Tucanos não abrirão mão da cabeça de chapa, Ivan Carlos poderá assumir o Esporte de Chapecó, a resposta de Prates entre outros destaques

Bauer é o favorito do partido para disputar o Estado.
Foto (José Somensi / PSDB)

Conforme adiantei os tucanos saem unidos de sua convenção e com o deputado estadual, Marcos Vieira, reeleito para mais um mandato de presidente do PSDB estadual. O secretário de Estado do Turismo Leonel Pavan, e o deputado federal, Marco Tebaldi são os vices. Durante o evento, Vieira foi mencionado pelo trabalho que fez, levando o partido para uma guinada em seu crescimento.

Além disso, a legenda mostrou que está praticamente fechada quanto a decisão de ter candidato a governador e, somente um fato extraordinário mudará essa situação. Em conversa entre os principais caciques, ficou definido que para a disputa à Casa D’Agronômica, estão listados como prioridade os nomes do senador, Paulo Bauer, do secretário, Leonel Pavan e do prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes, inclusive, no caso de chapa pura, esses três nomes serão avaliados em uma pesquisa interna para definir a quais cargos disputarão, incluindo Vieira para uma das vagas ao Senado. “Tem muita gente querendo fechar composição. Nós não vamos atrás, vamos esperar e se alguém quiser compor conosco, nós iremos compor tendo a cabeça da chapa, caso contrário, nós iremos de chapa única”, me disse um dos caciques.

A partir das conversas no ninho tucano, não é difícil que a chapa puro sangue aconteça, pois, a legenda não abrirá mão da vaga a governador e, nem a uma das duas ao Senado. Os peemedebistas chegaram a oferecer três vagas, vice e as duas de senador, porém, o sim não foi dado pelo fato dos líderes do PSDB estarem avaliando o cenário e, dependendo dos números da próxima pesquisa, somente aceitarão os peemedebistas como vice.

Já em relação ao PSD, o mesmo cacique me disse que é uma conversa mais difícil, já que Gelson Merisio tem a vaga à disputa de governador, enquanto que o PP terá o vice, e Raimundo Colombo (PSD) provavelmente irá ao Senado. Pelo visto, os tucanos começam a preparar as asas para um vôo solo.

Cartada

 O pré-candidato a governador, Gelson Merisio (PSD), disputou a competição de canastra no final de semana na Olímpiada de seu partido. Porém, ele seguirá trabalhando para dar as cartas no jogo político pessedista. Com a entrada de Júlio Garcia no cenário, caso ele realmente vá para o PSD. Merisio terá mais uma liderança para discutir as condições para a sua provável candidatura. Para isso, reforça a união com João Rodrigues (PSD) e segue se aproximando das bases para consolidar um projeto que foi adiantado, justamente devido a necessidade que a questão geográfica provoca, que é a do convencimento das demais regiões. Merisio tem ao seu lado o PP, PSB, PROS, Solidariedade, PV, PDT, PRB e possivelmente o Podemos. Portanto, a sua única questão é interna, somente essa.

Merisio durante a competição de canastra.
Foto:Luciano Encarnação

Olímpiada

O PSD realizou a maior das edições de suas tradicionais olímpiadas. Foram competidores de 55 municípios da região para São Miguel do Oeste. O evento teve 1.400 inscritos em diversas modalidades esportivas, com competições exclusivas para filiados do PSD. Cerca de dois mil pessedistas passaram pelos seis locais de jogos e confraternizaram na chamada mateada da família 55. A organização ficou a cargo de Eldimar Jagnow e Marlene Fengler.

Herneus

A possível volta de Herneus De Nadal para o PMDB e para a disputa a deputado estadual, mexeu com a ala mais antiga do partido. Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, ele pensa na possibilidade de renúncia do cargo para retornar às atividades políticas. Em Chapecó o vereador, Cleiton Fossá, que é pré-candidato à Assembleia Legislativa, me disse que a volta de Herneus é importante.

Prates não quer

O jornalista Luiz Carlos Prates disse não, ao convite do Patriotas e do pré-candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro. O partido o chamou para ser candidato ao Senado, porém, no jornal do SBT, emissora em que atua, Prates disse que ficou lisonjeado, mas que prefere seguir no jornalismo.

HRO

Hoje de manhã o deputado federal, Esperidião Amin, e o deputado estadual, Altair Silva, ambos do Partido Progressista, se reunirão com o presidente da entidade mantenedora do Hospital Regional de Chapecó, Severino Teixeira Filho e demais integrantes da diretoria. O encontro foi a pedido dos parlamentares e a pauta não foi informada.

Amin estará no HRO

Esporte de Chapecó

Segue o impasse a respeito da Secretaria de Esporte de Chapecó. Conforme divulguei na semana passada, Ivan Carlos Agnoletto é o número 1, ou seja, se disser um sim, será o comandante da secretaria. A segunda opção seria Mário Tomasi que é filiado ao PP, que me disse ser um operário do projeto, por tanto, se for designado, enfrentará o desafio, mas, como a vaga é do PSDB, ninguém sabe como ficará.

Ivan Carlos pode assumir o esporte.

Insegurança no campo

Em ofício encaminhado ao ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, General-de-Exército, Sérgio Etchegoyen, o deputado federal, Valdir Colatto (PMDB) e seus colegas de Câmara, Osmar Serraglio (PMDB) e Luís Carlos Heizen (PP), chamaram a atenção para a ocorrência de invasões e vandalismos em propriedades rurais. Para os parlamentares, não se tratam de eventos isolados, pois, existe uma linha intelectual que lidera os fatos. No documento eles ainda relatam que alguns ditos movimentos sociais tem cometido os atos de violência.

Colatto preocupado com a soberania do país.
Foto: Marcelo Lula

Intenções

Para o deputado federal, Valdir Colatto (PMDB), há oculta e deliberada intenção de atrapalhar o desenvolvimento do Brasil, para tirar o nosso poder de competir com os produtores de outros países, menos privilegiados pela natureza, em terras e clima. “A segurança nacional pode estar perpassando por riscos provocados por mãos e mentes de outras nações, convencidas de que, se não obstarem, seja porque meios forem, será inexorável a hegemonia brasileira na produção agrícola mundial”, afirmou.

Datas comemorativas

A Assembleia Legislativa aprovou Projeto de Lei de autoria do deputado estadual, João Amin (PP), que dispõem sobre a instituição de datas festivas alusivas no âmbito de Santa Catarina. A proposta objetiva estipular regramento e critérios que sigam a mesma linha adotada pelo Congresso Nacional por meio da Lei Federal. Com a aprovação a instituição de datas comemorativas estaduais obedecerá ao critério da alta significação para os diferentes segmentos profissionais, políticos, religiosos, culturais e étnicos. A definição do critério será dada, em cada caso, por meio da realização de consultas e audiências públicas.

Precatórios

A deputada federal, Geovânia de Sá (PSDB), protocolou um requerimento pedindo celeridade à votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos precatórios. Ela também conversou com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), que garantiu que a matéria entra na pauta desta semana. A proposta permite o uso de dinheiro depositado na Justiça para pagar dívidas públicas. Os precatórios são dívidas que o governo tem com o cidadão, ou empresa, que ganhou um processo judicial transitado em julgado. Como foi aprovada com emendas no Senado, a PEC retorna para novo exame da Câmara dos Deputados.

Natalino no Podemos

Conforme adiantei em primeira mão no final de semana, hoje as 10h, o deputado estadual, Natalino Lazare (sem partido), assinará ficha no Podemos. Lazare aproveitará a visita do senador, Álvaro Dias, pré-candidato a presidente da República a Florianópolis. Eles concederão entrevista coletiva na Assembleia Legislativa, na Sala de Imprensa. A presidência estadual da legenda é do procurador da Univali em Itajaí, Vilson Sandrini Filho, que costurou a ida de Lazare para o partido.

Destaque

“Após o discurso liberal de Jair Bolsonaro (Pen/Patriotas), pregando o Estado mínimo, eficiente e livre da corrupção, além da redução do juro para 2%, e até as privatizações, o mercado se voltou para ele como uma opção. Os analistas dizem que Bolsonaro passou a ser visto como uma opção contra Lula (PT)”

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest