...
Carla Zambelli Carlos Moisés da Silva Daniela Reinehr darci de matos Dígitro Ipreville João Rodrigues Marcos Vieira Ricardo Roesler Rodrigo Coelho

Data do julgamento do impeachment deve ser anunciada hoje; Rodrigo Coelho no DEM; Software catarinense ajuda em investigações entre outros destaques

Para seguir recebendo a coluna via WhatsApp, favor salvar o número: 49 98504.8148. Para quem ainda não recebe, favor enviar mensagem para o mesmo número.   FAZER JORNALISMO COM INDEPENDÊNCIA CUSTA CARO. ASSINE O SCEMPAUTA E APOIE A CONTINUIDADE DE NOSSO TRABALHO!

A empresa catarinense Dígitro tem dado uma grande contribuição para a captura e investigação de suspeitos de crimes, através de seu software Guardião. Tanto crimes como espionagens ilegais podem ser descobertos.

De acordo com o diretor da empresa, Octavio Carradore, a polícia não precisa mais apreender os celulares para ter acesso a todas as ações e diálogos dos investigados. A partir da autorização da justiça para a quebra do sigilo, a ordem é enviada à empresa de telefonia na qual está cadastrado o número, além da Google e da Appel.

Nenhuma informação escapa e, em poucas horas, são capturados todos os dados do telefone de forma remota, ou seja, a distância. Até mesmo informações apagadas são recuperadas.

O rastreamento dos aparelhos também é possível, mesmo que a pessoa investigada desligue os serviços de localização. Para ter uma ideia, foi através do Guardião que a polícia chegou aos meliantes do chamado “Novo Cangaço”, autores do roubo ao Banco do Brasil em Criciúma, quando aterrorizaram a cidade.

Vale destacar que através da venda do serviço, a empresa catarinense já fatura R$ 100 milhões anuais, tendo como clientes o Ministério Público, a Polícia e as secretarias de Estado da Segurança Pública.

Impeachment

Marcos Vieira defende a celeridade do processo e afirma que os fatos foram esclarecidos

Hoje vence o prazo para as manifestações dos deputados e desembargadores que compõe o Tribunal Misto do Impeachment. A partir de agora, o presidente do Tribunal de Justiça, Ricardo Roesler, pode marcar a data do julgamento. Ontem eu tive acesso a manifestação do deputado estadual, Marcos Vieira (PSDB). “Parece-me que os fatos estão bem esclarecidos no presente processo de impeachment, como muito bem já concluíram os diferentes órgãos e instituições públicas”, escreveu o parlamentar. Ele também pede celeridade no julgamento, lembrando a Roesler dos prazos e destacando a necessidade de o Estado retomar, tanto a normalidade, quanto as ações de políticas públicas.

Daniela não assina

Sob o argumento de que a carta assinada por 25 governadores enviada ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden (Democrata), se trata apenas de um manifesto sem qualquer eficácia prática ou jurídica, a governadora interina, Daniela Reinehr (sem partido), mais uma vez demonstrou a sua falta de entendimento sobre a importância do cargo que ocupa. É mais uma clara prova de que ela não sabe em que posição ficar, o negócio é tentar agradar o máximo de gente possível para tentar ficar no poder. Se Daniela tivesse um pouco de noção da importância de onde está provisoriamente, saberia que assinar a carta é apoiar uma importante iniciativa, um gesto, pela reaproximação com os EUA, além de dois pedidos de apoio extremamente importantes: um é quanto à questão ambiental, já o outro é sobre as vacinas. Com o total respeito a Rondônia e Roraima, mas Santa Catarina deveria se alinhar a Estados maiores, sobretudo aos da região Sul nessa questão. A limitação da interina é preocupante.

Interina recebe Carla Zambelli

A governadora interina, Daniela Reinehr (sem partido), receberá hoje em seu gabinete a deputada federal, Carla Zambelli, que é parlamentar pelo estado de São Paulo e deve ter se perdido aqui por Santa Catarina. A reunião reservada vai provocar encontros inusitados. No gabinete de Daniela, está lotado João Alberto Pizzolatti Neto, filho do ex-deputado João Pizzolatti envolvido no Mensalão do PT. Zambelli também já dirigiu ataques nas redes sociais ao senador Jorginho Mello (PL) em 2018, apoiador de Daniela, e também a deputada estadual Ana Caroline Campagnolo (PSL), que ao contrário de Daniela, se mantém coerente em seu posicionamento pró-Bolsonaro. Até a esta coluna, Zambelli já dirigiu os seus ataques insanos.

Os números não batem

Os dados de vacinação divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado não batem com os números divulgados pelo Ministério da Saúde. O Governo do Estado diz que aplicou 1.276.878 dose, já o Ministério afirma que o Estado aplicou 1.059.436 doses. Uma diferença superior a 200 mil doses. Os dois dados são do dia 19 de abril.

Carmen em Itajaí

Após a coluna trazer a queixa dos hospitais filantrópicos de que a secretária de Estado da Saúde só estava visitando as unidades de saúde em Lages, Carmen Zanotto esteve neste feriado em Itajaí. Aos mais próximos ela tem se queixado das cobranças e afirmado que não fica no retorno de Carlos Moisés da Silva (PSL), sentimento que deve ser reciproco, já que André Motta deve voltar com o governador. A coluna ressalta que sempre acompanhou com atenção, independência e de forma crítica, os trabalhos dos então secretários Helton Zeferino e André Motta. É claro que agora com Carmen Zanotto, não poderia ser diferente.

