...

Impeachment: Aprovada a admissibilidade do processo contra o governador Carlos Moisés

A Assembleia Legislativa acaba de aprovar a admissibilidade do processo de impeachment contra o governador, Carlos Moisés da Silva (PSL). Por 33 votos a favor, 6 contrários e 1 abstenção, os parlamentares deram o prosseguimento ao processo. A partir de agora, o Tribunal de Justiça será avisado e fará o sorteio dos 5 desembargadores, enquanto a Alesc escolherá pelo voto, 5 parlamentares.

A Comissão Especial terá 10 dias para elaborar o parecer e votar a segunda admissibilidade. Valerá a votação por maioria simples, sendo necessários 6 votos para aprovar ou não. Caso aprovado, Moisés e a vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido) serão afastados pelo prazo de 180 dias, enquanto seguirá o processo com a mesma comissão. Conforme eu havia adiantado na coluna da manhã, João Amin (Progressistas) foi quem deu o 27º voto que era o número mínimo necessário para admitir o processo. Estamos ao vivo analisando a votação. Acesse: www.scempauta.com.br