...

A sexta-feira do Governo do Estado no Oeste

O governador Carlos Moisés da Silva (PSL) anunciou uma série de investimentos na manhã de hoje, em Chapecó. O maior deles é o convênio que garantirá a execução do contorno viário oeste, entre a BR-282 e a SC-283, obra do programa Novos Rumos. No total, foram R$ 26 milhões garantidos, em diversas áreas, para a cidade polo do Oeste e municípios da região. O ato das assinaturas foi realizado no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nês.

De acordo com Moisés, os investimentos com recursos próprios são possíveis porque, com o corte de cargos da reforma administrativa, está sendo utilizada uma nova forma de fazer compras públicas. “Sempre com pregão eletrônico e revisando contratos. Tudo isso traz economia para que possamos investir, uma vez que o Estado ainda não pode contrair financiamentos. Mesmo assim não paramos de inovar e crescer”, detalhou o governador.

A execução do contorno viário oeste exigirá um investimento de aproximadamente R$ 50 milhões, dos quais R$ 25 milhões serão com recursos do Governo do Estado. A obra consiste em garantir a pavimentação da Estrada Municipal Alcebíades Sperandio, que passa pelas comunidades de Linha Simonetto, Linha Sarapião, Linha Cascavel e Colônia Bacia, a oeste da área central de Chapecó. A contrapartida restante e a licitação ficarão a cargo da prefeitura.

De acordo com o prefeito, Luciano Buligon (PSL), a obra vai diminuir significativamente o tráfego na área central de Chapecó diariamente. “Nossas cooperativas estão investindo R$ 1 bilhão aqui e vão gerar empregos e renda para toda a região. O governador e eu entendemos que precisamos dar uma contrapartida, e esta obra cumpre esse papel”, afirmou Buligon.

Além do contorno viário, outros atos foram assinados que asseguram mais R$ 1 milhão em investimentos para a região.

 

Ala do Hospital Regional

Pacientes em tratamento contra o câncer na região de Chapecó já têm acesso a uma estrutura nova para cuidar da saúde. O Governo do Estado liberou a área de internação e ambulatório oncológico no sétimo e oitavo andar do Hospital Regional do Oeste.

Essa é a primeira das sete etapas da ativação do novo espaço da unidade hospitalar que está em fase de conclusão. Já foram investidos mais de R$ 30,8 milhões na obra, além de R$ 7,2 milhões na compra de equipamentos e R$ 1,5 milhão na aquisição de mobiliário. A Secretaria de Estado da Saúde está providenciando a compra de mais R$ 10 milhões em equipamentos. Quando estiver tudo pronto, a nova ala vai ampliar em 60% a capacidade do HRO.

O governador Carlos Moisés da Silva (PSL) destacou a nova política hospitalar, que destina mais recursos às unidades que mais entregam serviços à população, e reconheceu que o hospital é uma delas. “O esforço é duplo. Estamos pagando dívidas da saúde, coisas que deveriam ter sido resolvidas no passado e não foram. Ao mesmo tempo, estamos sensibilizados com todas as demandas e nossa equipe está se doando para melhorar a vida das pessoas”, frisou Moisés.

O cronograma de ativação inclui leitos de oncologia, oncologia pediátrica, UTI adulto, UTI infantil e salas cirúrgicas novas. Esta é a primeira ativação de hospitais ou blocos hospitalares construídos com o programa Pacto por Santa Catarina, criando ainda no governo de Raimundo Colombo (PSD).

 

Educação, segurança e infraestrutura

Na mesma ocasião a Secretaria de Estado da Educação e a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) assinaram um protocolo de intenções para a formação continuada de professores na área de educação fiscal e financeira.

Também houve a liberação de R$ 266 mil em financiamento do Badesc para obras na galeria de drenagem da Avenida General Osório, em Chapecó. Nesta sexta, o Governo de Santa Catarina, o Badesc e o Município de Chapecó assinaram o termo de garantia para a operação, documento que assegura a destinação do recurso.

O governador ainda liberou R$ 100 mil para reforma e adequações na Praça Municipal Marcelino Champagnat, localizada no bairro Santa Maria, em Chapecó. Os municípios de Mondaí e Seara também foram beneficiados com investimentos nesse valor. O primeiro fará o recapeamento asfáltico na Rua Capivara, no bairro Uruguai. Em Seara, o recurso será aplicado na pavimentação das ruas Luiza Zanoello e Jacila Garghetti.

 

Serviço aeromédico

A Polícia Civil e o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste de Santa Catarina (CIS/Amosc) celebraram um convênio para manutenção das atividades e ampliação da estrutura do Serviço Aeropolicial de Fronteira (SAER-Fron)

O apoio será para as atividades policiais e de pronto-atendimento em ocorrências de maior gravidade, além de ações de socorro e resgate com uso de helicóptero nos mais de 50 municípios englobados pelo consórcio. Pelo convênio, o CIS/Amosc repassará R$ 29 mil por mês para colaborar com a manutenção do serviço. O SAER-Fron já conta com o serviço de atendimento e resgate aeromédico, com uma equipe médica.