...
Assistência Social Florianópolis; Daniela Reinehr FIA; FMI; Governo de SC; Prefeitura de Seara; Programas Sociais;

Às vésperas do julgamento do Tribunal Especial, Daniela Reinehr quer parecer ter certeza de sua permanência; Parte do Imposto de Renda pode ir para programas sociais; Seara dá exemplo de cuidados com idosos; Ponte Hercílio Luz, na parte Continental, foi esquecida

A governadora interina de Santa Catarina, Daniela Reinehr, ao que parece, está pautada na máxima de que não basta ser, tem que parecer ser. Às vésperas da decisão do Tribunal Especial do impeachment de Carlos Moisés da Silva, marcada para o dia 7 de maio,  a governadora age como se tivesse a certeza de que se manterá no cargo. Será que tem ou quer parecer ter?

O fato é que nesta  corrida que chega quase à reta final, não vejo preocupação e nem mesmo ação que considere acima de qualquer outro interesse a continuidade dos trabalhos nas mais diversas áreas da administração estadual. As mudanças atingem todos os escalões do governo, algumas anunciadas, apenas, pelo Diário Oficial. A mais recente, a exoneração de Luciano Bulligon da  Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, recebeu críticas do setor produtivo, como anunciado aqui no SC em Pauta por Marcelo Lula.

Dia 7 saberemos se mais mudanças vão ocorrer para concluir a reforma de Daniela ou para o retorno da equipe de Moisés, ou parte dela. O certo é que Santa Catarina sente a instabilidade.

Que tal destinar parte do IR devido a projetos sociais?

Todo contribuinte pode e deve fazer o bem, destinando parte do Imposto de Renda a projetos sociais que atendem crianças, adolescentes e idosos. A opção está disponível no programa de declaração anual.

Vários municípios e entidades estão empenhados em sensibilizar os contribuintes a destinarem até 6% do imposto devido a estes programas.

A Prefeitura de Florianópolis está em campanha com este objetivo. Os contribuintes podem optar pelo FIA (Fundo da Infância e Adolescência) e pelo FMI (Fundo Municipal do Idoso) e direcionar os recursos para 22 projetos aptos a recebê-los. A declaração e direcionamento da contribuição podem ser feitas até o dia 31 de maio.

As receitas dos fundos sociais doados são investidas a partir da deliberação dos conselhos municipais, com o apoio de órgãos encarregados do planejamento e finanças do Município. A gestão do fundo é de responsabilidade da Secretaria de Assistência Social de Florianópolis.

Parte Continental da Hercílio Luz foi esquecida

Faço minhas caminhadas pela beira-mar Continental e, é claro, contemplo a Ponte Hercílio Luz, cartão postal da Capital, agora viva.

O visual poderia ser ainda mais bonito se fossem retirados os restos de telas protetoras utilizadas durante a obra que, agora, não passam de farrapos. Mesmo que as obras ainda tivessem continuidade, as telas não apresentam mais  condições de segurança.

A empresa contratada pelo governo do Estado para executar a obra não retirou o material e, agora, a quem cabe a tarefa?

Boas Práticas – Seara

Mesmo em tempo de pandemia os especialistas alertam para a importância de cuidarmos do corpo e da mente. Em se tratando dos idosos, então, este cuidado deve ser ainda maior.

Seguindo todas as recomendações e cuidados relacionados ao Covid-19, a Administração Municipal de Seara iniciou neste mês o Programa Caminhada Orientada.

Para as atividades do Programa Terceira Idade Saudável os idosos estão sendo chamados de forma gradativa, garantindo assim um retorno seguro. 

As caminhadas acontecem todas as terças e quintas-feiras na Pista Poliesportiva.

Um bom exemplo a ser seguido!