...
Aécio Neves Clésio Salvaro Federação Fernando Krelling Jorginho Mello MBL Universidades Comunitárias

Tucanos querem nova federação; Hospitais Filantrópicos sem dinheiro; Sessão termina com sessões e xingamentos entre outros destaques

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta

Faça parte do grupo do SCemPauta no WhatsApp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via WhatsApp: 49985048148

Coluna Gravada:

Levantamento do IBGE com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, aponta que o rendimento domiciliar per capita de Santa Catarina que estava na 5ª posição em 2021, subiu para a 4ª colocação em 2022, com rendimento médio de R$ 2.018. No país, o valor foi de R$ 1.625.

Os dados foram analisados pelo Observatório da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc). De acordo com o presidente, Mário de Aguiar, aqui no estado os salários e outros rendimentos do trabalho, representam cerca de 80% da renda total das famílias. “O estado possui a menor taxa de informalidade do país, o que contribui para um mercado de trabalho menos desigual e com maior nível de renda per capita”, afirma.

O rendimento domiciliar per capita registrou crescimento real de 11% em 2022. A renda domiciliar per capita reúne as fontes recebidas mensalmente pelos moradores, dividida pelo número de componentes da família. Essas fontes de renda podem ser provenientes do trabalho, benefícios previdenciários, retirada de empreendimentos, aluguéis, programas sociais, entre outras. A indústria representa 34,5% dos empregos formais de SC e, o saldo positivo de postos de trabalho em 2022, principalmente, nos setores da construção, de alimentos, bebidas e automotivo, contribuíram para elevar a renda disponível das famílias.

Hospital São José

Após alguns anos Joinville conseguiu o tão esperado apoio no custeio do Hospital São José. Ontem o governador Jorginho Mello (PL) anunciou que o Estado pagará 20% dos custos. Mesmo sendo um hospital municipal, o São José tem atendido a boa parte da região Norte do estado. Ao todo, devem ser repassados mensalmente R$ 4 milhões.

Hospitais sem dinheiro

Ontem eu fui procurado por dirigentes de entidades mantenedoras de hospitais filantrópicos do estado. A informação é que até o momento não foram renovados pelo Governo os contratos. Segundo os relatos a situação é preocupante. Busquei informações junto a assessoria do governo, mas até o fechamento da coluna não obtive resposta. Uma informação que apurei é que o Estado deverá aplicar 14% da receita na Saúde, mais do que o mínimo previsto pela Constituição que é 12%. Isso quer dizer que serão R$ 800 milhões a mais em relação ao ano passado. Os recursos já estão no caixa da Saúde. É mais um motivo para a renovação do contrato dessas entidades.

Tucanos querem federar

Aécio Neves

O PSDB está filiado ao Cidadania, tanto, que Geovânia de Sá (PSDB) que não conseguiu a reeleição, somente está na Câmara dos Deputados porque Carmen Zanotto (Cidadania) assumiu o comando da Secretaria de Estado da Saúde. Porém, há uma grande preocupação no partido em aumentar esse grupo. O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, que assumirá a presidência do PSDB estadual, procurou o deputado federal, Aécio Neves, para saber qual o planejamento para uma federação maior. Vale lembrar que Aécio se elegeu por Minas Gerais, mas vive a maior parte do tempo quando não está em Brasília, aqui em Santa Catarina, onde também tem residência. Ontem conversei rapidamente com o parlamentar mineiro. Ele confirmou as movimentações para uma federação do PSDB com o Podemos, Solidariedade e Cidadania, que nasceria com 42 cadeiras na Câmara Federal. Questionado sobre o quanto deve demorar para sair um possível casamento, Aécio respondeu que em cerca de 60 dias.

Impacto em SC

Uma Federação entre PSDB, Podemos, Cidadania e Solidariedade, criaria na Assembleia Legislativa uma nova bancada com 5 parlamentares. Dois tucanos, Marcos Vieira e Vicente Caropreso, mais três do Podemos que são Ana Paula da Silva, a Paulinha, Camilo Martins e Lucas Neves. O detalhe é que esses parlamentares já fazem parte do chamado G-26, grupo formado para eleger Mauro De Nadal (MDB) à presidência da Alesc.

Pagamento com PIX

A Assembleia Legislativa vai analisar um projeto de lei que, se for aprovado, permitirá a realização de pagamentos de impostos, taxas e contribuições estaduais por meio do sistema PIX. O deputado estadual, Matheus Cadorin (Novo), é o autor da proposta.

Universidades Comunitárias

Está prevista para o próximo dia 29 a instalação do Fórum Parlamentar em Defesa das Universidades Comunitárias, na Assembleia Legislativa. O grupo será coordenado pelo deputado estadual, Napoleão Bernardes (PSD), proponente da iniciativa que envolverá outros 25 parlamentares. O fórum terá a finalidade de apoiar o fortalecimento deste modelo comunitário e, disseminar informações sobre os serviços prestados pelas 14 instituições que compõem o Sistema Acafe. Um dos temas que deverão pautar o início dos trabalhos é o Programa Faculdade Gratuita, uma das bandeiras do governador, Jorginho Mello (PL).

Bancada do Norte

A primeira reunião da Bancada do Norte na Assembleia Legislativa, teve como destaque a eleição do deputado Fernando Krelling (MDB) como coordenador do colegiado, e o anúncio das primeiras ações programadas. De acordo com Krelling, a meta inicial será levantar as principais demandas dos municípios ao Norte do estado. Para tanto, os deputados pretendem visitar pessoalmente as prefeituras e câmaras locais, bem como entidades como a Associação dos Municípios do Planalto Norte (Amplanorte), a Associação de Municípios do Nordeste (Amunesc), e a Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali).

MBL em Santa Catarina

No próximo dia 25 estarão reunidos em Florianópolis os maiores nomes do Movimento Brasil Livre. Renan Santos, Arthur do Val, Kim Kataguiri, Amanda Vettorazzo, Cristiano Beraldo, Guto Zacarias e Renato Battista. A visita ao estado faz parte de uma turnê do MBL pelo país e, o evento é aberto ao público mediante inscrição pelo site do Movimento Brasil Livre. O ex-governador, Carlos Moisés da Silva (Republicanos), e o prefeito de Palhoça, Eduardo Freccia (Podemos), também confirmaram presença.

Sessão com empurrões e xingamentos

A sessão de ontem da Câmara de Vereadores de Barra Velha, teve xingamentos e empurrões entre o vereador, Caio Pinheiro (PL), e um munícipe que foi identificado como Wilson. Segundo pessoas que participaram da sessão, tudo começou com um protesto de munícipes contra a gestão municipal por causa de ruas esburacadas. Eles levaram fotos e cartazes. Caio que é o líder do governo na Câmara, chegou a trocar ofensas e empurrões com o munícipe. Confira:

Ex-prefeito é condenado

O ex-prefeito de Xaxim, Cézar Fonini, foi condenado a 30 anos de prisão por encomendar a morte do advogado, Joacir Montagna, há cinco anos no município de Guaraciaba. Fonini que já estava preso por ter cometido outros crimes, mesmo da prisão encomendou o assassinato do advogado que defendia em um processo, uma parte contrária que não atendeu aos desejos de Fonini na tentativa de um acordo para o cumprimento de sentença.

Confira os nossos colunistas

Coluna do Henry Quaresma

Coluna do Paulo Gouvêa

Faça parte do grupo do SCemPauta no WhatsApp. Não será aberto aos debates, será apenas para o envio das informações que divulgamos. Clique no link para acessar!! Qualquer problema favor entrar em contato via WhatsApp: 49985048148

  Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!
 
Instagram: @scempauta
 
Twitter:  @scempauta
 
https://www.facebook.com/scempauta