...
Bruno Breithaupt Carlos Moisés da Silva CPI Decretos Gelson Merisio Gilberto Kassab ICMS Jair Bolsonaro Júlio Garcia Marcos Vieira Milton Hobus Raimundo Colombo Udo Döhler

Empresários querem participar das discussões sobre isenções, discutido o futuro do MDB, Kassab confirma mudança no PSD entre outros destaques

Receba pelo celular !!
 
Para receber via WhatsApp é só enviar uma mensagem pelo (49) 98504.8148.
 
PATROCINE ESTA COLUNA: (49) 985048148 / email: mlula.jornalista@gmail.com

Destaque do Dia

O acordo costurado há cerca de 10 dias entre os deputados estaduais, Júlio Garcia (PSD), Marcos Vieira (PSDB) e Milton Hobus (PSD), com o secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, quanto a questão dos decretos assinados no final do ano passado pelo então governador, Eduardo Pinho Moreira (MDB), tirando o incentivo fiscal de produtos da cesta básica, além do carvão mineral, produtos do setor madeireiro e da erva-mate, salva em parte a economia do Estado.

Além disso, também é possível afirmar que livra o governador, Carlos Moisés da Silva (PSL), de um grande desgaste com o setor produtivo, por causa de uma possível inviabilização de empresas que estão aqui no Estado, caso os decretos não sejam revogados.

O acordo foi pensado em todos os detalhes, desde a garantia de que Moisés não responderá pelo crime de responsabilidade se revogar os decretos, passando pelo prazo maior que garante os incentivos até que seja aprovado um novo projeto de lei, determinando as novas regras de concessão de incentivos.

O governo já queria enviar um projeto, mas, percebeu que não teria força para aprovar a proposta que estava sendo trabalhada, o que forçou um recuo para um acordo com a Assembleia Legislativa, que apresenta uma solução técnica e inteligente.

Agora caberá a Paulo Eli e aos deputados, ouvirem os setores envolvidos para elaborar o projeto que tanto atenda aos interesses do Estado, assim, como, mantenha o apoio fundamental a quem já investe, ou venha a conceder para quem deseja investir em Santa Catarina.

ANUNCIE A SUA EMPRESA, OU, O SEU PRODUTO NA COLUNA. APOIE O NOSSO TRABALHO, ALÉM DE TER A SUA MARCA EM UMA DAS COLUNAS MAIS LIDAS DE SANTA CATARINA. LIGUE: (49) 985048148, OU ENVIE UM E-MAIL PARA: mlula.jornalista@gmail.com

Breithaupt espera

Breithaupt pede diálogo ao governo.

O presidente da Fecomércio, Bruno Breithaupt, avaliou o acordo de ontem em relação aos decretos que retiram os benefícios fiscais de alguns produtos, como uma oportunidade para que haja uma discussão ampla, antes da votação de um novo projeto. Breithaupt pede que todos os seguimentos sejam ouvidos e, que se busque uma forma de evitar prejuízo para qualquer das empresas e ao consumidor. Quanto a Fecomércio, o dirigente disse que a entidade está aberta ao diálogo e, que vai esperar um convite do secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, que deve comandar o processo, ou, de quem o governador, Carlos Moisés da Silva (PSL) indicar.

CPI dos Incentivos Fiscais

Ontem à tarde o deputado estadual, Laércio Schuster (PSB), protocolou em reunião com o presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia (PSD), o requerimento que pede a abertura da CPI dos Incentivos Fiscais do ICMS. Mesmo sendo o proponente, Schuster não poderá participar, já que compõe a mesa diretora do parlamento, o que segundo o regimento interno o impede de integrar os trabalhos. Porém, o deputado deixou claro que vai acompanhar de perto a comissão. Ele afirma que também defende os incentivos, mas, pede que haja transparência. O documento passará pela análise da presidência da Alesc e, depois será encaminhado aos líderes de bancada para que indiquem os membros. Schuster pediu que indicados do Tribunal de Contas do Estado e do Ministério Público, participem dos trabalhos.

Quem assinou

1) Laércio Schuster (PSB) – propositor

 

2) Bruno Souza (PSB)

 

3) Jesse Lopes (PSL)

 

4) Ivan Naatz (PV)

 

5) Sérgio Motta (PRB)

 

6) Maurício Eskudlark (PL)

 

7) Mauro de Nadal (MDB)

 

8) Luiz Fernando Vampiro (MDB)

 

9) Nazareno Martins (PSB)

 

10) Neodi Saretta (PT)

 

11) Fabiano da Luz (PT)

 

12) Padre Pedro Baldissera (PT)

 

13) Luciane Carminatti (PT)

 

14) Felipe Estevão (PSL)

 

15) Coronel Mocellin (PSL)

 

16) Ricardo Alba (PSL)

 

17) João Amin (Progressistas)

 

18) Jair Miotto (PSC)

 

19) Fernando Krelling (MDB)

 

20) Altair Silva (Progressistas)

 

21) Jerry Comper (MDB)

 

22) Nilso Berlanda (PL)

Conforme a coluna já havia adiantado, PSD e PSDB não assinaram o requerimento.

ANUNCIE A SUA EMPRESA, OU, O SEU PRODUTO NA COLUNA. APOIE O NOSSO TRABALHO, ALÉM DE TER A SUA MARCA EM UMA DAS COLUNAS MAIS LIDAS DE SANTA CATARINA. LIGUE: (49) 985048148, OU ENVIE UM E-MAIL PARA: mlula.jornalista@gmail.com

Futuro do MDB

O deputado estadual, Valdir Cobalchini, e o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, se reuniram ontem para discutir o futuro do MDB no estado. Muito embora, Loureiro esteja articulando a saída do partido, a conversa teve um rumo voltado a uma renovação no comando emedebista. Durante a conversa eles falaram de alguns nomes para compor um novo grupo que renove o MDB, a exemplo do prefeito de Joinville, Udo Döhler; deputados estaduais, Fernando Krelling e Luiz Fernando Cardozo, o Vampiro; o prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli; deputado federal, Carlos Chiodini; senador, Dário Berger e o vereador de Chapecó, Cleiton Fossá. Tanto Cobalchini, como Loureiro, concordaram que tem muitas lideranças numa situação de desconforto no partido e, se não houver uma mudança, o MDB poderá sofrer uma grande debandada.

Presidência

O fato é que tanto Valdir Cobalchini, quanto o senador, Dário Berger, querem presidir o MDB estadual. Enquanto Berger não atende a imprensa, Cobalchini diz que não pedirá e nem forçará nada, mas, que ficou muito lisonjeado em ser lembrado. Ainda ontem ele recebeu uma ligação do prefeito de Joinville, Udo Döhler, lhe dando apoio. “O partido precisa de um grande motivador. Não estou querendo excluir, mas, o que for presidente terá que fazer um esforço hercúleo para que o MDB não diminua”, disse Cobalchini.

Kassab confirma

 Em entrevista concedida ontem ao colega, Adelor Lessa, da Rádio Som Maior de Criciúma, o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, confirmou que haverá mudança na executiva estadual do partido e, que Gelson Merisio não presidirá mais os pessedistas. Porém, parece que a reação dos deputados do PSD contra uma intervenção, situação que divulguei neste espaço surtiu efeito, já que Kassab disse a Adelor, que a escolha do novo comando será em comum acordo com as lideranças do PSD catarinense. O fato, é que os caciques não querem Merisio, mas a base também não aceitará o nome de Raimundo Colombo. Resta saber quem será o escolhido para comandar um partido que ainda mostra as feridas do pós-eleição.

Redução de vereadores

A classe empresarial de Chapecó acompanhará todas as discussões a respeito do projeto de autoria do vereador, Neuri Mantelli (sem partido), que estabelece a redução do número de vereadores, dos atuais 21, para 17. Essa é uma pauta antiga das entidades, que há tempos questionam a produtividade e o custo que representa o atual número de parlamentares. Além disso, as entidades em uma ação inédita, estão realizando um verdadeiro controle social dos trabalhos, já que em todas as sessões há representantes acompanhando as discussões.

ACIJ convida Garcia

O presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia (PSD), participará da abertura da primeira reunião do Conselho Deliberativo da Associação Empresarial de Joinville (ACIJ). Ele palestrará sobre o “papel do governo na economia”, na próxima segunda-feira (11), as 18h30 no Salão Nobre Schultz, na sede da entidade. O convite foi oficializado pelo presidente, João Martinelli.

ANUNCIE A SUA EMPRESA, OU, O SEU PRODUTO NA COLUNA. APOIE O NOSSO TRABALHO, ALÉM DE TER A SUA MARCA EM UMA DAS COLUNAS MAIS LIDAS DE SANTA CATARINA. LIGUE: (49) 985048148, OU ENVIE UM E-MAIL PARA: mlula.jornalista@gmail.com

PSL em pauta

O presidente estadual do PSL, Lucas Esmeraldino, aproveitou o momento de um almoço ontem em São Joaquim, para ouvir e dialogar com lideranças da região serrana e, sobre a caminhada do partido em Santa Catarina. Segundo Esmeraldino, amanhã acontecerá a primeira reunião da Executiva Estadual, que definirá os próximos rumos da sigla. “Nosso objetivo será o de sempre fortalecer a sigla catarinense e lançar o maior número de candidatos para as eleições municipais de 2020”, destaca.

Rotativo sem cobrança

O projeto de lei de autoria do Executivo de Joinville, mostra que é possível trabalhar o estacionamento rotativo de uma cidade, sem a cobrança pelo uso da vaga, sobretudo das pessoas que já pagam tantos impostos, a exemplo do IPVA. A revogação da atual lei teve parecer favorável na Comissão de Urbanismo da Câmara de Vereadores e passará pela Comissão de Finanças. A vereadora, Tania Larson (SD), pediu a minuta do decreto que definirá o novo modelo. Caberá caso seja aprovada a revogação, ao prefeito Udo Döhler (MDB) através de um decreto, criar o novo modelo no qual não haveria cobrança de tarifa para o uso das vagas por um período a ser definido. Neste caso, se o dono do veículo ultrapassar o tempo, aí sim poderá ser multado.

