...

Manifestações Fora Bolsonaro demonstram que o Brasil é democrático, para a esquerda

No dia da eleição de Bolsonaro, vi um monte de gente chorando e achei aquilo ridículo. Cheguei a ver uma pessoa aos prantos, falando que a democracia estava em risco. Claro, um eleitor do Haddad que temia Bolsonaro.

Mal sabia eu, que essa pessoa estava certa. Bolsonaro foi eleito e a liberdade de opinião vem sendo cerceada, a maioria cristã tem sido amealhada e sua liberdade de expressão já não existe mais e as perseguições políticas ficaram cada vez mais evidentes, principalmente, contra o presidente da República. Sem contar a liberdade de ir e vir e do trabalho.

Óbvio, nada disso por parte de Bolsonaro, que em momento algum ameaça a democracia, por mais que mintam sobre isso.

Agora, o que é ameaça à democracia? Simples, é ver um ex-presidente corrupto ser solto da cadeia, é saber que Renan Calheiros está sendo endeusado por ser o carrasco de Bolsonaro e que o STF só está apunhalando o Brasil com decisões absurdas, contrárias à Constituição e a decência. Fora tantos outros exemplos que você leitor poderá acrescentar.

Sem dúvidas, Bolsonaro não tem nenhuma característica tirânica (e nem deveria) e a prova disso é:

Nesse sábado (29), um pequeno grupo de pessoas se reuniram em cidades Brasil afora, para gritar Fora Bolsonaro e outros ainda o caluniavam, chamando de Genocida. Tudo isso livremente e com a segurança e escolta da polícia.