...

Aliança PSD e Progressistas ganha adesões em prol do projeto de João Rodrigues; Governo voltará a pagar a indenização por uso de veículo a servidores; Moisés recebe a Acij entre outros destaques

Três anos após o fim da recessão, somente três de 15 Estados acompanhados pela Pesquisa Industrial Mensal do IBGE, fecharam o ano passado com a produção acima do nível pré-crise: Santa Catarina, Pará e Mato Grosso.

Na região Sul, os três Estados se destacaram em relação a produção industrial, sendo que em primeiro lugar ficou o Paraná com um crescimento de 5,7%, Rio Grande do Sul com 2,6% e Santa Catarina 2,2%, que se destacou como o maior fabricante de máquinas, equipamentos e veículos. O setor produtivo apresentou um rendimento de 0,2% a mais do que em 2013.

Uso de Veículo Próprio

O embargador do Tribunal de Justiça, Rodolfo Tridapalli, concedeu liminar a favor do pagamento mensal da Indenização pelo Uso de Veículo Próprio (IUVP), aos servidores da Fazenda e aos procuradores do Estado. Auditores internos, defensores públicos e contadores também são beneficiados, com o valor mensal de R$ 3,17 mil. A ação foi impetrada pelo Estado alegando que o Tribunal de Contas do Estado não tem o poder para anular contratos administrativos do poder Executivo.

 

Aliança PSD e Progressistas

A aliança entre o PSD e o Progressistas de Chapecó visando as eleições municipais deste ano, está recebendo reforços. Na noite de ontem as executivas dos dois partidos estiveram reunidas com os vereadores das duas siglas e com de outros partidos, a exemplo de Adão Teodoro (sem partido), Delvino “Dino” Dall Rosa (PSB) e Itamar Agnoletto (PSDB). Todos presentes se pronunciaram publicamente a favor da aliança que está sendo construída, com Eron Giordani à frente das conversas e que tem como pré-candidato a prefeito, João Rodrigues (PSD).

 

Seguem as conversas

O próximo encontro entre pessedistas e progressistas de Chapecó será após o Carnaval, quando novos partidos se juntarão às conversas para continuar a discussão do projeto visando as eleições deste ano. Participaram também do encontro, o vice-prefeito Elio Cella (PL), o deputado estadual Altair Silva (Progressistas) e os vereadores do PSD e do Progressistas, Valmor Scolari, Aderbal Pedroso, Astrid Tozzo, Paulo Carraro, Diego Alves, João Siqueira, Claimar de Conto e o presidente da Câmara, Ildo Antonini (DEM).

 

Acij com Moisés

O presidente da Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), João Martinelli, foi recebido ontem pelo governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e pelos secretários de Estado da Casa Civil, Douglas Borba, e o de Infraestrutura, Thiago Vieira. O deputado estadual Fernando Krelling (MDB) acompanhou a reunião. Durante a conversa com duração de uma hora foram abordados temas como investimentos em infraestrutura, no caso, a duplicação do acesso ao Distrito Industrial, além da legislação dos incentivos fiscais e um pedido de recursos ao bombeiro voluntário. Martinelli aproveitou para solicitar em nome da entidade, que Joinville tenha um representante no primeiro escalão do governo.

 

Acompanharam

Ao lado do presidente da ACIJ, João Martinelli, no encontro com o governador Carlos Moisés da Silva (PSL), também esteve os empresários Evair Oenning, vice-presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc); o vice-presidente da ACIJ, Fernando Schneider; o diretor financeiro da associação, Marco Antonio Corsini; e vice-presidente da entidade e presidente do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville, Moacir Thomazi.

 

Carros da Educação

O deputado estadual Bruno Souza (NOVO) protocolou representação no Ministério Público para instauração de inquérito civil visando apuração de possíveis irregularidades na aquisição dos 85 veículos da Secretaria Estadual de Educação com valores de R$ 120 mil a R$ 150 mil. Segundo o parlamentar, foram apresentadas novas provas. O processo licitatório resultou na aquisição de 85 veículos e foram gastos R$ 10,87 milhões. O deputado expôs que a arbitrariedade está atrelada especificamente ao descumprimento do Decreto 660/2011, que dispõe sobre a compra de carros oficiais. “Para a categoria de veículos descritos no Termo de Referência, as exigências de opcionais foram muito além das trazidas no anexo do instrumento legal”, afirma Bruno.

 

Governador na Facisc

Em encontro promovido pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) disse que 2020 será para avançar ainda mais em ações do Governo de Santa Catarina por todas as regiões, além de concretizar parcerias público-privadas. “Pela primeira vez o Governo do Estado conta com um secretariado técnico, sem indicações políticas. Todos são cobrados por resultados. Também estamos trabalhando com indicadores de desempenho, que até podem ser comuns na iniciativa privada, mas no governo nunca tinham sido aplicados. Estamos inovando para poder medir e fazer mais”, pontuou Moisés.

 

Prodec

O governador Carlos Moisés da Silva destacou como projeções para 2020 o fortalecimento do Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec), o uso de inteligência preditiva para a segurança pública e o avanço nas desestatizações e investimento privado. “Estamos criando um complexo cultural e turístico no entorno da Ponte Hercílio Luz para que a manutenção seja feita com recursos privados. Estamos trabalhando para reduzir o tamanho do Estado em várias frentes”, afirmou.

 

Reformas

As reformas essenciais para Santa Catarina e o Brasil também foram destacadas pelo governador Carlos Moisés da Silva (PSL). Já tramita na Assembleia Legislativa a Reforma da Previdência, que tem por objetivo, segundo ele, reduzir o déficit que passa de R$ 4 bilhões por ano, diminuindo investimentos em áreas essenciais. Para o país, Carlos Moisés destacou a importância da reforma tributária. “O Brasil tem muitos tributos e isso precisa ser simplificado, de modo que uma empresa não precise gastar tanto e perder tanto tempo para calcular. A reforma tributária precisa avançar no Congresso”, frisou.

 

Na coluna exclusiva dos assinantes

 

– O sinal do MDB a Carlos Moisés

 

– Paulinha é a nova líder do governo na Alesc;

 

– Segue a batalha da TPA na Alesc;

 

– Pupila da família Bolsonaro no PL de Criciúma

 

– Deputado aliado de Moisés critica o IMA

 

– Deputados alertam que o projeto da Reforma da Previdência estadual terá mudanças;

Assine o SCemPauta Plus, com muito mais informações durante o dia, podcasts e muito mais. As informações exclusivas e de grande impacto serão exclusivas para assinantes. Assine agora por apenas R$ 10 Reais mensais, assinatura anual.