 Violência doméstica

Para lembrar o Dia Internacional da Mulher, celebrado amanhã, o Governo do Estado coloca em pauta assuntos atuais do universo feminino: prevenção à violência doméstica, feminicídio e saúde mental da mulher no ambiente de trabalho. As temáticas serão abordadas por meio de um Painel que acontecerá nesta sexta-feira (8), entre 13h e 15h, no Teatro Pedro Ivo, localizado no Centro Administrativo em Florianópolis. O evento, organizado pela Secretaria de Estado da Administração em parceria com a Secretaria de Comunicação, vai ser aberto pela vice-governadora, Daniela Reinehr (PSL), e será exclusivo ao público feminino.

Prontuário eletrônico

 O deputado estadual, Luiz Fernando Vampiro (MDB), relatou ontem na reunião da Comissão e Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, a Mensagem de Veto Total do governador, Carlos Moisés da Silva (PSL), ao projeto de lei do ex-deputado Antonio Aguiar, que dispõe sobre a implantação do prontuário eletrônico dos pacientes nos serviços de saúde pública e privada no estado. Vampiro recomendou a rejeição do veto argumentando que a Assembleia aprovou um projeto constitucional e, que a própria Secretaria de Estado da Saúde achou pertinente o referido prontuário, já estando inclusive implantando o procedimento. O líder do governo, coronel Onir Mocellin (PSL), pediu vistas em gabinete para evitar que o parecer recomendando a derrubada do veto fosse aprovado. Na próxima semana volta à pauta.

ANUNCIE A SUA EMPRESA, OU, O SEU PRODUTO NA COLUNA. APOIE O NOSSO TRABALHO, ALÉM DE TER A SUA MARCA EM UMA DAS COLUNAS MAIS LIDAS DE SANTA CATARINA. LIGUE: (49) 985048148, OU ENVIE UM E-MAIL PARA: mlula.jornalista@gmail.com

Prédios públicos

O desabamento do telhado do prédio da Secretaria de Meio Ambiente de Joinville (Sama), na semana passada, repercutiu na sessão de ontem, a primeira desde o acidente. James Schroeder (PDT) pediu que volte a tramitar o projeto de lei, protocolado em 2015, que pede que locais com grande fluxo de pessoas façam, de cinco em cinco anos, uma avaliação de segurança dos locais. O PL está em Urbanismo. Odir Nunes (PSDB) comunicou que está entrando com Requerimento para a formação de uma comissão, com o objetivo de fazer uma análise de todos os prédios públicos de Joinville.

Cidades empreendedoras

Três municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina lançarão, hoje, o Programa Cidade Empreendedora em parceria com o Sebrae/SC. Os eventos que iniciarão o ciclo 2 serão realizados às 9h, no gabinete do prefeito Jorge Welter (MDB) em Itapiranga. Às 16h no gabinete da prefeita Rosimar Maldaner (MDB) de Maravilha, e as 19h em Caibi, sob o comando do prefeito, Elói Líbano (MDB), no Centro de Convivência dos Idosos.

Palestra

Ampliar a visão sobre os novos tempos, principalmente quanto à gestão profissional, marketing digital e empreendedorismo é objetivo do ACIC + Gestão, evento promovido pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC). Programado para o próximo dia 14, das 19h às 22h30, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, em Chapecó, terá como palestrante o comentarista da Rádio CBN e do Fantástico, Max Gehringer que prelecionará sobre “Gerenciamento de mudanças: como empreender num mundo de transformações?”.

Aurora 50 anos

Hoje as 19h na Cantina do Cesec em Chapecó, os diretores da Coopercentral Aurora concederão uma coletiva para anunciar a programação de eventos do cinquentenário da cooperativa.

Errou, mas…

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), errou ao postar um vídeo em sua rede social contendo pornografia. Esse não é o papel de quem governa um país como o Brasil. Na ânsia de criticar a imoralidade, Bolsonaro erra, deixa de lado assuntos mais importantes a exemplo da reforma da Previdência, para baixar o nível de seu mandato. Que sirva de lição. Por outro lado, muito me surpreende a esquerda progressista, assustada, espantada, fazendo discursos pudicos a respeito da cena. É boa parte dessa mesma esquerda, que incentiva os atos praticados no vídeo lamentável publicado por Bolsonaro. Portanto, ninguém é santo. O presidente erra pela publicação bizarra, mas, por outro lado, se fosse algum integrante da esquerda ou de movimentos apoiados por ela, o vídeo estaria sendo aplaudido pelos adeptos do politicamente correto. Vamos deixar de hipocrisia.

 
Para receber via WhatsApp é só enviar uma mensagem pelo (49) 98504.8148.
 
PATROCINE ESTA COLUNA: (49) 985048148 / email: mlula.jornalista@gmail.com