Bruno Souza consegue a prorrogação da CPI da Ponte, Moro em Chapecó amanhã, Tebaldi é internado entre outros destaques

Marcelo Lula

Marcelo Lula

Receba pelo celular !!
 
Para receber via WhatsApp é só enviar uma mensagem pelo (49) 98504.8148.
 
PATROCINE ESTA COLUNA: (49) 985048148 / email: [email protected]

Destaque do Dia

A CPI da Ponte Hercílio Luz na Assembleia Legislativa foi prorrogada por mais 120 dias. O pedido apresentado pelo relator, o deputado Bruno Souza (Sem partido), se justificou no número de feriados no pedido de prorrogação dos prazos para a entrega de documentos solicitados às empresas, que tiveram contratos para participar das obras de recuperação da ponte, além de um período de 20 anos que ainda não foi apurado, sendo que a documentação ainda está sendo analisada.

Costa e Alba
CASAN
Brasao

Nesta segunda fase dos trabalhos da CPI, não está descartada a convocação de integrantes de governos passados, além das empresas que assinaram contrato para a recuperação da ponte.

Em relação as empresas, as oitivas iniciarão com a Roca no próximo dia 26. Prosul e Concremat terão que comparecer pela primeira vez no dia 10 de julho, e a Espaço Aberto inicia no dia 10 de agosto. Representantes das empresas EMPA e Teixeira Duarte terão que comparecer em outubro. No dia 30 do mesmo mês, deve ser apresentado o relatório preliminar e uma eventual concessão de vistas aos membros da Comissão. Já apresentação do Relatório Final está marcada para o dia 06 de novembro.

Articulação

Em meio a solidariedade demonstrada por boa parte dos deputados estaduais ao presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia (PSD), uma fonte relatou que está sendo observada a movimentação realizada pelo MDB. O que poderia ser visto apenas como uma possível reaproximação de dois deputados que se insurgiram contra a sua própria bancada, no caso, Valdir Cobalchini e Moacir Sopelsa, para algumas lideranças, pode ser uma movimentação de união do MDB, para se fortalecer e garantir o apoio do governo de Carlos Moisés da Silva (PSL), visando construir a conquista da presidência do parlamento. Desse modo, poderia haver um consequente isolamento do PSD, o que seria de interesse de pesselistas, principalmente, visando o enfraquecimento de Garcia. Teoria da conspiração, ou uma leitura de quem está enxergando lá na frente?

Leia também »  Prefeito Gean Loureiro e ex-secretário Veloso entre os presos da Operação Chabu

Tebaldi internado

O presidente estadual do PSDB, o ex-deputado federal Marco Tebaldi, está internado no Hospital da Unimed de Joinville. Na segunda-feira enquanto se arrumava para ir para o seu escritório, ele começou a não se sentir bem, sentindo dores abdominais. Ficou constatado que a pressão de Tebaldi havia subido e mesmo com o eletro apresentando um bom resultado, os médicos medicaram o líder dos tucanos até que estabilizou a pressão. Tebaldi que ainda trata um câncer de pâncreas, foi internado na UTI. No dia seguinte foram feitos exames mais profundos, a exemplo de um cateterismo, quando foi identificada uma veia do coração com obstrução parcial. Um stent foi colocado. Também por recomendação médica, Marco Tebaldi terá que ir a São Paulo para fazer uma nova avaliação no Hospital Sírio Libanês.

Sérgio Moro em Chapecó

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, estará pela primeira vez em Santa Catarina em visita oficial, amanhã. Ele visitará o Complexo Penitenciário de Chapecó. A deputada federal Caroline De Toni (PSL), acompanhará o ministro na unidade prisional que é modelo de gestão e ressocialização. “A intenção da visita é apresentar o complexo ao ministro e torná-lo um exemplo que poderá ser replicado em outras unidades prisionais do Brasil”, pontuou a deputada Caroline.

Moro voltará

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, volta no dia 12 de julho a Santa Catarina. Na segunda visita oficial ele vai participar da entrega de equipamentos ao sistema prisional, em Florianópolis. O deputado federal, Daniel Freitas (PSL), é quem está organizando a agenda de Moro, que também passará por Tubarão e Criciúma, onde ele será o palestrante da programação em comemoração aos 75 anos da Associação Empresarial de Criciúma (ACIC). O roteiro completo ainda não foi definido.

Leia também »  Alcatraz: Quem será delatado? , Eli nega retirada de incentivos do porto de Itajaí, duodécimo gera tensão entre os poderes em SC entre outros detalhes

Crise no PSB

A renúncia da executiva estadual do PSB, não se deve apenas a divergência com a executiva nacional. É claro que não havia mais clima, ou seja, mais cedo ou mais tarde, isso iria acontecer. As lideranças que deixam o partido socialista, saíram para seguir Paulinho Bornhausen, que irá liderar o Podemos em Santa Catarina. Já o deputado estadual, Laércio Schuster, deverá assumir a presidência estadual do PSB, conforme adiantado pela coluna.

LDO e duodécimo

A votação do parecer sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020, na Comissão de Finanças e Tributação da Assembleia Legislativa, será feita em uma reunião extraordinária na próxima terça-feira (11). Os integrantes do colegiado fizeram um pedido coletivo de vistas sobre o texto apresentado pelo relator da matéria, deputado Marcos Vieira (PSDB). Entre as 23 emendas que foram feitas ao texto original enviado para a Alesc pelo governo, a principal é de autoria do próprio relator, que preside a comissão. Tomando como base ofícios enviados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), Tribunal de Justiça, Ministério Público e os apelos da Federação Catarinense dos Municípios (Fecam), além de várias prefeituras e Câmaras de Vereadores, Vieira optou por manter os percentuais do duodécimo para os poderes e para a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Salário do MP

O Plenário da Assembleia Legislativa manteve quatro mensagens de veto do governador, Carlos Moises da Silva (PSL), a projetos de lei aprovados pelos deputados no fim do ano passado. Entre as propostas, destaca-se o pagamento de um reajuste salarial retroativo aos servidores administrativos do Ministério Público de Santa Catarina. Trata-se do Projeto de Lei Complementar de autoria do MPSC, que concedeu reajuste de 1,56% aos servidores do órgão. A matéria deu entrada no parlamento em setembro de 2018 e foi aprovado pelos deputados em dezembro. O artigo terceiro da matéria determinava que o reajuste seria retroativo a 1º de junho de 2018, referente à data-base da categoria.

Leia também »  Araújo Gomes nega ruído na Segurança Pública

PSL de Joinville

Ontem conversei com o deputado federal, coronel Armando (PSL), sobre a eleição à Prefeitura de Joinville. Os pesselistas estão divididos entre o grupo ligado ao presidente estadual do partido e secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Lucas Esmeraldino, que apoia o secretário de Articulação Internacional, Derian Campos para ser o candidato do partido, e o grupo de Armando, que deseja ter mais um nome para que o partido tenha mais opções. Pelo visto, o PSL terá dificuldade para se unir em Joinville.

Esmeraldino em Florianópolis?

Nas bases do PSL voltou os rumores de que o presidente estadual do partido, Lucas Esmeraldino, deverá disputar a eleição a prefeito de Florianópolis. Outro nome que tem sido constantemente lembrado e, que seria a princípio, o preferido do governador, Carlos Moisés da Silva, é o do comandante da Polícia Militar, coronel Araújo Gomes. Acontece que em relação a Esmeraldino, uma ala do PSL da capital é contrária ao seu nome.

Buligon quer disputar

O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon (DEM), me disse que ainda está no páreo para disputar a eleição no próximo ano. Ele ainda guarda uma resposta do TSE, sobre uma consulta feita pelo seu partido se poderá ser candidato, alegando que no primeiro mandato só teria assumido para terminar o governo de José Caramori (PSD), que renunciou para assumir a presidência do Badesc. “Eu ainda sou pré-candidato”, afirmou Buligon. Outro nome do grupo do atual prefeito que aparece como possibilidade, é o do procurador geral do município, Ricardo Cavalli.

Para receber via WhatsApp é só enviar uma mensagem pelo (49) 98504.8148.
 
PATROCINE ESTA COLUNA: (49) 985048148 / email: [email protected]
 

Atualizado em:
Gean Loureiro fala ao SC em Pauta, advogado da Alcatraz entre os presos da Operação Chabu, as alternativas de Moisés para o duodécimo entre outros destaques
Gean Loureiro concede coletiva neste momento e diz que sai mais forte politicamente
Operação Chabu: TRF4 informa detalhes das prisões de hoje
Gean Loureiro já está na Polícia Federal