...
Correia Pinto Daniela Reinehr governadora Ivan Naatz João Schwambach Ponte Colombo Salles Ponte Pedro Ivo Prefeito

Prefeito assassinado no Vale do Itajaí, governadora mete o pé na estrada, recuperação das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles, Ivan Naatz no PL, entre outros destaques

Prefeito assassinado no Vale do Itajaí

João Schwambach, prefeito de Imbuia. Foto: Prefeitura de Imbuia / Arquivo

O prefeito da cidade de Imbuia, no Vale do Itajaí, João Schwambach (MDB), de 59 anos, foi assassinado com um tiro no final do expediente de ontem (8). Segundo informações da rádio Sintonia FM, ele foi morto ao lado do prédio da administração municipal.

Populares relataram à Polícia Militar que ouviram uma discussão por volta das 18h, nas proximidades da prefeitura, seguida de dois estampidos de tiro. Ao se aproximarem, testemunhas encontraram o prefeito caído e sem sinais vitais, mas nenhum suspeito foi visto saindo do local.

Pouco depois do ocorrido, um homem de 77 anos deu entrada no hospital Bom Jesus de Ituporanga, cidade vizinha, em estado grave e com um ferimento de arma de fogo na cabeça. Segundo reportagem da NSC, a polícia suspeita que este idoso tenha tentado suicídio, motivado por ter ligação com o assassinato.

Em entrevista à rádio Sintonia FM, o secretário de Administração, Neri Fermino, disse desconhecer qualquer situação que pudesse motivar tal crime e que esteve com o prefeito pouco antes do assassinato. “Saímos juntos [da prefeitura], ele foi pra um lado pegar a camionete dele, fui pro outro, peguei meu carro e saí, quando escutei dois estampidos, mas não imaginei que fossem tiros”.

Posteriormente Fermino recebeu uma ligação informando que o prefeito estava caído ao lado da prefeitura. “Imediatamente voltei, olhamos as câmeras de segurança do paço municipal, constatamos que ele havia levado um tiro”, complementou.

Segundo a rádio, as imagens mostram o prefeito indo até sua camionete, quando aparentemente foi chamado pelo suspeito e atingido. O Município decretará três dias de luto oficial.

O velório deve acontecer no ginásio esportes do município.

 

 

Governadora mete o pé na estrada

Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

A governadora em exercício, Daniela Reinehr, iniciou na tarde de ontem (8), um roteiro de três dias pelas estradas do Oeste catarinense. A intenção é atualizar as informações sobre as rodovias federais e estaduais da região para buscar recursos para revitalizações.

Neste primeiro dia, a governadora em exercício percorreu toda a extensão da SC-157, entre Chapecó e São Lourenço do Oeste, e a SC-305, entre São Lourenço do Oeste e Campo Erê.

Foi neste último trecho que Daniela encontrou as piores condições. Ela conversou com moradores e disse que seu foco para este ano é a busca de recursos para uma ampla revitalização rodoviária.

“Quero percorrer todas as SCs e BRs do Oeste. Temos muitas entregas para fazer na região, mas a infraestrutura é essencial. Correrei atrás de recursos para revitalizar as nossas rodovias. Com infraestrutura o Oeste decola”, disse a governadora em exercício.

Daniela ressaltou que a má condição das rodovias no Oeste é fruto de um descaso histórico com a região, mas que cabe aos governantes arregaçar as mangas em busca dos valores necessários.

O roteiro pelo Grande Oeste segue até a manhã de sábado. Na próxima semana, a governadora em exercício vai a Brasília para tratar com autoridades federais dos aportes para infraestrutura.

 

Recuperação das pontes Colombo Salles e Pedro Ivo

Foto: Julio Cavalheiro / Arquivo / Secom

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) assinou, na terça-feira (7), a ordem de serviço para elaboração do laudo técnico e projeto de recuperação dos blocos de fundação das pontes Colombo Machado Salles e Pedro Ivo Campos, em Florianópolis.

A empresa contratada é a RMG Engenharia, sediada em Belo Horizonte, que fez a supervisão técnica das obras de restauração da Hercílio Luz. Ela terá 30 dias para apresentar o relatório de vistoria e laudo conclusivo do estudo e até 90 dias para elaboração de dois projetos executivos de reforço e reparo dos blocos de fundação.

De acordo com o secretário da Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler, a escolha de uma solução dependerá da análise de alguns critérios. “Vamos avaliar a questão financeira, técnica-executiva e impacto no tráfego das pontes”, explica Hassler. Definida a medida, uma licitação para execução da obra deverá ser lançada.

O contrato para elaboração do projeto de recuperação dos blocos de fundação das estruturas foi realizado por meio de dispensa de licitação e o valor para a execução dos serviços é de R$ 762,9 mil.

O acompanhamento da situação das pontes pelos engenheiros da SIE levantou a necessidade de um estudo específico para avaliação dos eixos de sustentação, uma vez que foi percebida a aceleração da deterioração das estruturas desde o levantamento feito em 2015.

 

Ivan Naatz no PL em fevereiro

Alexandro Fernandes, Jorginho Mello, Ivan Naatz e Jorge Goetten. Foto: Mauricio Freitas

O deputado estadual Ivan Naatz acertou sua filiação ao PL do senador Jorginho Mello e até já usou a hashtag “#timePL” em seu twitter. A filiação deve acontecer no dia 1º de fevereiro, no encontro estadual do partido em Blumenau, onde não nega a possibilidade de ser candidato a prefeito. Naatz levou junto Alexandro Fernandes para ser coordenador regional no novo partido. Fernandes foi secretário municipal na gestão do ex-prefeito Napoleão Bernardes, para quem também coordenou duas campanhas eleitorais.

 

 

Governo não consegue cumprir exigências do próprio governo?

Reproduzo aqui o relato do deputado estadual Bruno Souza sobre o aeroporto de Correia Pinto:

 

Câmara de Vereadores suspende gratificações irregulares pagas a servidora

O Presidente do Legislativo de Cunhataí atendeu à recomendação do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e cessou o pagamento de duas gratificações concedidas irregularmente à contadora da Câmara de Vereadores do Município. Segundo apuração da Promotoria de Justiça da Comarca de São Carlos, a servidora não cumpriu os requisitos exigidos por lei para ter direito às gratificações que vinham sendo pagas desde 2016.

A primeira gratificação – por “nova atribuição/função”, correspondente a 40% do salário – é paga ao servidor que exerça atividades que não sejam da competência do seu cargo original. Mas, no caso da contadora, foi concedida, a partir de maio de 2016, para que ela trabalhasse na folha de pagamento, no controle de ponto, na publicação de relatórios no diário oficial e em “outras atividades de caráter permanente e afetas à atividade de contadoria”, segundo a recomendação.

A segunda gratificação – por “progressão de mérito” – foi concedida a partir de setembro de 2016, mesmo sem que a servidora comprovasse ter conseguido o percentual igual ou superior a 70% na avaliação de desempenho de servidor efetivo, como determina a lei municipal.

Ainda atendendo à recomendação da Promotoria de Justiça de São Carlos, o Presidente da Câmara de Vereadores, na mesma portaria que cessou o pagamento das gratificações, prevê a instauração de procedimento administrativo para adotar as medidas necessárias para o ressarcimento, por parte da servidora, dos valores que ela recebeu de forma indevida com as gratificações irregulares.