...
Alesc CPI Respiradores

CPI dos Respiradores realiza a sua primeira reunião na próxima terça-feira

A CPI dos Respiradores criada na Assembleia Legislativa, realizará a sua primeira reunião na próxima terça-feira (12). Presidida pelo deputado Sargento Lima (PSL), e sob a relatoria de Ivan Naatz (PL), a comissão investigará as supostas irregularidades na compra dos 200 respiradores junto a empresa Veigamed, do Rio de Janeiro.

Já na primeira sessão que terá início às 17h, no auditório Antonieta de Barros, será feita a avaliação e votação dos pedidos apresentados pelos deputados, João Amin (Progressistas) e Laércio Schuster (PSB), que pedem uma acareação entre o secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba, o ex-secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino e a servidora, Márcia Geremias Pauli, que foi afastada de suas funções, após ter participado do processo de compra dos respiradores.

Outro pedido que será avaliado, também é de Amin, que pede para que o empresário de Joinville, Rafael Wekerlin, e o controlador-geral do Estado, Luiz Felipe Ferreira, sejam ouvidos pela CPI. No caso de Wekerlin, ele denunciou um pedido de propina de R$ 3 milhões após ter apresentado uma proposta de venda dos respiradores ao Governo do Estado, além de denunciar a Veigamed, a qual, segundo ele, copiou a sua proposta.

A CPI terá 120 dias para apresentar o relatório final. Integram a comissão os deputados, Sargento Lima (PSL), o vice-presidente Valdir Cobalchini (MDB), o relator Ivan Naatz (PL), além de Moacir Sopelsa (MDB), Felipe Estevão (PSL), João Amin, Milton Hobus (PSD), Marcos Vieira (PSDB) e Fabiano da Luz (PT).