...

Respiradores foram adquiridos junto a shopping de compras online; O cenário pré-eleitoral em Blumenau; Deputado quer o reinício das aulas; Hoje tem novidade no SCemPauta entre outros destaques

Para seguir recebendo a coluna via WhatsApp, favor salvar o número: 49 98504.8148. Para quem ainda não recebe, favor enviar mensagem para o mesmo número.

A indústria de equipamentos médico hospitalares conta com muitas empresas certificadas e com reconhecimento no mercado. Em mais uma prova de irresponsabilidade com a população catarinense, os respiradores comprados pelo Governo do Estado através da Veigamed, do Rio de Janeiro, foram adquiridos junto a um shopping de compras online.

A única diferença em relação a qualquer outro site, a exemplo do Mercado Livre, entre outros, é que a AfricaMed é um site voltado à venda de dispositivos médicos, configurado e operado pela Beijing Medical Corporation Ltda, tendo como investidores, a Alibaba, Mindray, GE Healthcare, Wal-Mart, IBM entre outros.

Classificado como B2B, ele só pode intermediar a venda entre empresas, porém, não tem ligação alguma com a Aeonmed, empresa fabricante do modelo Shangrila 510S. Além disso, no site da Africamed consta que o site estabeleceu 11 linhas de produtos clínicos, como testes clínicos, instrumentos experimentais, primeiros socorros cirúrgicos, desinfecção e esterilização, eletrônicos e ultrassom médicos, consumíveis médicos e cuidados com a cavidade oral.

O envolvimento de várias empresas no intermédio da transação, torna o negócio ainda mais nebuloso. Um exemplo é a TS Eletronic de Itajaí, contratada pela Veigamed para importar os respiradores. Acontece que a ex-subsidiária da italiana Tele System Eletronic, não é da área médica e nem teria condição de realizar um operação milionária. A empresa é especializada em TV a Cabo e telefonia, tanto, que contratou uma empresa da cidade de Vila Velha no Espírito Santo, a Quattror Serviços de Importação. A princípio no site da empresa, também não consta experiência na área médica.

Seguem nos conselhos

O entendimento entre alguns parlamentares da Assembleia Legislativa, é de que a permanência do ex-secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba, no Conselho Fiscal da CELESC, sem a interferência voluntária do governador, Carlos Moisés da Silva (PSL), para afastá-lo da máquina administrativa, é mais um indicativo da cumplicidade e conivência de Moisés para com um investigado. O deputado Laércio Schuster (PSB) já protocolou ofício pedindo explicação.

Recursos para os hospitais

A Federação Catarinense de Municípios (FECAM) solicitou ao Governo do Estado que invista urgentemente cerca de R$ 35 milhões para hospitais referenciados em atendimento a COVID-19. Os recursos seriam usados para pagamento de dívidas do Estado com a União. O pedido da Federação considera a decisão do STF, de 30 de abril deste ano, que garante ao Estado o não pagamento da dívida pública à União até 31 de maio, utilizando os recursos para atuar exclusivamente no enfrentamento à pandemia. Os Estados e municípios, em função da pandemia, apresentam queda acentuada em arrecadação e diminuição de repasses nos fundos de participação (FPE e FPM). Os R$ 35 milhões apontados pela FECAM referem-se a parcela da dívida do Estado do mês de maio, que seria paga ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES).

Nota da Defesa Civil

“A Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC) vem a público esclarecer que apenas a contratação do Hospital de Campanha foi realizada pela DCSC em apoio a Secretaria de Estado da Saúde (SES), com recursos descentralizado por aquela pasta. A referida contratação foi anulada pela Defesa Civil de forma unilateral e não reincidida por decisão judicial, como foi publicado na imprensa.

A ação foi tomada face a litígios decorrentes da competição entre fornecedores durante o certame, ao sucesso das ações de combate à pandemia adotadas pelo Governo do Estado e pela contratação de leitos de UTI privados pela SES, que distensionaram a urgência naquele momento. Com a anulação da contratação o recurso retornou a SES.

Os outros contratos atribuídos a DCSC não foram realizados pela instituição. Da mesma forma, ressaltamos que o orçamento anual não foi extrapolado. A Defesa Civil de Santa Catarina não realiza ações “atípicas” e todos os atos da pasta são realizados com base em princípios legais, ampla publicidade e transparência.

Permanecemos a disposição para esclarecer quaisquer dúvidas e lamentamos que os dados não foram conferidos junto ao órgão antes da divulgação da informação” – Assessoria de Comunicação – Defesa Civil somos todos nós.

Transporte coletivo

A Associação Empresarial de Florianópolis (ACIF) defende o imediato reinício, seguro e controlado, do transporte coletivo na Grande Florianópolis. Principalmente devido a exemplos de cidades como Curitiba e países como a Coreia do Sul, tido como referência na Capital, além da Suécia e a Austrália, onde o serviço não foi interrompido totalmente, ou por tão longo período, sem qualquer perspectiva de retorno. De acordo com a diretoria da ACIF, um detalhado plano sanitário foi apresentado pelo sindicato das empresas do setor (SETUF) ao Governo do Estado e à Prefeitura de Florianópolis.

Críticas a Loureiro

Além da defesa pela retomada do transporte coletivo, a Associação Empresarial de Florianópolis (ACIF) afirma que o gráfico apresentado recentemente pelo prefeito Gean Loureiro (DEM), mostra uma curva cumulativa de infectados. De acordo com a entidade, isso causa uma falsa ideia fazendo parecer uma procura forçada por aprovação, o que segundo a ACIF, não contribui com a transparência. A entidade defende que o correto seria utilizar dados diários de contágio, incluindo também variáveis que afetam a vida de todos, como o assombroso número de desempregados, no caso, 48 mil trabalhadores até o momento, fator com alto impacto na saúde das pessoas.

Cenário em Blumenau

A grande mexida no tabuleiro eleitoral de Blumenau, foi a filiação do empresário Ronaldo Baumgarten ao PSD. Ele foi presidente da Associação Empresarial por duas vezes e, é de uma das famílias mais tradicionais da cidade. Embora possa compor a chapa majoritária como vice tanto do prefeito, Mário Hildebrandt (Podemos), quanto do ex-prefeito, João Paulo Kleinübing (DEM), Baumgarten tem sido incentivado a encabeçar uma chapa majoritária.

Vereadores com Hildebrandt

O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt (Podemos), tem a maior parte dos atuais vereadores no seu arco de alianças. Partiu dele a estratégia de dividir os vereadores entre o seu partido e o Solidariedade, além de confiar no apoio do Republicanos. A exemplo de João Paulo Kleinübing (DEM), Hildebrandt também quer Ronaldo Baumgarten (PSD) como vice, porém, se o pessedista se animar, pode se lançar com chapa pura tendo o delegado Rodrigo Marchetti de vice, ou, Denise Santos, esposa do deputado estadual, Ismael dos Santos (PSD).

Com cautela

O deputado estadual Fernando Krelling (MDB), não perdeu o foco na eleição à Prefeitura de Joinville, porém, tem dito que a hora é de combate ao Coronavírus. Krelling teria dito a emedebistas que não é o momento adequado para falar em eleição.

Nazareno é indicado

Lideranças fiéis ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) em Santa Catarina, indicaram o nome do coronel Nazareno Marcineiro, que comandou a Polícia Militar de janeiro de 2011 a maio de 2014, para a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Marcinerio tem o apoio da vice-governadora, Daniela Reinehr (sem partido), e dos deputados federais e estaduais ligados a Bolsonaro, no caso, os federais, Daniel Freitas, Caroline de Toni e Coronel Armando, além dos estaduais, Ana Campagnolo, Felipe Estevão, Sargento Lima e Jessé Lopes. O grupo é contra a nomeação do coronel Araújo Gomes.

Positivo para o Coronavírus

Na última sexta-feira, teve teste positivo para Coronavírus a diretora de Comunicação da Prefeitura de Balneário Camboriú, Andréa Artigas, que apresenta sintomas no período de isolamento, mas tem quadro estável. Na manhã de sábado, outras pessoas que trabalham diretamente com o prefeito Fabrício Oliveira (Podemos), receberam seus resultados. Grande parte testou negativo, dentre eles, assessores diretos do prefeito. Testaram positivo somente a secretária do Meio Ambiente Maria Heloísa e o secretário da Fazenda Silvio Ribeiro. Ela apresenta sintomas leves, já ele está assintomático. Duas servidoras da assessoria de comunicação, que também atuam no terceiro andar da Prefeitura, tiveram resultado positivo. As duas apresentam sintomas leves e igualmente aos demais, cumprirão 14 dias de afastamento. Vale lembrar que o prefeito testou positivo na semana passada. A primeira-dama, que está grávida, aguarda o resultado do exame.

Volta as aulas

O deputado estadual João Amin (Progressistas) protocolou na Assembleia Legislativa, Projeto de Lei que reconhece a educação como atividade essencial no Estado de Santa Catarina, mesmo em tempos de calamidade, emergência, epidemia ou pandemia. A proposta aborda ainda o retorno das atividades escolares e critérios para sua realização. De acordo com o projeto, a Secretaria Estadual de Educação deverá determinar as medidas de segurança, sanitária e epidemiológicas aplicáveis. Está sendo proposto o início a partir de 17 de junho de 2020, quando fica autorizado o retorno das atividades educacionais do ensino infantil; 1º de julho de 2020, fica autorizado o ensino fundamental e médio; 15 de julho de 2020, fica autorizado o ensino superior, cursos técnicos e de serviço educacional de qualquer outra natureza.

Novidade no SCemPauta

A partir de hoje os leitores do SCemPauta também poderão nos assistir. Das 11h às 12h, teremos o SCemDebate, programa de debates ao vivo que será transmitido todas às segundas e sextas-feiras. A política, economia e todos os assuntos que afetam Santa Catarina estarão na pauta.

O projeto que já foi realizado em 2017 com os jornalistas, Salvador Neto, Leandro Schmidt, João Paulo Messer e Marcelo Lula, volta agora com uma nova roupagem. Para assistir, basta acessar o www.scempauta.com.br

Saiba quem são os profissionais que apresentarão o programa:

Maria Helena Pereira – Jornalista, radialista, profissional de marketing e consultora de imagem. Começou a carreira no Rio Grande do Sul onde se destacou na cobertura jornalística e no comando de programas nas TVs RBS, TV Educativa e TV Guaíba. Ao deixar a TV, foi assessora na Assembleia Legislativa.

Na década de 80, já em Santa Catarina, passou pelo SBT, Rede TV e participou da implantação da TV da Assembleia Legislativa (TVAL), onde atuou por 13 anos. Atualmente assessora empresas na área de comunicação e marketing. Com sua larga experiência e motivada pelo que considera “ainda acanhado espaço que as mulheres ocupam nas coberturas da política e dos bastidores dos poderes”, se junta ao time para levar aos catarinenses uma leitura diferenciada dos fatos.

Adelor Lessa – Jornalista há 40 anos, tem programa diário de radiojornalismo na rádio Som Maior de Criciúma, emissora que há duas décadas está no ar. Também passou pela Rádio Eldorado. Adelor é colunista de política do portal 4oito e já trabalhou na RBS TV, jornais O Estado, Jornal de Santa Catarina, Jornal da Manhã e A Tribuna. É a voz marcante do Rádio no Sul do estado.

Ananias Cipriano – O mais jovem do grupo, Ananias é coordenador de jornalismo da Jovem Pan Joinville e colunista do Portal da emissora. Já passou pelo OCP News e foi apresentador e comentarista político da Jovem Pan. Além da comunicação, atualmente é acadêmico no curso de direito.

Marcelo Lula – Jornalista e radialista, é o criador do SCemPauta projeto que teve início no ano de 2017. Marcelo tem experiência em coberturas estaduais, nacionais e internacionais. Teve passagem por emissoras de rádio e, na TV, atuou na extinta TV Sul Brasil e como freelancer da Band TV. Foi subeditor de política do jornal Diário do Iguaçu e coordenador de jornalismo do jornal Voz do Oeste.

Atualmente, além de escrever no SCemPauta, atua nas rádios Super Condá de Chapecó e Som Maior de Criciúma. Cobriu grandes eventos nacionais como o processo de impeachment da então presidente Dilma Rousseff e, as denúncias contra o ex-presidente Michel Temer, ambos, direto de Brasília. Também cobriu o encontro da Chapecoense com o Papa Francisco no Vaticano, além de constantemente realizar entrevistas com grandes lideranças nacionais.

Darlei Cordeiro – Responsável pela TI: Programador, Especialista em Cloud Computing e Consultor de Soluções em Sistemas Empresariais. No mercado desde 2013 com a empresa Águia Nacional, desenvolveu o SCemPauta e trabalha com inúmeros clientes no setor privado. Darlei terá a responsabilidade de cuidar da parte técnica do debate.

Para seguir recebendo a coluna via WhatsApp, favor salvar o número: 49 98504.8148. Para quem ainda não recebe, favor enviar mensagem para o mesmo número