...

Se Moisés voltar, Carmen deverá sair; Daniela no cardápio do MDB e outras notícias

Essa semana é sem dúvida alguma, definitiva. Mas algumas coisas são certas, por exemplo: Se Moisés voltar ao comando do governo de Santa Catarina, nomes de Daniela estarão fora do governo. O caso mais emblemático é da deputada federal Carmen Zanotto.

Nome técnico e respeitado na política e na saúde, já foi convidada por Moisés para assumir o cargo. Na época, Zanotto recusou o convite. Quase um ano depois, acabou aceitando o convite da governadora interina Daniela Reinehr.

Uma fonte me afirmou que se Moisés voltar, irá exonerar a Secretária de Estado da Saúde. Junto com ela, sairão todos os nomes que não procuraram o governador afastado.

Cartão Postal de Timbó

Quem vai “turistar” em Timbó, certamente visita a ponte que faz parte do complexo turístico do imigrante. Apesar da exuberância, o local estava precarizado e precisava de revitalização. No complexo, havia um restaurante que estava interditado e os espaços para visitação estavam em péssimas condições.

A partir deste mês, um contrato de concessão foi assinado e o belíssimo local será revitalizado. A empresa vencedora vai utilizar e administrar o local pelos próximos 20 anos.

Almoço na bancada do MDB

O almoço marcado para a bancada do MDB nesta terça-feira (04), terá um cardápio especial: O voto de Valdir Cobalchini no julgamento de Carlos Moisés. O emedebista tem afirmado categoricamente que não irá mudar o voto, ficando contrário ao Impeachment.

Armando com Covid-19

O deputado federal Coronel Armando foi diagnosticado com Covid-19. O parlamentar está bem e isolado em casa. Nas suas redes sociais, afirmou que está fazendo uso dos medicamentos Azitromicina, Ivermectina, Hidroxicloroquina, Vitamina D e Zinco. O parlamentar alertou para quem esteve com ele tomar os devidos cuidados.

Daniela elogia

Em sua visita à Joinville, a governadora elogiou o modelo de agendamento para vacinação na cidade. Capitaneado pelo secretário da saúde Jean Rodrigues da Silva, o modelo tem sido bem sucedido na cidade.

Para Daniela, o modelo serve de exemplo para todo o estado de Santa Catarina.

Golaço de Adriano

O prefeito conseguiu furar a agenda de Daniela e levar a governadora ao local onde poderá ser executada uma ponte em Joinville. Essa é uma ponte que o prefeito Udo Döhler prometeu e não cumpriu (mais uma). Adriano não prometeu fazer a ponte, mas está se mobilizando para tal.