...
Alesc Carlos Moisés da Silva Esperidião Amin Fabiana Rodrigues Gean Loureiro Geovânia de Sá Ismael dos Santos Jair Bolsonaro Jorginho Mello Júlia Zanatta Marlene Fengler Outubro Rosa Paulinho Bornhausen Podemos Progressistas PSB Renata Abreu Republicanos

Moisés no Progressistas depende do aval de Amin e Bolsonaro; Presidente pode mudar o cenário eleitoral catarinense; Colombo quer tríplice em torno de seu nome entre outros destaques

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta  

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Tem corrido nos bastidores que o governador Carlos Moisés da Silva (sem partido) conversou com o Podemos, em encontro que surpreendeu até mesmo o alto escalão de seu governo. Ninguém sabe ao certo o que motivou o governador a fazer a conversa, fontes atribuem a uma falta de habilidade política.

O entendimento se deve ao fato de que a presidente nacional do Podemos, a deputada federal Renata Abreu, é amiga de longa data do presidente de honra do partido em Santa Catarina, Paulinho Bornhausen, que é pré-candidato ao Senado. Foi ela quem relatou a conversa para o próprio Paulinho, que rechaçou qualquer aproximação com o governador. “Onde o Moisés estiver o Paulinho estará do outro lado”, me disse uma liderança ligada ao partido.

Outra conversa que o governador teve em Brasília, foi com o presidente nacional licenciado do Progressistas, Ciro Nogueira, atual ministro chefe da Casa Civil. O encontro que também contou com a presença do líder do partido na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros, e mais um deputado estadual catarinense, o qual as fontes não lembram o nome, não teve uma definição. As lideranças progressistas viram Moisés com muito bons olhos, mas, deixaram claro que uma eventual filiação depende do aval do senador, Esperidião Amin, que até hoje não se manifestou.

Para o partido que filiou no mês passado o governador de Roraima, Antônio Denarium, filiar Moisés aumentaria a força da legenda pelo país, com a aquisição de mais um Estado. Mas acontece que sem um gesto de Amin, nada feito, o governador catarinense não vai. “Mas, aqui quem daria este aval seria o Esperidião Amin, isso a nacional não iria passar por cima dele”, afirmou uma fonte.

Por fim, a conversa mais promissora de Moisés foi com o Republicanos. Ele se encontrou com o presidente nacional do partido, pastor Marcos Pereira, que é deputado federal. Acompanhado do deputado estadual, Sérgio Motta, o encaminhamento seria para uma futura filiação. Pelo acordo, com a ida de Moisés o comando no estado sairia das mãos dos bispos e, passaria para um núcleo militar ligado ao governador, porém, até o momento, nada de bater o martelo.

Bolsonaro no Progressistas

A provável ida do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), para o Progressistas, mexerá no cenário eleitoral em Santa Catarina e deve ser mais um fator que, poderá atrapalhar qualquer aproximação do governador Carlos Moisés da Silva (sem partido) com o partido. Primeiro, que até as pedras sabem que Bolsonaro e Moisés nutrem uma antipatia recíproca. Segundo, o eleitorado bolsonarista não é simpático ao governador e, terceiro, Bolsonaro tem um forte apresso pelo senador Esperidião Amin (Progressistas). Se filiando, apelará ao seu amigo de longa data que dispute o Governo do Estado para lhe dar palanque.

Como ficaria?

Essa não é uma resposta fácil, mas seguindo a lógica, o senador Esperidião Amin (Progressistas) em um cenário com o presidente da República, Jair Bolsonaro em seu partido, entraria com muita força no processo eleitoral. Isso não quer dizer que Amin terá vida fácil, mas será uma grande diferença em um estado em que, boa parcela de seu eleitorado, tem um perfil conservador. E mesmo que o presidente adote a neutralidade em um cenário como mais bolsonaristas, não é difícil entender que estar no partido de Bolsonaro, neste caso, fará uma grande diferença.

99% certo no Progressistas

A presidente do PL de Criciúma, Júlia Zanatta, pré-candidata a deputada federal, esteve ontem em Brasília a convite do deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL), e sua esposa Heloísa. Júlia que tem uma relação quase que familiar com os Bolsonaro, participou da festa de aniversário de Geórgia, neta do presidente Jair Bolsonaro. No evento que reuniu lideranças como o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni; o secretário especial da Cultura, Mário Frias e o catarinense, Jorge Seif Júnior, secretário nacional da Pesca, a política não ficou de fora. Durante uma conversa houve a afirmação de que Bolsonaro já está acertado com o Progressistas. Na semana passada, o presidente nacional interino do partido, André Fufuca, que é deputado federal, adiantou a lideranças que o acordo já estava em 99%.

Jogo do Poder – O debate

Quer saber de todos os acontecimentos da política catarinense e seus bastidores? Sim, aqui no SCemPauta e também, no programa O Jogo do Poder na Jovem Pan News de Florianópolis, 103,3 FM. Hoje apartir das 16h, Maria Helena, Maga Stopassoli e eu, Marcelo Lula, debateremos os principais assuntos da política catarinense. Informações em primeira mão, de bastidores e análises. Você pode ouvir pelo rádio, ou assistir através do perfil da Jovem Pan Floripa no Youtube. Também é possível baixar o aplicativo “Jovem Pan FM Floripa”.

Tríplice

Fontes afirmam que o ex-governador Raimundo Colombo (PSD) tem costurado uma aproximação de seu partido, com a União Brasil do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, e com o Podemos. A ideia seria a de Colombo disputar o Governo do Estado e Loureiro ao Senado, oferecendo o vice ao Podemos. Nada é impossível e, conforme divulguei há alguns dias, Colombo e Gean jantaram juntos em Lages na casa do ex-governador. Mas neste momento, o prefeito parece querer mesmo disputar o Governo e, a empolgação é tamanha que, tem mantido contatos e não esconde mais a sua intenção. Além disso, Gean é uma das candidaturas prioritárias do novo partido.  

Troca de líder

O líder do governo de Gean Loureiro (União Brasil) na Câmara de Vereadores de Florianópolis, Renato da Farmácia (PSDB), deve deixar o posto nos próximos dias. Após as críticas feitas por ele a Gean, a relação esfriou e Renato não tem mais a confiança da base governista. João do Bericó (União Brasil) e Jeferson Backer (PSDB), são os possíveis substitutos. Em falar em Renato, ele foi visto tomando um café com Felippi Mello, o que levantou rumores sobre um possível retorno ao PL.

Marlene mantém

Na sexta-feira divulguei que a deputada estadual, Marlene Fengler (PSD), por causa dos rearranjos provocados pela crise entre a Igreja Assembleia de Deus e a deputada federal, Geovânia de Sá (PSDB), iria buscar a reeleição, já que o deputado estadual, Ismael dos Santos (PSD), irá para Federal. Marlene informou que não mudará os seus planos e que é pré-candidata a deputada federal. Neste caso, ganha força a possibilidade da primeira-dama de Chapecó, Fabiana Rodrigues (PSD), disputar uma vaga à Alesc.

Paulinha no Cidadania

Após a entrevista que me concedeu no programa O Jogo do Poder da Jovem Pan News de Florianópolis, 103,3 FM, a deputada estadual, Ana Paula da Silva, a Paulinha (sem partido), deixou a entender que está com os dois pés no Cidadania.

PSB se reúne

Hoje as principais lideranças do PSB de Santa Catarina se reúnem em Garopaba, para um evento do partido. O ex-governador de São Paulo, Márcio França, que preside a Fundação João Mangabeira que pertence ao PSB, também estará no encontro. A ideia é discutir o projeto estadual dos socialistas.

Novo delegado

O delegado Vinicius Iunes assumiu a Delegacia Regional de Xanxerê, no Oeste. Ele foi indicado pelo diretor de Fronteira da Polícia Civil, Fernando Callfass, que foi atendido pelo delegado geral, Marcos Ghizoni. Há mais de 15 anos atuando em várias regiões do estado, Iunes entra para o último nível, passando a delegado de entrância especial.

Outubro Rosa

Durante todo o mês de outubro diversas unidades hospitalares do estado estão desenvolvendo ações, para a promoção e o cuidado com a saúde da mulher. A iniciativa é integrada a campanha “Toque, prevenção, cuidado e amor”, desenvolvida pela Secretaria de Estado da Saúde. O diagnóstico precoce e o rastreamento dos possíveis casos de câncer de mama e colo de útero, fazem parte das ações da Atenção Primária em Saúde e o Governo do Estado, por meio de suas unidades, trabalha para a detecção e encaminhamento dos casos.

Parceria

Dentre as ações em andamento no Outubro Rosa, está a parceria entre o Hospital Regional de São José e a Sociedade Catarinense de Mastologia, no Movimento Rosa. Durante seis meses, de 1º de outubro deste ano a 31 de março 2022, serão realizadas biópsias em mulheres encaminhadas pelas Unidades Básicas de Saúde. Estão previstos cerca de 100 procedimentos, o que possibilitará o termino da fila por biopsia na Grande Florianópolis.

Para receber a coluna via WhatsApp, favor enviar mensagem com o seu nome e cidade e salvar o número: 49 98504.8148. Faça parte da lista de transmissão do site que todo mundo lê.

Agora estamos nas redes sociais. Segue lá!   Instagram: @scempauta   Twitter:  @scempauta   https://www.facebook.com/scempauta