...
Carlos Moisés da Silva Eduardo Leite Imetro Jair Bolsonaro Maria Suely José Ratinho Júnior Rudinei Floriano Shirley Ferreira

Presidente do Imetro rebate acusações de ex-servidora, Fórum Parlamentar discute emendas para 2020, CGE inspeciona hospitais entre outros destaques

Receba pelo celular !!
 
Para receber via WhatsApp é só enviar uma mensagem pelo (49) 98504.8148.
 
PATROCINE ESTA COLUNA: (49) 985048148 / email: mlula.jornalista@gmail.com

Destaque do Dia

Rudinei Floriano defendeu a sua assessora.

Me chamou a atenção a entrevista do presidente do Instituto de Metrologia de Santa Catarina (Imetro), o subtenente da Polícia Militar, Rudinei Floriano, ao radialista Ananias Cipriano da Jovem Pan de Joinville.

Floriano disse que a sua assessora, Shirley Ferreira, que em uma conversa com a ex-servidora do órgão, Maria Suely José, a qual foi gravada e entregue ao Ministério Público Federal e, ao SCemPauta que a divulgou na quinta-feira passada em primeira mão, nega ter citado os nomes de lideranças que aparecem no diálogo. No áudio, a assessora os acusa de supostamente praticar a chamada “rachadinha”, que é quando ocupantes de cargos comissionados devem repassar parte de seu salário a quem os indica. As lideranças já rebateram as afirmações.

O problema é que, contra a negativa de Shirley, há uma gravação feita por Suely, onde a conversa flui aparentemente de forma natural. Para Floriano, a sua assessora pode ter ingerido alguma substância dada pela ex-servidora, porém, chamou a atenção quando ele disse: “Passou mal (Shirley) nesse mesmo período, na semana em que a Sueli estava aterrorizando”, disse o presidente do Imetro. A questão é: A que período Floriano se refere? Ele tem ideia de qual dia foi feita a gravação?

Acontece que as coisas ditas no áudio foi de uma gravidade enorme, principalmente por ter envolvido outras pessoas, incluindo autoridades imputando a elas, a prática de uma ilegalidade. Será que existe algum medicamento capaz de criar uma fantasia com tantos detalhes? Shirley precisa se explicar, dizer o motivo de ter dito tudo o que está na gravação e, caso não apresente provas, poderá responder pelas afirmações que fez.

Em outro ponto da entrevista, Floriano disse que a sua assessora Shirley, sempre fez ações sociais para motivar a equipe. Segundo ele, foi criado o aniversário do mês e eventos para os servidores, tendo sido, inclusive, segundo palavras do presidente do Imetro, custeado por Nalci Antunes, que é diretor de Meteorologia, pela própria Shirley e pela denunciante, Maria Suely, a qual segundo Floriano, teria se indignado em ter que colaborar.

Por fim, o presidente do Imetro afirmou que nunca foi pego centavo algum dos servidores, porém, a contradição: Em outro evento, ele relatou que foram adquiridos troféus para serem entregues aos funcionários, quando alguns servidores comissionados ajudaram a comprar, além de brindes para o dia dos pais e das mães.

Sobre Suely

A respeito da ex-servidora, Maria Suely José, que denunciou as supostas práticas de “rachadinha” e assédio moral no Imetro, o presidente do Instituto, o subtenente da Polícia Militar, Rudinei Floriano, se referiu a ela como uma pessoa problemática e complicada. “Ela foi acolhida pela Shirley, mas sempre com intriga, jogando um servidor contra o outro”, afirmou. Sobre o motivo da exoneração, Floriano relatou que no dia 30 de junho, Suely teve um comportamento agressivo com o servidor Nalci Antunes, por conta de uma demanda interna. “Depois na sala da Shirley, a Suely quase avançou nele”, afirmou. O presidente do Imetro ainda defendeu os deputados, Coronel Armando (PSL) e Sargento Lima (PSL). “Tudo o que foi falado sobre eles, não passa de loucura”, disse.

Fórum parlamentar

Hoje os deputados federais e senadores que compõe o Fórum Parlamentar Catarinense, se reúnem na Assembleia Legislativa para ouvir as propostas para emendas coletivas. Pela primeira vez a bancada federal promove um encontro para receber propostas de interesse macrorregional. Depois, os 16 deputados e 3 senadores, voltam a se reunir para definir a destinação da Emenda Coletiva de 2020. O coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB), disse que as entidades e associações de municípios não precisarão mais bater de porta em porta nos gabinetes de Brasília.

Governadores em SC

O Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud), que tem reunido os governadores das regiões, Sul e Sudeste, desde o início do ano, terá mais uma etapa de reuniões nos próximos dias 18 e 19 de outubro em Florianópolis. Estão confirmados, além do governador Carlos Moisés da Silva (PSL), o paranaense Ratinho Júnior (PSD), Eduardo Leite (PSB) do Rio Grande do Sul, João Dória (PSDB) de São Paulo, Romeu Zema (Novo) de Minas Gerais, Wilson Witzel (PSC) do Rio de Janeiro e Renato Casagrande (PSB) do Espírito Santo. A pauta do encontro terá o chamado Pacto Federativo, a Reforma Tributária, Lei Kandir e a cessão onerosa.

Contas públicas

No próximo dia 16, Florianópolis receberá palestrantes que são expoentes dos Observatórios Sociais no Brasil para o 1º Fórum Catarinense “Contas Públicas são da Nossa Conta”, que será realizado no Auditório do Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina, com início às 08h30. A experiência do Observatório Social de Maringá (OSM), será o tema de uma palestra da presidente, Giuliana Pinheiro Lenza, que abordará o tema “como o cidadão pode ser protagonista do controle social dos Municípios. O Fórum é uma realização da Escola do Observatório Social de São José (OSSJ), com o apoio do CRC/SC, que tem por objetivo difundir o conhecimento e capacitar os cidadãos para fiscalizar a gestão pública.

Controladoria nos hospitais

Ferreira acompanhou in loco a auditoria.

A Controladoria Geral do Estado (CGE) realizou ontem, uma auditoria nos serviços terceirizados de lavanderia e locação de enxoval em cinco hospitais da Grande Florianópolis. O mesmo trabalho será feito durante a semana, nos maiores hospitais de Santa Catarina. Os serviços representam, em todo o Estado, cerca de R$ 23 milhões ao ano. O controlador-geral do Estado, Luiz Felipe Ferreira, acompanhou todo o trabalho. “O objetivo dessa verificação é o cumprimento do contrato. Este é um serviço importante para a área da saúde e que demanda um recurso significativo”, disse. Os hospitais auditados foram o Hospital Infantil, Maternidade Carmela Dutra, Hospital Celso Ramos, Hospital Regional de São José e Instituto de Cardiologia.

Importância do controle

Importantíssimo o trabalho da Controladoria Geral do Estado, ao conferir in loco, a entrega de um serviço contratado com dinheiro público. Se mais vezes esse trabalho for realizado, com certeza teremos uma redução considerável em possíveis problemas na entrega de produtos e serviços.

Prefeitos do Médio Vale

Precisou o deputado estadual, Laércio Schuster (PSB), reclamar durante a sessão da Assembleia Legislativa, para que o governador, Carlos Moisés da Silva (PSL), atendesse oito meses depois que foi solicitado, ao pedido de audiência feito pelos prefeitos do Médio Vale do Itajaí. Além de receber as demandas da região, Moisés contou aos prefeitos que fará uma visita a Blumenau ainda este mês, para anunciar investimentos em infraestrutura. Ao lado do presidente do Colegiado Superior da Segurança Pública, coronel Araújo Gomes, Moisés se comprometeu a destinar para Blumenau, pelo menos 60 policiais militares da próxima turma de 500 formados.

Vai com Bolsonaro

O governador, Carlos Moisés da Silva (PSL), disse aos prefeitos que anunciará em Blumenau, um investimento na parte de Infraestrutura, ligado ao programa Novos Rumos. Depois disso, em outubro, fará nova visita a Blumenau para participar da abertura da Oktoberfest, ao lado do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Os prefeitos aproveitaram a reunião para apresentar seus pleitos em áreas como Infraestrutura, Saúde, Educação, Segurança e Prevenção contra enchentes. Resta saber como será o clima, após as declarações de Moisés a um jornal de São Paulo.

SC-283

O deputado estadual, Altair Silva (Progressistas), presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Rodovias do Grande Oeste, e o deputado estadual, Marcos Vieira (PSDB), presidente da Frente Parlamentar em Favor da Recuperação da SC-283, são proponentes de duas Audiências Públicas que acontecem na próxima sexta-feira (13), em Mondaí e Concórdia. Os eventos são abertos ao público e devem reunir lideranças políticas, empresários e a comunidade em geral. Vale destacar que em 2018, de janeiro a agosto, foram 174 acidentes, envolvendo mais de 260 veículos e deixando 12 vítimas fatais. Somente em 2019 foram 8 vítimas fatais, em 179 acidentes.

Educação assistida

Avança em Itajaí o projeto-piloto de educação assistida por cães, pioneiro em Santa Catarina.  O primeiro cão salva-vidas do Brasil, que se chama, Ice, foi apresentado aos alunos da séries iniciais da Escola Estadual Básica Professor Pedro Paulo Philippi. O projeto tem o apoio do deputado estadual, coronel Onir Mocellin (PSL) e da vereadora Renata Narcizo (Solidariedade).

Emissário Submarino

O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) e a CASAN, realizam amanhã uma Audiência Pública sobre o projeto do Emissário Submarino do Sul da Ilha em Florianópolis. O encontro será realizado às 19h, no Colégio do Campeche, localizado na SC-405, número 4501. Durante a audiência será apresentado o Relatório de Impacto Ambiental elaborado para licenciamento ambiental da obra. O projeto faz parte do planejamento para avançar na cobertura de coleta e tratamento de esgoto da capital. Os levantamentos estão detalhados no Estudo de Impacto Ambiental e no Relatório de Impacto Ambiental (RIMA), disponíveis para consulta no site do IMA.

Mais um nome

Em Chapecó, mais um nome aparece como pré-candidato a prefeito. O jovem advogado, Patrick Monteiro, tem a bênção dos deputados do PRB para disputar a Prefeitura. Assessores foram enviados à capital do Oeste especialmente para conversar com Monteiro.

Sobre Moisés

O eleitorado conservador de Joinville, não está nada contente com o governador, Carlos Moisés da Silva (PSL). As questões do ICMS sobre os agrotóxicos, o aumento de impostos sobre os produtos da cesta básica, sem contar as declarações a um jornal de São Paulo, geraram uma grande resistência. Ruim para o prefeito, Udo Döhler (MDB), que através de assessores têm alimentado as especulações sobre uma possível composição na chapa majoritária de 2022, ao lado de Moisés.

Audiência no Sul

A Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, debaterá os efeitos poluidores das minas de carvão desativadas na região Sul do estado. O evento acontece hoje às 19h, na Sociedade Recreativa Urussanga. A audiência foi proposta pelo presidente da comissão, deputado Ivan Naatz (PV). Ele afirmou que o objetivo da audiência é ouvir autoridades e ambientalistas, porque há uma preocupação na região com os efeitos poluidores das minas de carvão desativadas.

Audiência na Acij

Obras em andamento e investimentos programados para a ampliação da cobertura de esgoto sanitário e fornecimento de água em Joinville, serão apresentados na Associação Empresarial a ACIJ. A exposição acontece hoje, às 18h30, e será realizada pela presidente, Luana Siewert Pretto. A Companhia foi fundada em 2005, sendo administrada pela Prefeitura

Para receber via WhatsApp é só enviar uma mensagem pelo (49) 98504.8148.
 
PATROCINE ESTA COLUNA: (49) 985048148 / email: mlula.jornalista@gmail.com