Vereador sai do PP e pode perder mandato em Criciúma

Em Criciúma o vereador Daniel Freitas, saiu do PP e foi para o PSL, de olho numa candidatura a deputado federal, aproveitando sua estrutura aliada à carona com a onda Bolsonaro. Para sair sem perder a cadeira de vereador precisava de uma generosidade coletiva quase impossível. Num primeiro momento até teve este aceno dos caciques do partido, mas o inevitável aconteceu e logo se anunciou que o partido quer a vaga com base na lei da fidelidade partidária.

Ontem, após o PP anunciar o resultado de uma reunião que decidiu pedir a vaga na Câmara, o vereador Daniel Freitas expôs o que lhe incomodava dentro do partido. Sem citar o nome disse que da reunião participou um grupo ligado ao deputado Valmir Comin. Antes Freitas vinha revelando ligeiro incomodo com falta de espaço, agora parece ter ficado mais claro.

Convenhamos, a reação do PP em anunciar que vai pedir a vaga do vereador Daniel Freitas é a mais natural possível. O estranho era antes, quando o próprio presidente municipal do partido, Itamar da Silva, sugeriu que isso não aconteceria. Diz-se na terra do carvão que a generosidade em não pedir a vaga teria dedo o “dedo” de Esperidião Amin, que tem estreita amizade com a família Freitas.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest