...
Carlos Humberto Silva Fabrício de Oliveira PL Valdemar da Costa Neto

Carlos Humberto X Fabrício: um impasse sem solução

O candidato do prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira (PL), para a sua sucessão, é o secretário e ex-prefeito Rubens Spernau. Eles foram a Brasília conversar com o presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, para quem Spernau foi apresentado como o sucessor.

Uma fonte me disse que Fabrício intensificará as suas movimentações para tirar o deputado estadual Carlos Humberto Silva (PL) do jogo. Ele acompanhará o governador na viagem ao Oriente Médio e buscará o apoio de Jorginho para que Silva não dispute a prefeitura. O argumento: Balneário Camboriú perderia representação na Assembleia Legislativa.

Ao contrário do que é externado, o fato é que Fabrício nunca teve simpatia por Carlos Humberto, que foi seu vice. Demorou para apoiar quando Silva foi candidato a deputado estadual, tendo gravado um vídeo a contragosto após ter recebido alguns apelos de lideranças. Agora, deixa claro que não quer o parlamentar como candidato a prefeito.

Portanto, não tem uma solução fácil para a disputa. Carlos Humberto quer e não abre mão de ser o candidato do PL a prefeito, enquanto Fabrício fará todas as movimentações que puder para evitar. Mais cedo ou mais tarde, o governador Jorginho Mello (PL) terá que se envolver na questão, correndo o risco de perder um dos dois. (segue após o anúncio)

Uma coisa o eleitorado de Balneário Camboriú pode ter como praticamente certa: dificilmente verão Fabrício e Carlos Humberto no mesmo palanque nas eleições. A questão é de quem Jorginho abrirá mão.