...
Alesc Carlos Moisés da Silva Dário Berger Gean Loureiro Jair Bolsonaro Jorginho Mello

CPI da Covid: Jorginho nega ter influenciado o pedido de convocação de Naatz e Lima; Segue a tensão no PSDB catarinense entre outros destaques

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta  

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Após eu ter divulgado em primeira mão que os deputados estaduais, Ivan Naatz e Sargento Lima, ambos do PL, podem ser convidados para depor na CPI da Covid, lideranças catarinenses, inclusive, algumas da base de apoio do Governo do Estado, apontaram o senador Jorginho Mello (PL) como o articulador dos convites.

Uma fonte atribuiu a Jorginho o interesse de usar a CPI, para tentar desgastar o governador, Carlos Moisés da Silva (sem partido). Segundo a liderança, o senador tentará arrastar a discussão sobre os respiradores até a eleição. “Mesmo com o arquivamento de todas as investigações, a oposição ao governador insiste em ligá-lo a compra dos respiradores para sangrá-lo”, afirmou a fonte.

Já um deputado da base partiu para o ataque contra Sargento Lima, que comemorou nas redes sociais a indicação para ser convocado pela CPI. De acordo com a liderança que também pediu para não ter o nome divulgado, o fato inusitado é que os bolsonaristas sempre atacaram a CPI. “O Lima mesmo, já foi às redes para atacar os senadores de oposição, como Randolfe Rodrigues e Renan Calheiros. A questão é que, além de faltar coerência, Lima não deve ser convocado. A CPI caminha para o seu fim, já mostrou as atrapalhadas negociações do Ministério da Saúde e, serve de palanque para oposição ao presidente”, destacou.

Conversei com Jorginho Mello que, negou qualquer participação no convite feito aos deputados de seu partido, pelo senador de Rondônia, Marcos Rogério (DEM). “Estou sabendo por você”, respondeu. Insisti se não houve qualquer consulta e Jorginho disse: “Ele está fazendo convocações com o nome, seguindo o caminho do dinheiro de diversos Estados, tentando furar o bloqueio do Renan (Calheiros) ”.

Segue a tensão

Mesmo após a reunião convocada pela presidente estadual do PSDB, a deputada federal Geovânia de Sá, o clima no partido entre os apoiadores de João Dória e Eduardo Leite segue tenso. Liderança “Dórista” acusa a ala pró-Leite de insistir no fechamento de questão. “Eles estão trabalhando para antecipar o fechamento de questão”, relatou. Falei com Geovânia que, negou qualquer antecipação da decisão sobre o posicionamento dos tucanos catarinenses. “Não terá, quem convoca é o presidente e, até maio do próximo ano, sou eu”, afirmou categoricamente, para encerrar a questão.

Lummertz em roteiro

O secretário de Turismo de São Paulo, Vinicius Lummertz, esteve em Blumenau no final de semana. Ele se reuniu com o prefeito, Mário Hildebrandt (Podemos), com quem conversou sobre o cenário político estadual e nacional. Acompanharam o encontro, lideranças tucanas a exemplo da vice-prefeita, Maria Regina Soar; os vereadores, Maurício Goll e Alexandre Matias, além do ex-senador, Dalírio Beber e o ex-vereador Marco Antônio Wanrowisk. Após, Lummertz se encontrou com outras lideranças do PSDB, a exemplo do prefeito de Indaial, André Moser, e a vereadora do município, Raquel Santos. Moser que também esteve no encontro de Porto Alegre com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, aceitou o convite para ouvir os apoiadores do governador de São Paulo, João Dória.

Menor ICMS

Durante a sua tradicional live semanal, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) admitiu um dos principais fatores do aumento da Gasolina: ser indexada ao dólar. Enquanto Santa Catarina cobra o menor ICMS do país, segundo o levantamento do Valor Econômico, no caso, 25%, Minas Gerais que é governada por Romeu Zema (Novo) cobra 31%, enquanto que o Rio de Janeiro cobra 34%.

Progressistas cancela

Foi cancelado o evento programado para hoje pelo Progressistas. A direção estadual ainda não informou o motivo. Acontece que a grande expectativa era de que o ex-deputado Jorge Boeira, seria anunciado como um dos três pré-candidatos ao Governo do Estado, junto do senador, Esperidião Amin, e do prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli.

Reposição aos praças

Uma manifestação do deputado estadual, Ivan Naatz (PL), gerou ruído dentro da Associação de Praças do Estado de Santa Catarina (Aprasc). O parlamentar relata que a proposta apresentada pelo Governo do Estado de reposição inflacionária para a categoria, gera injustiça com os militares que ganham os menores salários. Naatz reclama que o governo não quer colocar as emendas no projeto e, afirmou que não vai retirá-las. Segundo ele, a própria Aprasc tem pedido a retirada da emenda, pelo fato de que a entidade concorda com a proposta do governo.

Reação

O presidente da Aprasc, João Carlos Pawlick, através de nota se comunicou com os policiais e bombeiros associados. No texto, Pawlick diz que assistiu ao vídeo do deputado estadual, Ivan Naatz (PL), sobre a reposição aos praças, manifestação a qual considerou estranha, inclusive, a fala de Naatz de que a Aprasc o tem procurado. “Emenda esta que promove a reposição linear para os praças. Todos sabemos que essa emenda trará mais justiça aos nossos guerreiros de farda, por isso, eu jamais, repito, jamais pedi isso a ele ou a qualquer deputado”, afirmou. Pawlick ainda reforça que jamais o procurou para tratar do posicionamento da Aprasc. “Gostaria de pedir que ele aponte o aprasquiano que fez o pedido de retirada de sua emenda, pois eu não fui e até o fim deste ano sou eu e minha diretoria que respondemos pelos posicionamentos da aprasc, mais ninguém”, desafiou, Pawlick.

PSOL dividido

O resultado do Congresso do PSOL de Santa Catarina, até o momento não foi divulgado. Acontece que se depender de Jane Acordi, liderança do grupo adversário do vereador de Florianópolis, Afrânio Boppré, e do ex-candidato a prefeito, Elson Pereira, os seus advogados devem judicializar o resultado do Congresso. Uma urna da votação realizada na casa de Jane, foi anulada sob o argumento da direção psolista de que houve fraude.

Saneamento em Bombinhas

O vereador de Bombinhas, Átila de Oliveira (PTB), quer saber o motivo de o projeto de saneamento do município, ao invés de ficar pronto neste ano, só deverá estar 90% concluído somente em 2040. Hoje eu vou procurar o prefeito, Paulo Dalago, o Paulinho (DEM), para buscar mais informações.

No comando

Hoje o presidente da Câmara de Vereadores de Criciúma, Arleu da Silveira (PSDB), assume a Prefeitura até o próximo dia 20. O prefeito Clésio Salvaro (PSDB) se licenciou por uns dias. Vale lembrar que nos bastidores, o nome de Arleu aparece como uma das possibilidades de indicação para a sucessão de Salvaro.

Debate

Não perca hoje às 16h na Jovem Pan News de Florianópolis, 103,3 FM, o Jogo do Poder. Maria Helena, Maga Stopassoli e Marcelo Lula, debatem as principais pautas da política e economia de Santa Catarina. Também é possível assistir via Youtube na Página da Jovem Pan Floripa.

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta