...
Bombinhas Ivan Naatz Paulo Dalago Muller TPA

Prefeito de Bombinhas pede a cassação de Ivan Naatz

Foi entregue hoje ao deputado estadual, Volnei Weber (MDB), um pedido de cassação do mandato do deputado estadual, Ivan Naatz (PV). A entrega foi feita pelo próprio prefeito de Bombinhas, Paulo Müller (DEM), em mais um capítulo da disputa pelo fim da cobrança do chamado pedágio urbano, ou a Taxa de Preservação Ambiental que foi adotada pelos municípios de Bombinhas e Governador Celso Ramos.

Na coluna de hoje do SCemPauta, o prefeito de Governador, Juliano Duarte (PSB), teceu duras críticas contra Naatz, que é o autor do projeto que proíbe a cobrança e, durante a tarde, Müller entregou os documentos que pedem a cassação.

O prefeito de Bombinhas, acusa o parlamentar de ferir as Constituições Federal e Estadual, ao assinar eletronicamente como advogado a ação protocolada na justiça pelo fim da taxa, além de uma petição inicial de ação movida pela Associação de Defesa dos Direitos Constitucionais.

Através de sua assessoria, Ivan Naatz disse ao SCemPauta que não assinou nenhuma petição do processo, pois, segundo ele, não advoga para a ACDC entidade da qual é presidente licenciado e que a advogada é Ivanir Portela.

Também de acordo com Naatz, houve um equívoco porque o sistema do Tribunal de Justiça de Santa Catarina anota, na ação, os nomes dos sócios do escritório de advocacia “De fato todos os processos patrocinados por ela, por ordem do quadro social, vão registrar meu nome porque compomos o mesmo escritório e eu continuo advogando normalmente”, disse Naatz.