Coelho no DEM

Com convites do senador Jorginho Mello para se filiar ao Partido Liberal e, também do Podemos de Paulinho Bornhausen e do PSDB de Gelson Merisio, o deputado federal Rodrigo Coelho deve ir para o Democratas. Sem um candidato forte a deputado federal no partido, a expectativa é que ele seja o nome forte para se reeleger para a Câmara Federal. O anúncio, assim que for batido o martelo, deverá ser feito ao lado do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM).

Darci visita JR

O deputado federal Darci de Matos (PSD) está em roteiro pela região Oeste. Ontem, almoçou no sítio do prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD). Darci me disse que tem uma antiga relação de amizade com Rodrigues, a quem chamou de estrela de seu partido. Aproveitei para questionar o parlamentar que é integrante do Conselho de Ética da Câmara Federal, sobre os processos contra os deputados Flor de Lis (PSD), acusada de matar o próprio marido, e de Daniel Silveira (PSL), que responde por quebra de decoro parlamentar por atos antidemocráticos. Darci me disse que votará a favor da cassação da deputada e que a tendência é que ela perca o mandato. Já quanto Silveira, ele ainda estuda o caso.

Infração ambiental na capital

A Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis (Floram) alerta que serão retomados os prazos processuais para autos de infração ambiental. De acordo com a superintendente Beatriz Kowalski, a suspensão dos prazos para defesa, ou recurso e, para a aplicação das sanções administrativas, prevista em portaria encerra-se no próximo dia 30. A partir dessa data, voltam a correr os prazos. A Floram oferece o recebimento eletrônico da defesa, alegações finais e recursos, pelo site www.pmf.sc.gov.br, basta digitar no link portal de serviços, o código 5275, para protocolo de defesa/impugnação de auto de infração ambiental e, 5277, para protocolo de recurso administrativo de auto de infração.

Ipreville

A Comissão de Legislação da Câmara de Vereadores de Joinville, se reúne hoje às 08h30. Será feita a discussão e a votação dos pareceres do projeto da Reforma da Previdência. O bloco de situação ainda trabalha para obter os votos necessários para a aprovação. Questionei o prefeito Adriano Silva (PL) se é possível chegar a um acordo com a oposição, para que primeiro seja votada a questão do percentual de contribuição, que deve passar dos 11% para os 14%, o que daria ao município a condição de novamente ter as certidões para receber os repasses do Governo Federal. Adriano respondeu que além dessa situação que está impedindo o município de receber recursos, há também uma grande preocupação com o déficit atuarial, o que segundo ele, se faz necessário que toda a reforma seja aprovada o quanto antes.

O déficit

De acordo com o prefeito de Joinville, Adriano Silva (Novo), o déficit atuarial gira em torno de R$ 1,3 bilhão. Só a mudança da alíquota provocará uma redução de R$ 190 milhões da dívida. Ele destaca que mais R$ 900 milhões serão economizados quando a idade for equiparada a da Reforma Federal, o que permitirá um equilíbrio do Ipreville que sofreu perdas de 50% da rentabilidade de seus investimentos devido a inflação. Outro fator apontado pelo prefeito, é o aumento da expectativa de vida que passou dos 65 anos, para 85 anos de idade, em média, desde que o instituto foi criado. Adriano informa também que há um respeito as regras de transição e à questão dos professores. “Se a reforma for aprovada como mandamos, teremos uma economia de R$ 36 milhões, dinheiro que será utilizado na infraestrutura, tão carente em nosso município”, destacou.

Penitenciárias

O secretário de Estado da Administração Prisional, Leandro Lima, realizará hoje uma apresentação sobre o sistema penal à governadora interina, Daniela Reinehr (sem partido).

Eleições da OAB

Enquanto a oposição trabalha o nome do advogado criminalista Hélio Brasil para comandar a OAB/SC no próximo ano, a situação somente conta com uma candidatura, a do conselheiro estadual Marcelo Peregrino, que surpreendeu pelo movimento brusco de antecipar o lançamento de seu nome. Peregrino, que ficou conhecido por apresentar parecer em defesa do ex-presidente Lula (PT), é considerado um bom nome pelo atual presidente Rafael Horn, mas ao que tudo indica, a manobra encontra muita resistência, principalmente do núcleo próximo a Rafael Horn.

ATENÇÃO!!

Devido a um problema de memória do telefone, alguns contatos de pessoas que pediram para receber a coluna e demais informações foram perdidos. Se você pediu para receber via WhatsApp, mas não está recebendo, favor informar novamente o número. Obrigado!

Para seguir recebendo a coluna via WhatsApp, favor salvar o número: 49 98504.8148. Para quem ainda não recebe, favor enviar mensagem para o mesmo número.   FAZER JORNALISMO COM INDEPENDÊNCIA CUSTA CARO. ASSINE O SCEMPAUTA E APOIE A CONTINUIDADE DE NOSSO TRABALHO!