...
Alesc Esperidião Amin Ivan Naatz Jorginho Mello PL Policiais da reserva PSD Universidade Gratuita

Policiais da reserva não querem trabalhar em escolas; O encontrão do PSD; Negado afastamento de secretário de Itajaí entre outros destaques

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta

Faça parte do grupo do SCemPauta no WhatsApp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via WhatsApp: 49985048148

O massacre covarde em uma escola de Blumenau, motivou o Governo do Estado a criar o programa Escola Mais Segura, que visa a contratação de policiais militares do Corpo Temporário de Inativos da Segurança Pública (CTISP), e de bombeiros, também da reserva, para fazer a segurança das escolas.

Passado um tempo, após a aprovação, o governo encontra dificuldade de conseguir policiais interessados em atuar no programa. Para complicar ainda mais, os bombeiros não têm porte de arma, ou seja, para se habilitar, teriam que fazer um curso de tiro e passar por todos os trâmites que é um processo demorado.

Uma fonte policial me disse que muitos de seus colegas da reserva ganham uma boa aposentadoria, ou montaram outras atividades profissionais, por isso, não tiveram interesse no programa. Além disso, tem os que aceitam voltar, mas querem ir para a Assembleia Legislativa, ou para algum outro poder, enquanto que, alguns não tem mais saúde para atuar na segurança das escolas. O setor da segurança terá que pensar em alternativas.

Votação do Universidade Gratuita

Hoje os presidentes da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, Camilo Martins (Podemos), da Educação, Luciane Carminatti (PT) e de Finanças, Marcos Vieira (PSDB), se reunirão com o presidente do parlamento, Mauro De Nadal (MDB), para discutir a conclusão da tramitação do projeto da Universidade Gratuita. A conversa será virtual, já que Martins se encontra na Europa, mais precisamente em Portugal. Ao todo foram apresentadas 164 emendas. Os deputados avaliam algumas como boas, que irão contribuir, porém, algumas fora do contexto, como a que determina o fim da eleição para diretores de escolas estaduais, que não tem ligação alguma com o projeto, já serão arquivadas.

Votação

A deputada estadual, Luciane Carminatti (PT), pediu mais um dia para ler as emendas e, a ideia é fazer a leitura dos relatórios dos projetos do programa Universidade Gratuita, até quinta-feira. Um grande acordo deve definir a quarta-feira da semana que vem, como a data em que a matéria irá para a votação em plenário na Alesc. Para isso, tudo deve ser votado na CCJ, o que permitirá que os projetos vão a plenário. O percentual fechará em 75% para as comunitárias, através do Universidade Gratuita, enquanto que 25% dos recursos serão usados para as bolsas de estudo nas privadas. Também serão feitas algumas mudanças no Uniedu, para garantir que ninguém perderá a bolsa. O critério da renda também tem provocado algumas discussões.

Afastamento negado

A juíza da Vara da Fazenda Pública, Execução Fiscal, Acidente do Trabalho e Registro Público da Comarca de Itajaí, Sônia Maria Mazzetto Moroso Terres, negou o pedido do Ministério Público, para que o secretário de Saúde de Itajaí, Emerson Duarte, o diretor Administrativo, Luís Fernando Sanni, a diretora Executiva, Dulcinéia Michels e a gerente de Compras, Cláudia Regina Santana, fossem afastados de seus cargos. Eles, mais o empresário Lio César Pereira Júnior, foram denunciados pelo MP sob a acusação de crime de fraude, dispensa indevida de licitação e improbidade administrativa, na aquisição em março de 2021 de 10 milhões de máscaras descartáveis.

A decisão

A juíza da Comarca de Itajaí, Sônia Maria Mazzetto Moroso Terres, escreveu em sua decisão que o afastamento cautelar de um agente público, só cabe na hipótese em que a medida se mostrar necessária à instrução processual, ou para evitar a iminente prática de novos ilícitos, evitando, assim, que o afastamento seja utilizado como meio para punir antecipadamente os investigados. “No caso, diante do fato de que toda a prova documental já foi amealhada durante a CPI e a investigação do Ministério Público, bem como face o transcurso de mais de 3 anos entre a ocorrência dos fatos e a propositura da ação, passando-se por duas investigações, não há prova cabal de que a continuidade do exercício do cargo público pelos Requeridos irá prejudicar o trâmite desta Ação”, escreveu a magistrada na decisão.

