...
Jair Bolsonaro Jorginho Mello Respiradores

Caso Veigamed: Jorginho Mello tenta assegurar a liberação dos respiradores para Santa Catarina

Diante do risco de a Receita Federal dar perdimento na carga dos 50 respiradores comprados pelo Governo do Estado junto a Veigamed, o que faria com que os aparelhos ficassem com a União, o senador Jorginho Mello (PL) acionou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Jorginho explicou a sua preocupação com o fato de o prazo de 20 dias para a legalização alfandegária já estar correndo, e solicitou ao presidente que, em caso de perdimento, os aparelhos sejam distribuídos para instituições de saúde de Santa Catarina. “Não podem é acabar recolhidos num depósito, sirvam ou não ao tratamento da Covid-19. Queremos que sejam distribuídos para instituições de saúde de Santa Catarina”, disse. O presidente Bolsonaro encaminhou o pedido ao Ministério da Saúde e Economia para providências.