...
adriano silva Jair Bolsonaro João Rodrigues

PL não terá o monopólio do bolsonarismo em algumas grandes cidades catarinenses

Em alguns municípios onde o PL terá candidato, a exemplo de Joinville e Chapecó, o 22 não terá o monopólio do bolsonarismo. Adriano Silva (Novo) e João Rodrigues (PSD) atraem esse eleitorado com uma força considerável. No caso de Adriano, ele não é um bolsonarista de extrema-direita, mas dialoga bem com esse eleitor e conta com a simpatia da classe empresarial por apresentar uma gestão com uma mentalidade liberal. Já Rodrigues é diferente. É muito ligado ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e, mesmo não estando no PL, o eleitorado de extrema-direita o tem como um “membro do clube”. (segue após o anúncio)

De olho na eleição

Sargento Lima será o secretário de Estado da Segurança Pública até abril. Até lá, Lima tentará construir uma relação com a classe empresarial joinvillense, que em massa é pró à reeleição do prefeito Adriano Silva (Novo). O primeiro ato de Lima foi apresentar os números da secretaria em Joinville, porém, não conseguiu atrair um público muito grande. Seguirá trabalhando pela viabilização até deixar a pasta.