...
Alesc Casan Celesc Efapi Estener Soratto Júnior greve João Rodrigues Jorginho Mello MDB Odair Tramontin Recupera Mais Salah Shriners

Saída de Soratto volta à pauta do governo; Tensão na Celesc; Tramontin se aposenta para ser candidato em Blumenau, entre outros destaques

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta

Faça parte do grupo do SCemPauta no WhatsApp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via WhatsApp: 49985048148

A permanência de Estêner Soratto Júnior à frente da Casa Civil poderá não ser duradoura. Já há algum tempo escrevo sobre a situação do secretário, que todas as vezes nega que deixará a pasta neste momento e afirma que será mantido até março do próximo ano.

Talvez Soratto não saiba, mas o governador Jorginho Mello (PL) já tem o martelo batido para a troca. Articulada por Felippi Mello, o provável futuro chefe da Casa Civil, a reforma do colegiado seria antecipada para dezembro com o objetivo de tirar Soratto do cargo. O discurso combinado é que o governo liberaria todos que serão candidatos no próximo ano, mas foram alertados que isso acarretaria na saída antecipada de Carmen Zanotto da Secretaria de Estado da Saúde, já que ela deverá disputar em Lages a majoritária. Sendo assim, o jeito foi recuar.

A ideia agora é fazer a reforma antes de dezembro sem falar em eleição. Querem aproveitar para fazer algumas outras mudanças no governo, sendo que na Casa Civil deverá acontecer a primeira troca. Se o que as fontes ligadas ao governo relatam não for verdade, Soratto deveria pedir ao governador que faça uma manifestação pública a respeito de sua permanência até março do próximo ano, último prazo para quem disputará o pleito. É a chance que ele tem de acabar com as conversas de bastidores de pessoas ligadas ao governo, ou de ficar sabendo que o cargo já é de Felippi Mello, que tem conversado com lideranças sobre o seu futuro no comando da Casa Civil.

Crise na Celesc

Ontem cerca de 90% dos servidores da Celesc aderiram à paralisação convocada pelos sindicatos ligados ao setor elétrico. Ficou definido que a negociação recomeçará hoje, com os sindicatos aguardando uma proposta que considerem plausível. Os servidores reclamam que até o momento, o presidente da companhia, Tarcísio Rosa, não se manifestou. “Ou ele muda, ou pede para que a negociação seja postergada para sexta-feira, como data limite antes da semana das assembleias, com o início da greve previsto para o próximo dia 25 sem data para acabar”, me disse uma fonte ligada aos servidores. A categoria também aguarda uma audiência com o governador, Jorginho Mello (PL). “Se ele (governador) for bem assessorado, orienta o Tarcísio a fechar o acordo e nos atende em moral alta”, disse uma fonte ligada aos servidores.

Casan

O deputado estadual Matheus Cadorin (Novo), em viagem a Israel, fez alguns questionamentos para a Casan. Cadorin quer saber se há monitoramento periódico dos reservatórios e com que periodicidade eles são feitos? Pergunta onde estão os registros formais destes monitoramentos, se é feito por profissionais habilitados e quais os nomes, se há transparência e acesso público aos dados, se as normas técnicas são observadas e quem é o responsável na Casan por aprovar os projetos iniciais dos reservatórios.

Efapi

Ontem à noite, acompanhei o lançamento da Efapi, que acontecerá em Chapecó de 06 a 15 de outubro. No evento que aconteceu no Hotel Majestic em Florianópolis, foram apresentadas as atrações. Lideranças, autoridades e empresários prestigiaram o lançamento da feira-exposição que terá 40 mil metros quadrados de área, sendo 12 mil metros quadrados para o setor agropecuário. Já estão confirmados 500 expositores que devem gerar 3.600 empregos temporários, além da expectativa de negócios na ordem de R$ 200 milhões.

Turismo de Negócios

Não é por acaso que Chapecó tem o título de Capital Catarinense do Turismo de Negócios. Neste momento, ocorre a Mercoagro, que deve fechar com US$ 160 milhões de dólares em negócios concretizados. A Efapi inicia no dia 06 de outubro, devendo movimentar R$ 200 milhões, enquanto a Fetranslog, que vem depois da Efapi, tem uma expectativa de R$ 1 bilhão em negócios. O prefeito João Rodrigues (PSD) me contou ontem que fez um novo parque de exposição, com um investimento de R$ 30 milhões. “Esses investimentos têm um retorno imediato”, disse Rodrigues. Pessoas que moram em Chapecó me relataram que os hotéis estão lotados, comércio e restaurantes movimentados e ontem circulou umas imagens do aeroporto Serafin Enos Bertaso, com o pátio cheio de aeronaves.

Tramontin

Ontem, Odair Tramontin fez uma postagem em uma rede social sobre o seu último julgamento. Tramontin se aposentará do Ministério Público para se dedicar à vida política. Ele é o pré-candidato do Novo para a Prefeitura de Blumenau. Tramontin tem gerado grande expectativa devido ao seu bom desempenho na eleição de 2020, quando, por poucos votos, não foi para o segundo turno com Mário Hildebrandt (Podemos).

Recuperação fiscal

O Governo do Estado lançou ontem o Recupera Mais, o que, segundo o governador Jorginho Mello (PL), será o maior programa de recuperação fiscal da história de Santa Catarina. O trabalho foi feito pela Secretaria de Estado da Fazenda, sob o comando de Cleverson Siewert. O objetivo é oferecer ao contribuinte alternativas mais flexíveis para o pagamento de ICMS em atraso, com desconto de até 95% sobre a multa e os juros para o pagamento à vista e prazos diferenciados a partir da adesão. Quanto antes aderir ao programa, maior será o desconto e o prazo oferecido ao contribuinte no parcelamento da conta, com opção de até 72 prestações.

Recuperar R$ 1,5 bi

Mesmo acreditando no programa, foi possível perceber que o Governo do Estado está cauteloso em relação à recuperação dos valores já inscritos em dívida ativa. Para ter uma ideia, R$ 16 bilhões em impostos foram inscritos em dívida nos últimos 10 anos. O governo estima que irá recuperar cerca de R$ 1,5 bi, o que não deixa de ter sentido, já que muitas empresas foram fortemente afetadas pela pandemia. O cálculo é baseado nos resultados obtidos em programas anteriores. Ontem também foi anunciado pela direção do Badesc o Refin 2023, com a proposta de resgatar cerca de R$ 52 milhões em créditos não recebidos há mais de dez anos.

Matson se manifesta

Ontem, o presidente da Câmara de Vereadores de São José, Matson Cé (PSD), entrou em contato por causa da nota que escrevi, sobre uma suposta conversa que ele teria tido com o PL, o que foi negado por lideranças liberais. Cé me disse que não é um desconhecido para o governador Jorginho Mello (PL) e insinuou que há uma paquera com o PL nos bastidores. “Pessoas do PL têm me chamado para ir para o partido”, afirmou. Matson primeiro negou que pretende disputar a majoritária, afirmando que irá tentar a reeleição, mas depois admitiu que, se um partido lhe der condições de ser candidato a prefeito, aceitará o desafio.

Descontente

Questionado se está insatisfeito no seu partido, o PSD, o vereador Matson Cé me disse que há um descontentamento com a postura de alguns secretários do governo de Orvino de Ávila (PSD). Ele disse que vai procurar o prefeito nos próximos dias para conversar. “Eu não vou brigar com o Orvino. Ele é meu amigo, mas algumas mudanças têm que ser feitas”, afirmou. Pelo que parece, Matson pode estar de olho em alguns cargos na prefeitura.

Radicalismo

Os donos de alguns clubes de tiro de Santa Catarina já estão começando a se incomodar com o radicalismo de alguns deputados federais, que atuam na pauta armamentista. Eles entendem que se esses parlamentares dialogassem melhor com o Governo Federal, haveria uma maior possibilidade de negociação em relação à venda de armas e munições, reduzindo os limites. “Tem deputados que querem lacrar demais. Isso atrapalha o setor”, me disse um empresário.

A importância das missões

Uma das piores coisas para quem trabalha na comunicação é o discurso fácil, aquele para ganhar os aplausos de uma pequena parcela de pessoas que não entendem o trabalho de parlamentares e integrantes do Executivo. Teve quem criticou as viagens dos deputados estaduais que acabaram coincidindo nesta semana. Há missão para os Estados Unidos, Itália, Marrocos e Israel. É importante dizer que essas viagens também fazem parte do trabalho dos agentes públicos e não há nada de errado, se tem agenda e um objetivo claro. Um exemplo é a questão do consulado italiano. Os parlamentares que foram a Roma deram um importante passo para que Florianópolis conte com um consulado, o que vai beneficiar inúmeros descendentes de italianos.

Cultivando

Os deputados estaduais José Caramori (PSD) e Mário Motta (PSD) mostraram sintonia com o deputado Lucas Neves (Podemos). O lageano Neves levou um chimarrão para o plenário que foi compartilhado com os colegas do PSD que cultivam a cultura gaúcha.

Almoço filantrópico

Neste domingo (17), o Costão do Santinho Resort em Florianópolis será o palco do 2º Salah Shriners Music Festival, um evento beneficente que une música, comida e caridade para a saúde infantil em Santa Catarina. O festival visa arrecadar fundos para melhorar os serviços de saúde infantil no estado. Guilherme Morandini Wallner, presidente da entidade paramaçônica, expressou confiança no sucesso do evento, destacando o aumento nas vendas em relação ao ano anterior. Os ingressos estão à venda no https://www.sympla.com.br a partir de R$ 100 por pessoa, com entrada gratuita para crianças até 12 anos, incluindo almoço, open bar e estacionamento.

Destinação dos recursos

Os recursos arrecadados no festival serão destinados principalmente ao Hospital Infantil Joana de Gusmão, ao Núcleo de Pesquisa e Reabilitação de Lesões Palatais Prefeito Luiz Gomes (Centrinho) e ao Hospital Regional do Oeste, com foco em ortopedia infantil. Ivan Moraes, vice-presidente do Salah Shriners, ressaltou que o trabalho da entidade tem apresentado resultados positivos na vida das crianças de Santa Catarina.

Faça parte do grupo do SCemPauta no WhatsApp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via WhatsApp: 49985048148

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta