...
Ângela Amin Aristides Cimadon Caroline de Toni Coronavírus Coronel Armando Daniel Freitas Daniela Reinehr Dário Berger Esperidião Amin Gean Loureiro Jair Bolsonaro Jorginho Mello Rodrigo Coelho

Autoridades e lideranças catarinenses farão exame para Coronavírus após Bolsonaro anunciar que foi contaminado

Após a confirmação de que o exame do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) acusou positivo para o Coronavírus, autoridades e lideranças catarinenses que tiveram contato com ele no sábado, se mostraram preocupadas.

De acordo com o senador Jorginho Mello (PL) um exame será feito ainda hoje, no caso, é o segundo que ele fará, já que esteve no voo presidencial que foi a Miami nos Estados Unidos, quando boa parte da comitiva se contaminou. Mello está sem sintomas.

Já o senador Esperidião Amin (Progressistas) informou que tanto ele, quanto a deputada federal, Ângela Amin (Progressistas), seguirão os protocolos, enquanto o senador, Dário Berger (MDB), disse que fez o exame há cerca de 15 dias quando deu negativo. O emedebista que há pouco tempo se recuperou de um problema de saúde, me disse que se manteve distante das aglomerações durante a visita de Bolsonaro, mas, admitiu que chegou a cumprimentar o presidente. “Ele me estendeu a mão, confesso que fiquei constrangido, mas não fui no helicóptero”, explicou.

Já o deputado federal Daniel Freitas (PSL) informou que não contrai mais, pois já teve o Coronavírus. Ele se contaminou quando viajou junto com a comitiva de Bolsonaro aos Estados Unidos. Já a deputada Caroline de Toni (PSL) não me atendeu. Por sua vez, o deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB) informou que está assintomático, mas que fará o exame ainda hoje. Ele está em quarentena.

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), informou que está assintomático, mesmo assim já fez o exame e aguarda em quarentena enquanto não recebe o resultado. Loureiro seguirá trabalhando por videoconferência. O deputado federal, Rodrigo Coelho (PSB) disse que fará o exame ainda hoje, mas não apresenta sintomas. O deputado Coronel Armando não atendeu.

Também conversei com o reitor da Unoesc, Aristides Cimadon, que é cotado para ser o próximo ministro da Educação. Ontem ele se reuniu com Bolsonaro com quem ficou por 45 minutos conversando. Cimadon me disse que está bem, sem sintomas e que aguarda a orientação de seu médico, mas que deve fazer o exame.

Liguei para a vice-governadora, Daniela Reinehr (sem partido), mas ela não atendeu. Ainda ontem ela disse que após uma servidora ter acusado positivo para Coronavírus, que tanto ela, quanto seus filhos fizeram o exame que deu negativo.