...
Alesc Carlos Moisés da Silva Caroline de Toni Cláudia Prudêncio Daniela Reinehr Dário Berger Gelson Merisio Jair Bolsonaro João Henrique Blasi Jorginho Mello Luciano Hang Plano Diretor Rafael Horn Ricardo Roesler

O plano de Merisio na esquerda; PSDB é humilhado em SC; De Toni não quer Daniela entre outros destaques

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Gelson Merisio se reuniu com lideranças do Solidariedade, encontro que vinha mantendo em segredo. Quem o conhece não se surpreende, pois, pragmático, ao perceber a movimentação no entorno do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que se aproximou do partido e pode deixar o PSB de lado, Merisio viu uma possibilidade de tentar construir uma candidatura para tentar colar no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Para viabilizar a virada de chave que o transformaria em uma liderança de esquerda, ele deve tentar através das boas relações que mantém com lideranças do PDT e, com o presidente estadual do PT, Décio Lima, construir um projeto para embretar o PSB. Uma fonte relatou que a leitura é bem clara. Merisio conseguindo atrair petistas e trabalhistas se filiaria ao Solidariedade e, colocaria à mesa para os pessebistas que ele tem o apoio de grande parte da esquerda. Neste caso, tentaria convencer Dário Berger a disputar uma reeleição ao Senado.

Merisio sabe que, se conseguir se viabilizar, terá uma eleição difícil, mesmo se ligando a Lula que hoje lidera as pesquisas com folga. Mas o pensamento é de que, mesmo perdendo, ele poderia ganhar. Acontece que Merisio entende que se apoiar o líder petista, numa eventual vitória de Lula, poderia ser construído um espaço num futuro ministério. Ousado, já até tentou construir uma aproximação de um dos maiores empresários do país, do ramo de alimentação, com Lula.

Debate

Hoje tem debate no programa O Jogo do Poder nas rádios Jovem Pan News de Florianópolis 103,3 FM, e Jovem Pan News de Criciúma 101,5 FM. Maria Helena, Maga Stopassoli e eu, Marcelo Lula, debateremos os principais destaques da política catarinense. O programa terá início às 16h. Nos ouça pelo rádio, ou nos assista na Panflix, ou através do perfil Jovem Pan Floripa no Youtube.

Merisio fora do PSDB?

Recebi a informação de que Gelson Merisio já teria comunicado para algumas lideranças do PSDB, que se desfiliará. Procurei a presidente estadual dos tucanos, a deputada federal Geovânia de Sá, que através de sua assessoria informou não ter conhecimento da situação. O fato é que as movimentações de Merisio humilham o PSDB, uma vez que o partido tem como o seu pré-candidato a governador, um nome que flerta com o projeto do senador, Dário Berger (MDB), e que em outra ponta, tenta uma última cartada para se viabilizar em um projeto de centro esquerda. E enquanto isso, o PSDB se apequena fazendo as vezes do marido traído que é pacífico, mesmo sabendo da traição.

Longe do ninho

Fontes informaram que Gelson Merisio não tem participado das reuniões do PSDB e, que se mostra distante. Uma liderança admite ainda que há um incômodo com a situação, mas que até o momento ninguém fez qualquer cobrança para acabar com o constrangimento. E assim o PSDB vê o tempo passar absolutamente passivo. A fonte acredita que um anúncio de Gelson Merisio deva ocorrer na reunião que acontecerá na próxima terça-feira (18), na sede do partido em Florianópolis.

Maldaner com Moisés

Moisés e Maldaner conversam com a ministra da Agricultura Tereza Cristina

O presidente estadual do MDB, Celso Maldaner, acompanhou o governador Carlos Moisés da Silva (sem partido) ao Oeste. O que chamou a atenção é que Maldaner viajou ao lado de Moisés e do chefe da Casa Civil, Eron Giordani, no avião do Governo do Estado. Parte da bancada emedebista, trabalha para tentar emplacar Maldaner como vice de Moisés. Fontes do governo confirmaram que o deputado não desgrudou do governador, indo até mesmo nas visitas a propriedades do interior de Chapecó.

Terá que conquistar

Nem todos os pessedistas se mostraram simpáticos as ideias do ex-governador, Raimundo Colombo (PSD), em relação a disputa estadual. Uma liderança me disse que Colombo não atendeu aos prefeitos a contento, inclusive, aos próprios companheiros de partido e aliança. O relato é de que muitos pedidos de recursos e obras ficavam só na promessa, causando desgaste político às lideranças pessedistas nos municípios.

De Toni não quer Daniela

Conforme escrevi há algumas semanas, a deputada federal Caroline de Toni (PSL) quer ir para o Partido Liberal, porém, ela não aceita que a vice-governadora, Daniela Reinehr (PL), também dispute uma vaga à Câmara Federal. De Toni que é pré-candidata à reeleição, me disse ontem que, antes mesmo de Daniela se filiar ao PL, foi firmado um acordo entre ela e o senador Jorginho Mello, de que Caroline seria o nome do partido em Chapecó. Para a deputada, a vice-governadora se aproveitou do fato de que podia se filiar antes dela, para assinar a ficha e, se anunciar como pré-candidata a federal. “Não reconheço essa liderança que a Daniela diz ter. Por onde tenho percorrido nunca vi essa base, acho que ela deve ir a estadual”, disse Caroline que completou: “Eu não tenho o mínimo interesse em dobrar com a Daniela na eleição”, afirmou, fechando as portas para a vice.   

Sintomas em Brasília

Conversando com fontes que atuam no Congresso Nacional, soube que o cenário pré-eleitoral tem preocupado as lideranças da Bancada Evangélica. Um dos planos principais é focar na eleição de parlamentares evangélicos, para formar uma forte bancada que defenda as pautas dos religiosos. Isso é sintomático, pois, os líderes entendem que será difícil uma reeleição do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) e, neste caso, numa eventual vitória de Lula, os interesses dos evangélicos teriam que ser preservados. Uma liderança chega a acreditar que se os petistas vencerem, pautas como a linguagem neutra entre outras, entrarão na pauta o que é rechaçado pela bancada.  

Conta suspensa

O empresário Luciano Hang teve a sua conta no Twitter suspensa. De acordo com a empresa, ele teria violado as regras de uso. A suspensão ocorreu após, Hang ter compartilhado um vídeo de um neurocientista contrário a vacinação de crianças. Em nota, o empresário afirma se tratar de um ato de censura contra a liberdade de expressão e opinião. “Diante dos fatos, fica evidente que está é mais uma tentativa de calar o Luciano Hang. Entretanto, ele afirma que seguirá firme lutando pelo Brasil e principalmente pela liberdade de todos os brasileiros”, diz parte da nota. Hang aproveitou para, ao seu estilo, protestar contra a decisão como mostra a foto.

Horn em Brasília

O advogado Rafael Horn, será o vice-presidente da OAB nacional. Ele viaja hoje a Brasília, onde passará o final de semana montando o plano de gestão com a futura direção da entidade. A eleição em chapa única acontecerá no próximo dia 31. Horn se fortaleceu após eleger Cláudia Prudêncio, para a Presidência da Seccional de Santa Catarina, ao ponto de ser colocado na chapa como vice.

Quinto Constitucional

A presidente da seccional catarinense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudia Prudêncio, e o vice-presidente da entidade, Eduardo de Mello e Souza, entregaram ontem ao presidente do Poder Judiciário de Santa Catarina, desembargador Ricardo Roesler, a lista sêxtupla do quinto constitucional, definida no dia 17 de dezembro do ano passado, após votação da qual participaram advogadas e advogados de todo o estado. O novo presidente do PJSC, desembargador, João Henrique Blasi, também participou do encontro.

Lista sêxtupla

Integram a lista sêxtupla os seguintes advogados por ordem de votação: 1) Marcos Fey Probst – 2.277 votos; 2) Giovani de Lima – 1.055 votos; 3) Romualdo Paulo Marchinhacki – 914 votos; 4) Valmor Carlos Coutinho – 784 votos; 5) Soraia Peters Formentim – 653 votos; 6) Ricardo Hoppe – 566 votos. Somente quando o desembargador, João Henrique Blasi der início a sua gestão, no próximo dia 2 de fevereiro que será dado seguimento aos trâmites. Dos seis nomes, três serão escolhidos para a lista tríplice que será enviada ao governador, Carlos Moisés da Silva (sem partido), que fará a escolha do novo desembargador do Tribunal de Justiça do Estado.

Plano Diretor

O Ministério Público obteve uma medida liminar em ação cautelar para suspender as treze reuniões distritais e, por consequência, a reunião final do processo de participação popular do Plano Diretor de Florianópolis. As reuniões distritais estavam marcadas em duas etapas, uma presencial, para o próximo sábado (15), e outra por videoconferência para o sábado seguinte (22). A ação foi ajuizada pela 28ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital na tarde de terça-feira (11/1), na 3ª Vara da Fazenda Pública, e sustentou que a realização simultânea dos treze atos públicos inviabiliza a ampla participação popular prevista pela Constituição e pelo Estatuto da Cidade. O vereador, Afrânio Boppré (PSOL), pediu que o secretário, Michel Mittmann, deixe a condução da revisão do plano.

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta