...
Alesc Caio Tokarski Carlos Moisés da Silva Clésio Salvaro Esperidião Amin Facisc Gean Loureiro Joares Ponticelli Paulo Franceschi Rafael Horn Sérgio Alves Silvio Dreveck

As conversas de Moisés com o PSDB e o Progressistas; Bancada do MDB se reunirá com Moisés; Gean nega crise no futuro UB entre outros destaques

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Ontem foi um dia de muitas conversas e nada de encaminhamento para o governador, Carlos Moisés da Silva (sem partido). Com o PSDB, a informação é de que não passou de um bate-papo com análise de cenário.

Outras conversas serão encaminhadas nas próximas semanas e, em todo processo, a condução caberá ao prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro. O que ficou sem explicação foi o que me disse o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, que aguardava a confirmação do encontro com Moisés, para vir ao estado fazer o convite, para que o governador se filiasse ao partido. O encontro aconteceu, mas Araújo não veio.

O fato é que os tucanos querem o governador. Não iriam até a Casa D’Agronômica somente para conversar amenidades, algo segurou o pedido de casamento. Se virá, somente mais para frente saberemos, mas é bom ficar de olho na agenda de Bruno Araújo. Se pousar em Florianópolis para cumprir agenda na Agronômica, será para fazer o convite oficial a Moisés.

Seguindo com o dia de visitas, logo após o almoço foi a vez do Progressistas. O senador Esperidião Amin, acompanhado dos deputados estaduais, Zé Milton Scheffer, líder do governo na Assembleia Legislativa, e de Sílvio Dreveck, presidente do Progressistas no estado, foi ao encontro que chegou a ser cancelado por duas veze por causa do Coronavírus.

Segundo algumas fontes que participaram, a conversa foi boa, principalmente na avaliação da gestão de Moisés. Quando o assunto foi o convite para que o governador se filie ao Progressistas, as portas não foram fechadas, mas, Moisés deixou claro que a sua prioridade é se filiar a um partido pequeno, para conseguir o apoio das siglas que o apoiam hoje. “Nós colocamos o partido à disposição, mas não foi conclusivo. Não pressionamos para não criar constrangimento ao governador. Então ele tem a liberdade de optar, se optar pelo nosso partido será bem recebido”, afirmou uma liderança, completando que o Progressistas seguirá conversando com outros partidos, pois a prioridade é ter candidato a governador.

Na avaliação da liderança, não é tão fácil apoiar o governador em um partido menor, mas, dependendo dos espaços que forem abertos ao Progressistas no projeto, pode ser possível avançar.

Logo após os encontros, um detalhe: Tucanos e progressistas se reuniram para conversar. Falaram das visitas ao governador e discutiram a possibilidade de o PSDB e o Progressistas estarem juntos no pleito.

Ponticelli de volta?

O prefeito de Tubarão Joares Ponticelli (Progressistas) admite que conversou com o senador, Esperidião Amin (Progressistas). No encontro foram avaliadas as possibilidades para o partido. O fato é que Amin pretende colocar Ponticelli novamente no cenário, mas terá que reanimar o prefeito que não acredita que será alçado à condição de candidato na majoritária. Ele lembrou que em dezembro o encaminhamento poderia ter sido outro. “Eu tirei o meu nome em dezembro por não sentir segurança no projeto. Você praticar o ato da renúncia que é de extrema responsabilidade, tem que ter muita segurança para isso”, afirmou Ponticelli.

Ponticelli ou Tokarski

Se o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli (Progressistas), voltar ao cenário eleitoral, o seu vice Caio Tokarski desistirá de disputar uma vaga à Câmara dos Deputados e assumirá o comando do município. Tokarski somente será candidato se Ponticelli realmente ficar de fora da eleição.

MDB e Ralf no Jogo do Poder

Hoje o ex-governador, Paulo Afonso Vieira, e o advogado Ralf Zimmer Júnior, serão os meus entrevistados no programa O Jogo do Poder, a partir das 16h, nas rádios Jovem Pan News de Florianópolis 103,3 FM, e de Criciúma 101,5 FM. Vieira falará sobre o MDB, enquanto que Ralf explicará uma nova denúncia que apresentou contra o governador, Carlos Moisés da Silva (sem partido). Nos ouça pelo rádio, ou nos assista na Panflix, ou no perfil Jovem Pan Floripa no Youtube.

Café com a bancada

Na quinta-feira a bancada do MDB na Assembleia Legislativa, está na agenda da Casa D’Agronômica para um café da manhã com o governador, Carlos Moisés da Silva (sem partido). O secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro, que é deputado estadual licenciado, também deverá participar. Na oportunidade serão avaliados o cenário atual e a posição das bases emedebistas que, de acordo com o presidente estadual, Celso Maldaner, deseja ter candidato próprio. Os deputados estaduais até quinta, não querem se manifestar abertamente para não criar qualquer ruído, já que Moacir Sopelsa, graças a um acordo, será eleito o presidente do parlamento amanhã.

Gean sobre a UB

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), se manifestou sobre a informação que escrevi ontem, de um possível problema entre o PSL e o DEM, por causa do convite ao ex-juiz Sérgio Moro (Podemos), para se filiar ao futuro União Brasil. “Acho que tem muita fofoca por aqui. E até torcida de concorrentes para a fusão não dar certo. É claro que qualquer decisão para ter candidato a presidente, ou apoio, não terá unanimidade. Mas isso não comprometerá a fusão que já tem trâmite avançado no STE, com parecer favorável pelo MPE e deve ser deliberado agora em fevereiro. Claro que alguns Estados têm dificuldade de apoio a determinados nomes na eleição presidencial e o UB vai saber tratar essas particularidades. Aqui em SC o DEM e PSL estão unidos e já tratamos as composições das chapas majoritária e proporcional como um partido único”, escreveu Gean, que é membro da executiva nacional do futuro União Brasil.

Caso de Polícia

O vereador de São José, Jandir da Rosa (Podemos), me procurou para apresentar um vídeo, onde a sua ex-esposa nega que sofreu qualquer tipo de violência. Rosa foi detido e conduzido à delegacia em uma viatura da PM, após ter sido denunciado por supostamente ter desrespeitado uma medida protetiva que tem contra ele. Segundo a ex-esposa, não houve agressão, mas ela admite que a ocorrência policial foi motivada por uma discussão acalorada entre eles. No final, ela afirmou que sente respeito e admiração por Rosa.

Nota do Podemos

“O PODEMOS de Florianópolis que recentemente divulgou nota repudiando VIOLÊNCIA DOMÉSTICA e relatando a prisão em flagrante do Vereador Jandir da Rosa, em São José/SC, noticiada em coluna de jornalista com abrangência estadual, vem informar: que recebeu do Vereador Jandir da Rosa vídeo onde repudia a notícia sobre sua prisão e nega a autoria de qualquer tipo violência doméstica;

Que recebeu também do Vereador, vídeo gravado por sua esposa, onde ela confirma a discussão de casal, a ida do casal para delegacia, o registro por parte dela de boletim de ocorrência e ainda o pedido de medida protetiva;

No referido vídeo, a esposa do Vereador nega agressões físicas e diz que discussões de casal acontecem e que tudo foi decidido “no calor do momento”.

O PODEMOS Florianópolis reafirma seu compromisso com a transparência e com combate à todo tipo de violência doméstica, seja ela física, psicológica, sexual, patrimonial ou moral. O PODEMOS Florianópolis reforça seu compromisso com todas as mulheres, entendendo e respeitando seus sofrimentos e jamais, em hipótese alguma, irá se calar diante de qualquer tipo de violência a quem quer seja, vítima ou agressor. Em briga de marido e mulher se mete a colher sim! Nunca se cale diante de casos de violência doméstica e contra família. ” – Secretaria Geral – Podemos Florianópolis

Atenção!

Ex-prefeito absolvido

Paulo Franceschi (Progressistas) ex-prefeito do pequeno município de Zortéa, no Meio-Oeste, foi absolvido da acusação de ter recebido propina de uma empresa de Chapecó que vende equipamentos pesados. Em delação premiada, os empresários acusaram Franceschi de ter recebido R$ 15 mil na compra de uma retroescavadeira pelo município, através de um processo licitatório no qual, segundo o Ministério Público, o então prefeito teria ordenado a inclusão de características de uma marca para inviabilizar os concorrentes. “Para o advogado, Noel Baratieri, responsável pela defesa, a sentença analisou com precisão a prova dos autos, para constatar que não foi comprovada a prática de crimes. “A decisão deixou claro que não se pode condenar com base na presunção de que o ex-prefeito teria interferido na condução do certame licitatório. A delação utilizada pelo MPSC, sem outros elementos de provas, não serve para embasar uma decisão condenatória”, afirmou Baratieri. O MPSC já apresentou recurso ao Tribunal de Justiça.

Facisc contra o Fundo

Mais de 35 mil empresas catarinenses, representadas pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), acabam de aderir ao processo movido pelo partido Novo no STF, contra o aumento do fundão eleitoral em 2022. A Facisc pediu à Corte para participar como “Amicus curiae” na ação direta de inconstitucionalidade apresentada pela legenda. De acordo com o presidente da Facisc, Sérgio Alves, o valor do Fundo poderia ser destinado para obras em Santa Catarina. “É inaceitável que tenhamos um fundo eleitoral na ordem R$ 4,9 bilhões e que para obras catarinenses não se tenha dinheiro. Foram cortados R$ 43,2 milhões para obras de rodovias em SC”, lembrou.

Horn na nacional da OAB

O advogado catarinense, Rafael Horn, é o novo vice-presidente da OAB nacional. Há anos Santa Catarina não era representada no comando da entidade. Ontem em eleição com chapa única, Beto Simonetti, foi eleito para presidir a OAB. Hoje às 09h acontece a posse dos eleitos. Os conselheiros federais de Santa Catarina Maria de Lourdes Bello Zimath e Pedro Miranda, devem prestigiar a cerimônia.

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta