...
Deltan Dallagnol Felipe Camargo Júlio Noronha Lula Marco Aurélio Mello Raquel Dodge Segunda instância STF

Dodge entrará com recurso contra a decisão de Mello, juízes estão divididos quanto ao cumprimento da decisão

A procuradora geral da República, Raquel Dodge, soube pela imprensa que o ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, de forma monocrática decidiu autorizar a libertação de todos os presos, após o julgamento em segunda instância.

Ela convocou uma reunião de urgência, mas, já adiantou que entrará com recurso contra a decisão de Mello. O presidente do Supremo, Dias Toffoli, já teria se manifestado nos bastidores, que poderá acatar um pedido liminar de Dodge, porém, nada foi falado oficialmente.

O caso já repercute no judiciário, sendo que alguns juízes tem dito nos bastidores que não autorizarão a libertação de presos em segunda instância, até que o plenário do STF decida a questão em abril do próximo ano. Por outro lado, magistrados considerados garantistas estão a favor da decisão.

Lava Jato

Em instantes o Ministério Público Federal em Curitiba, irá se manifestar a respeito da decisão do ministro do STF, Marco Aurélio Mello. Os procuradores da Lava Jato, Deltan Dallagnol, Júlio Noronha e Felipe Camargo concederão a entrevista.