...
Alesc Bruno Souza Camilo Martins Dário Berger Jair Bolsonaro Jorginho Mello Júlio Garcia Marcos Vieira Mauro De Nadal MDB Michel Temer Universidade Gratuita

Previdência: Alesc fará audiência pública sobre os 14%; Morastoni escapa da cassação; Bruno Souza deve atrair o voto bolsonarista entre outros destaques

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta

Faça parte do grupo do SCemPauta no WhatsApp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via WhatsApp: 49985048148

A Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa aprovou a realização de uma Audiência Pública sobre o desconto de 14% na contribuição previdenciária dos servidores públicos do Estado.

De acordo com o presidente da Comissão e autor do requerimento, deputado Marcos Vieira (PSDB), o debate é fundamental. “Vamos trazer para o mesmo ambiente todos os envolvidos diretamente nessa questão e avaliar profundamente os impactos que a revogação ou manutenção causam”, explicou.

Ainda sem data para a realização da audiência, Vieira disse que a definição deve se dar em conjunto com os líderes de bancada na Alesc. “Vamos fazer o mais transparente possível, dando espaço para o amplo debate com os deputados, com a Presidência da Casa, com o Governo do Estado e com as representações de classe dos servidores”, definiu Vieira.

Atualmente, encontra-se em diligência o Projeto de Lei Complementar de autoria do deputado Fabiano da Luz (PT), que prevê a alteração da Lei Complementar que estabelece o desconto. Fontes do parlamento acreditam em uma redução do percentual, o que realmente deve acontecer. A questão é que deve ficar muito aquém do esperado, já que o governo quer evitar ao máximo a perda de arrecadação em um sistema previdenciário fortemente deficitário.

Festa surpresa

Em falar no deputado estadual Marcos Vieira (PSDB), foi organizada para ele uma festa de aniversário surpresa, após a reunião da Comissão de Finanças, na Assembleia Legislativa. Organizada pela deputada Luciane Carminatti (PT), a festa de 70 anos foi prestigiada pela maioria dos parlamentares e grande parte dos servidores da Casa. Na foto, o momento da entrega do presente que Vieira ganhou do deputado Júlio Garcia (PSD). A festa antecipa o aniversário que será comemorado amanhã.

A aproximação de Camilo

O governador Jorginho Mello (PL) já pagou 40% do valor de todas as emendas impositivas dos atuais deputados reeleitos. Apenas um não reeleito foi contemplado com o pagamento de emendas. Nazareno Martins (Podemos), pai do atual deputado Camilo Martins (Podemos), que acaba de emplacar o seu assessor de gabinete, Sandro Vidal, para a presidência da Ceasa. Além disso, Camilo também deverá indicar o secretário adjunto da Agricultura, além de mais cinco cargos no governo. Jorginho trabalhando forte para ter o presidente da Comissão de Constituição e Justiça na sua base.

Voto bolsonarista

Com a resistência ao nome da ex-prefeita Adeliana Dal Pont entre os integrantes da ala radical do Partido Liberal, quem pode puxar o voto bolsonarista na eleição à Prefeitura de São José é o ex-deputado Bruno Souza (Novo). Adeliana não pode ser desconsiderada, pois tem a sua força no cenário, mas não é vista como uma liderança ligada ao bolsonarismo, ao contrário de Souza que durante o seu mandato na Alesc, sempre se posicionou como um aliado dos parlamentares seguidores de Jair Bolsonaro (PL). A questão que pega é a indefinição: Souza começou um movimento para disputar em São José, mas, conforme revelado, houve uma conversa entre ele e o governador Jorginho Mello sobre a possibilidade de Souza disputar pelo PL à Prefeitura de Florianópolis. Ele nega que tenha tido qualquer contato. O ex-deputado me disse que se considera nos dois municípios o único nome liberal e que depende apenas do Novo para confirmar a candidatura.

Novela Dário

O ex-senador Dário Berger faz contas antes de definir para qual partido vai. Apesar de as conversas com o MDB terem chamado mais atenção, pois ele chegou a colocar um pé no partido, o fato é que houve um recuo e até agora nada aconteceu de novo. Uma fonte emedebista me disse que há uma desconfiança de que Berger não se sinta à vontade para voltar para o MDB, sobretudo pelo tamanho do partido, o que dificultaria para ele ter o domínio. Por isso, teria ocorrido um avanço sutil com o PSDB, que fez a seguinte proposta: a construção de uma chapa PSDB/Cidadania, que estão federados, com o PSB, e se tentaria o Podemos. Juntos, eles somariam o mesmo tempo de rádio e TV do MDB, partido que, pelo visto, somente terá a volta de Berger se for interessante para ele.

Cuidado

Uma fonte tucana me disse que Dário Berger precisa pensar em um projeto para 2026, devendo se filiar a um partido que lhe dê as condições para disputar o Governo do Estado. “Ele não tem que pensar somente no ano que vem. Ele tem que pensar em um projeto municipal, mas que lhe dê impulso para um projeto estadual”, disse a fonte. Berger precisa considerar que, mesmo sendo uma liderança vitoriosa, não terá a benevolência dos partidos por muito tempo. Afinal, como me disse um emedebista: “A paciência tem limite”.

Morastoni escapa da cassação

Encerrou na madrugada de hoje, após 9 horas de trabalho, uma sessão da Câmara de Vereadores de Itajaí que julgou o processo de cassação do prefeito Volnei Morastoni (MDB) e do vice-prefeito Marcelo Sodré (PDT). Os vereadores votam em quatro infrações político-administrativas supostamente cometidas por cada um. Todas as infrações foram rejeitadas, e com isso o processo será arquivado. Morastoni foi denunciado por ter recebido o salário integral, após mais de 15 dias de afastamento quando precisou fazer um tratamento de saúde.

Homenagem a Temer

A Assembleia Legislativa concedeu ontem o título de Cidadão Catarinense ao ex-presidente da República Michel Temer (MDB). O proponente da homenagem, Mauro De Nadal (MDB), destacou que o título é uma maneira formal de agradecer pelas ações de Temer que beneficiaram o Estado. De Nadal lembrou das reformas no governo Temer, que permitiram a concessão do Aeroporto Hercílio Luz. Um detalhe: Michel Temer ficou tão entusiasmado com a homenagem que, em um evento no interior de São Paulo há alguns dias, ele comentou que viraria cidadão catarinense.

Não pegou bem

O discurso do governador Jorginho Mello (PL) durante a solenidade em que o ex-presidente da República Michel Temer (MDB) recebeu o título de Cidadão Catarinense, não foi bem recebido e foi motivo de críticas nos bastidores da Assembleia Legislativa. Ao ser chamado para falar, Jorginho se estendeu e usou o tempo para fazer propaganda de seu governo, desviando totalmente do assunto principal, que era falar do homenageado. “Além de fazer propaganda, o governador se estendeu muito”, disse uma liderança.

Universidade Gratuita

A Associação de Mantenedoras Particulares de Educação Superior de Santa Catarina (AMPESC) criou uma comissão especial, para acompanhar a implantação das duas novas leis relacionadas ao financiamento do ensino superior no Estado: a Universidade Gratuita e o Fundo Estadual de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior (Fumdes). Integrada por reitores e técnicos das instituições de ensino superior que compõem a entidade, além do corpo jurídico, a comissão terá a incumbência de analisar detalhadamente os editais que devem ser lançados nos próximos dias pelo Governo do Estado.

Comunidade Empreendedora

Hoje, às 11h, serão apresentados os resultados do Comunidade Empreendedora, projeto de inclusão produtiva do Sebrae em Santa Catarina, para o presidente Décio Lima. O balanço será feito no Centro de Educação Popular (Cedep), em Florianópolis. Com pouco mais de três anos, o Comunidade Empreendedora contempla 32 projetos, com a realização de oficinas, consultorias, palestras e capacitações.

Filiação ao PDT

O professor do IFSC e superintendente de turismo da Prefeitura de Florianópolis de 2017 a 2023, Vinicius De Luca Filho, vai se filiar ao PDT no próximo dia 2 de setembro, em um evento no hotel Castelmar, às 10h. O deputado estadual Rodrigo Minotto, o ex-ministro Manoel Dias e demais lideranças trabalhistas já confirmaram presença. Como pré-candidato a vereador, Vinicius é mais um nome para compor a lista da proporcional do PDT.

Atos golpistas

Após a prisão de seu assessor, o pastor Dirlei Paiz, o presidente da Câmara de Vereadores de Blumenau, Almir Vieira (Progressistas), enviou nota explicando a sua relação com o servidor, que deverá ser exonerado nos próximos dias. Paiz foi preso ontem em mais uma operação, sob a acusação de ter apoiado os atos antidemocráticos de 8 de janeiro. Em nota, Vieira explica que o pastor trabalha há um pouco mais de 2 meses.

Transporte gratuito

O novo presidente da Associação de Pais e Servidores do IFC – Instituto Federal Catarinense, Campus Camboriú, Marcos Saraiva, assumiu a defesa da bandeira da gratuidade do transporte escolar para os alunos do instituto. Ele também pediu ao deputado federal Fábio Schiochet (UB) que ajude através de emenda, para que a entidade tenha condições de oferecer alimentação gratuita para os alunos.

Faça parte do grupo do SCemPauta no WhatsApp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via WhatsApp: 49985048148

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta