A ÚLTIMA ANTES DA ÚLTIMA

Como em 2014, na última hora o PP pode oferecer o vice de Paulo Bauer (PSDB) e pode não ser Esperidião Amin. Este argumento nasceu ontem, depois que Ana Amélia Lemos (PP) aceitou ser vice de Geraldo Alkmin (PSDB), na eleição presidencial. Esta pode ser a alternativa encontrada por Esperidião Amin, depois de ver que sua investida na convenção do último sábado desajustou o seu partido. Havemos de lembrar que Amin foi o único a dizer que poderia ser vice de Paulo Bauer. Isso não é especulação, mas uma das muitas possibilidades. É difícil – quase impossível – antecipar qual será o desfecho. Restam três dias para os partidos acharem a saída. Não é impossível, embora logicamente pouco provável, que PSDB, PP, DEM e PSD estejam juntos.

DOIS NUM
Teoria forte sugere Gelson Merísio (PSD) como vice de Napoleão Bernardes (PSDB) com Paulo Bauer (PSDB) e Raimundo Colombo (PSD) para o Senado. Na outra chapa estariam Esperidião Amin e João Paulo Kleinubing, de vice ou ao senado, com outras duas vagas a serem preenchidas. Dois palanques para Geraldo Alkmin e Ana Amélia Lemos. Garantia de eleição de dois turnos. No segundo estes dois grupos estariam juntos.

TEORIA DO NOVO
A insistência de Gelson Merísio pedindo ao PSDB a substituição do candidato Paulo Bauer por Napoleão Bernardes vem da orientação dos seus marqueteiros, embora havia especulação de que a sugestão era do departamento jurídico. A tese é que a dobradinha Napoleão e Merísio pode levar a marca do “novo”. Numa disputa entre PP de Amin e MDB de Mariani seria discurso reforçado.

SEGUNDO TURNO
É logicamente praticamente impossível imaginar uma eleição de primeiro turno em Santa Catarina. Se tiver quatro candidaturas: MDB, PP, PSDB e PT é impossível. Deve-se considerar que existem percentuais de votos cristalizados para PP (pessoalizados em Amin), no MDB e no PT.

LAGEANO BRABO
Para a imprensa – como aqui – que reclamavam da passividade do ex-governador Raimundo Colombo, uma situação diferente. Ele tem reagido com discurso no ataque, ou contra-ataque, como nesta semana ante a notícia de que juiz de primeiro grau aceitou denúncia por crime de caixa dois. Acusou a imprensa de “requentar matéria”.

AVISO DADO
Aparentemente nos próximos dias será cumprida a sentença de perda do mandato do vereador Moacir Dajori (PSDB), em Criciúma. Está disponível o despacho do juiz Rento Della Giustina mandando notificar a Câmara sobre a substituição do vereador. Quem assume é Marcos Meller (PSDB). Até ontem a Câmara não havia sido notificada.

SOMBRIO
Caiu como bomba a decisão do Tribunal Regional Eleitoral em cassar mais da metade da Câmara de Vereadores de Sombrio, ontem. São quatro vereadores do MDB e um do PSB. Perdem o mandato porque a coligação não atendeu a exigência de 30 por cento de candidatas mulheres. Havia número inscrito, mas apenas para cumprir a lei. Elas não teriam feito campanha. Toda coligação foi cassada.

DEMORA
O cumprimento da decisão do TRE a respeito da Câmara de Vereadores de Sombrio não é imediato. Cabe recurso e os cinco vereadores que tiveram eleição anulada permanecerão na vaga pelo menos por 30 ou 40 dias. Neste período correm prazos entre recursos e cumprimento da sentença.

AMIN CHAMOU
Todos os progressistas que serão candidatos nestas eleições, homologados ou não durante a convenção do último sábado, devem “se apresentar” hoje na capital. Esperidião Amin mandou chamar para que sejam feitos os ajustes. Pelo visto não são poucos. O partido deve mexer inclusive na chapa majoritária. Uma dests decisões diz respeito ao Sul, já que Jorge Boeira pode não ser mais candidato a deputado federal e M´´arcio Búrigo ocupar a vaga.
__________
BOLSONAROS O MDB estaria buscando atrair os votos de Jair Bolsonaro ao atrair à sua coligação, integrantes do partido dele, o PSL. Difícil acreditar em uma tese desta natureza, especialmente partindo de um dos partidos com os mais experientes políticos. Não há leitura lógica de que correligionários de Bolsonaro sejam capazes de transferir votos. O contrário sim.

TEM TIME Quem pensa que o PSL de Jair Bolsonaro se restringe ao presidenciável e seu eleitorado fervoroso está enganado. Em Santa Catarina o partido tem, além de candidato ao Senado, elo menos 26 candidatos a deputado federal e cerca de 30 candidatos a deputado estadual.

PRAZOS O vereador Daniel Freitas tem nas veias sangue progressista, como alguns companheiros de partido admitem e ele próprio dá a entender. Só foi para o PSL porque ficou sem espaço no PP. Se concorre a deputado estadual bateria de frente com forças como José Milton Scheffer, Valmir Comin e Pepê Colaço. Pra deputado federal bateria de frente com Jorge Boeira. Pois hoje o PP está atrás de um candidato a deputado federal.

ANIVERSÁRIO Ontem o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro comemorou 55 anos. Ele ganhou uma festa surpresa com musicais como dos alunos do Bairro da Juventude.


____________
FRASE DO DIA
“Noticiar um fato ocorrido meses atrás como se houvesse ocorrido hoje, às vésperas do início da eleição, é uma tremenda falta de caráter. É por essas e outras que a imprensa tem perdido credibilidade junto à sociedade. Todas as acusações criminais envolvendo meu nome foram arquivadas pela Justiça. Essa que trata de financiamento eleitoral certamente terá o mesmo destino.”
Raimundo Colombo, reagindo às últimas notícias divulgadas sobre os seus processos. Ele alega que é fato antigo um despacho que tem duas semanas.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest