...
Anta Bruno Souza Ciclone Bomba Defesa Civil Ellen Campos Governador Celso Ramos Juliano Duarte

Confusão entre deputado estadual com prefeito e primeira-dama acaba em ofensas e ameaça

O prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte (PSB), e o deputado estadual, Bruno Souza (Novo), se envolveram numa confusão que começou pelo telefone e terminou nas redes sociais.

Começou quando Souza foi ao município e gravou um vídeo sobre a situação em que está a cidade, após ter sido atingida fortemente pelo chamado Ciclone Bomba. Segundo o parlamentar, no local foi informado que a população não recebe o auxílio do Governo do Estado, por não ter feito o cadastro no setor de Assistência Social do Estado. “Eu me ofereci para ajudar, mas o prefeito ficou uma arara e falou que era falta de internet. Mas o prefeito fez post, não teve internet para fazer o cadastro, mas teve para ficar postando foto. Aí mandou os comissionados me atacarem e entre eles, a própria esposa que é secretária de Assistência Social. O Ministério Público sabe disso?”, questionou.

A primeira-dama Ellen Campos, questionou o deputado sobre as críticas e recebeu como resposta: “Mas tu é uma anta mesmo né? Você me fala para ajudar. Quando eu digo que é o que quero, você me ataca de novo!”, escreveu Souza. Ainda de acordo com o parlamentar, antes disso, o prefeito já havia ligado o xingando.

Para Bruno Souza, é estranho que os comissionados tenham partido para o ataque e questiona o número de ocupantes de cargo de confiança. Segundo ele, Governador Celso Ramos tem 15 mil habitantes e 300 comissionados, enquanto Florianópolis que tem 500 mil pessoas, tem 394. “Como se explica isso?”, questionou.

Souza admite que errou ao chamar Ellen de “anta” e, que no calor da discussão, segundo ele, levado pela baixeza do debate acabou escrevendo o que não devia. “Eu apaguei logo e depois pedi desculpa para ela. Não faz parte do meu perfil”, afirmou.

Já o prefeito Juliano Duarte se mostrou extremamente irritado. Segundo ele o cadastro não foi feito pelo fato de que 100% da cidade ficou sem energia elétrica. Além disso, relatou que cerca de 40 casas e o setor de Assistência Social ficaram completamente destruídos.

Para Duarte, Bruno Souza foi gravar vídeo querendo se promover ao invés de ajudar, mas o que mais irritou o prefeito foi com o fato do parlamentar ter chamado sua esposa de “anta”. “Anta é ele, o pai dele e a mãe dele. Ele é um moleque, vou ensinar a ele nunca mais chamar uma mulher de anta”, afirmou extremamente irritado.

O prefeito chegou a enviar a me mostrar um ofício o qual segundo ele, foi enviado à Defesa Civil, pedindo auxílio para a população. “Essa é a prova que o deputado está mentindo, que o governo que de forma vergonhosa disse não ter dinheiro para ajudar a recuperar as casas está mentindo. A ajuda do governo foi enviar 15 rolos de lona, enquanto nós colocamos R$ 1 milhão a disposição para recuperar as casas das pessoas”, disse.

Lideranças criticam Souza

O ex-prefeito de Florianópolis, Cesar Souza Júnior (PSD), postou nas redes sociais uma defesa ao prefeito Juliano Duarte (PSB) e a primeira-dama Ellen Campos. “Chamar uma mulher de anta resume o caráter e as fobias deste cidadão. Demitido por mim por má conduta na Prefeitura de Florianópolis. Processo e justiça nele”, escreveu.

Outro a se manifestar foi o vereador e pré-candidato a prefeito de São José, Clonny Capistrano (PL). “O que mais me deixa perplexo é um deputado da dita nova política, dispensar pronome de tratamento pejorativo à secretária municipal da cidade de Governador Celso Ramos, que está cheia de problemas e afazeres devido a um desastre da natureza; um membro do parlamento estadual, deveria fazer por onde ajudar e não desdenhar de uma mulher. Nossa solidariedade a 1ª dama @ellenprim , educação e respeito é obrigação dos representantes da sociedade catarinense.