Troca de secretário

O secretário adjunto de Estado da Administração, Luiz Dacol, deverá deixar a pasta nos próximos dias. Informações de bastidores dão conta de que a relação entre ele, e o secretário, Moisés Diersmann, não é das melhores, por isso a substituição. Nenhum nome foi ventilado até agora.

O encontrão do PSD

Hoje à noite, às 19h, na sede da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), mais de 400 lideranças estaduais do PSD, participarão do evento organizado pela direção estadual do partido, sob o comando do presidente, Eron Giordani. Ele promete um evento diferente, focado no “Protagonismo de Santa Catarina”, com foco na tecnologia e inovação. O painel também será transmitido pelas redes sociais e pelo YoTube do partido. Além das lideranças aqui do estado, também confirmaram presença o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, o governador do Paraná, Ratinho Júnior e o líder do PSD na Câmara dos Deputados, Antônio Brito, que abonarão as fichas dos prefeitos e vices que se filiarão. A organização informou que, para a imprensa, deve ser feito o credenciamento com os jornalistas Maurício Locks 48 -98429-3339 ou Fran Lima 48 – 99631-0097, até às 18h.

PL na disputa

O PL terá candidato à Prefeitura de Blumenau. Segundo o presidente local do partido, o deputado estadual, Ivan Naatz, até setembro será anunciado o nome dos liberais para a disputa municipal. Ele me disse que o partido terá candidato e que será cabeça de chapa. “Blumenau nunca teve tão perto do poder. Até setembro o 22 vai publicar o nome de seu candidato e vamos iniciar a pré-campanha. O momento agora é de conversas com os outros partidos e de ouvir as ordens do nosso presidente, governador Jorginho Mello. Se ele me chamar estou pronto”, disse Naatz, que colocou outdoors pela cidade chamando as pessoas a se filiarem ao PL.

Kleinübing

Questionei o deputado estadual, Ivan Naatz (PL), se o ex-deputado e atual presidente do BRDE, João Paulo Kleinübing, poderá ser o candidato do partido à Prefeitura de Blumenau. Ele me respondeu que JPK é um nome respeitado, mas que não sentiu nele a motivação necessária para disputar. “No lugar onde ele está, seria muito arriscado deixá-lo para enfrentar uma eleição que, derrotado, lhe seria fatal. Ele não é filiado ao PL então não posso falar dele. Só posso falar sobre as coisas do meu partido, o partido do presidente Bolsonaro”, afirmou.

Com a comunidade

No sábado (24), o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSD), reuniu os moradores do Loteamento Tia Maria Zanette, no Bairro Naspolini, para inaugurar a pavimentação de seis ruas com recursos de emendas do deputado estadual, Júlio Garcia (PSD). A caminhada de inauguração iniciou na Mina de Visitação e terminou no meio do loteamento, onde ali mesmo, sem palanque, sem som, no meio da rua, os representantes discursaram para a comunidade. O secretário Arleu da Silveira acompanhou a visita. Ele é o nome preferencial de Salvaro para a sucessão.

Aproximação

Durante a Festa da Comunidade de São João Batista, no bairro Forquilhas, o grupo liderado pelo prefeito de São José, Orvino de Ávila (PSD), foi o centro das atenções. Enquanto o experiente prefeito e os jovens, Michel Schlemper (MDB), e Fernando Anselmo (PSDB), que ficou em segundo lugar nas últimas eleições, esbanjavam animação, chamou igual atenção a ex-prefeita, Adeliana Dal Pont (sem partido), que ficou mais restrita em uma comunidade na qual já teve muita força. Essa situação chamou a atenção, sobre o real interesse de Adeliana em relação ao pleito do próximo ano. Já quanto Orvino e Anselmo, as especulações é de que poderão fazer parte de um mesmo projeto. A questão é que papel caberá ao tucano, já que o atual vice, deve compor novamente com Orvino.

Convite

Num almoço em um restaurante de Chapecó, o senador Esperidião Amin (Progressistas) fez um convite ao ex-deputado, Narcizo Parisotto, e à sua filha, Débora Parisotto, para que se filiem ao seu partido. Eles ficaram de dar uma resposta.

Faça parte do grupo do SCemPauta no WhatsApp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via WhatsApp: 49985048148

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta