e de grande impacto serão exclusivas para assinantes. Assine agora por apenas R$ 10 Reais mensais, assinatura anual.

www.scempauta.com.br/finalizar/