Tensão no mundo jurídico

Desde a semana passada o mundo jurídico catarinense tem holofotes do país por conta da denúncia feita pelo advogado Felisberto Odilon Córdova, de que o desembargador Eduardo Gallo lhe fez, por intermediário de um interlocutor, proposta para “vender” uma sentença. O judiciário foi jogado à mesma vala do Executivo e o Legislativo, como foi sugerido na denúncia.

Hoje o Tribunal de Justiça terá sessão do pleno para analisar o casos, numa resposta rápida elogiável. À luz do cidadão restam dúvidas. Uma delas é se de fato a acusação é verdadeira. A outra é que o advogado ao sentir ter perdido a causa, “derrubou a mesa do jogo”. Afora isso chamam atenção as notas apresentadas logo após o episódio.

A OAB foi contundente ao defender o advogado invocando a sua conduta ao longo de mais de 50 anos. Já a nota da magistratura anuncia interesse na investigação criteriosa dos fatos, sem nenhuma defesa tão intransigente do magistrado acusado. É assim que começa a semana em Santa Catarina.

A peça jurídica que gerou a maior confusão já vista no Judiciário catarinense tem relações com Criciúma. Trata-se de uma cobrança de honorários de uma ação entre os herdeiros da família de Diomício Freitas e uma família de Lages, defendida pelo advogado que é da mesma cidade. A ação é de causa de terras na área do lago de Itaipú no Paraná. O julgamento em primeira instância foi em Criciúma.

O advogado que fez a denúncia no TJ alega que um pacote de processos relacionados um ao outro, estavam por muitos anos no tribunal e que de repente foram à pauta. No caso pautado semana passada o magistrado teria para receber algo em torno de R$ 35 milhões. A primeira impressão nestes casos é sempre a suspeita de suborno, mas não se pode desconsiderar que a ação do advogado possa ser uma estratégia. Só o tempo dirá.

Estratégias de política

Depois de dar uma série de nós táticos em Gentil da Luz, nos últimos acontecimentos políticos, o prefeito de Içara (cidade da região de Criciúma), Murialdo Gastaldon (PMDB), revela nova estratégica para diminuir a força do ex-prefeito. Isso porque Gentil sempre teve como aliado o deputado Dóia Guglielmi (PSDB), que agora ganha um afago de Murialdo que o anuncia candidato preferido para vice-governador. Assim, o prefeito agora faz afago com pena alheia para ficar com a autoria do carinho, embora saiba que no sul o tucano mais cotado para a majoritária é o prefeito de Criciúma Clésio Salvaro.

Desde que deixou a prefeitura e foi sucedido pelo atual prefeito reeleito Murialdo Gastaldon, o ex-prefeito Gentil da Luz, luta sem grande sucesso para recuperar sua liderança política. Mais recentemente nem para o cargo de secretário de Desenvolvimento Regional ele obteve êxito. Mesmo assim Gentil está entre os líderes mais fortes de Içara. 

Encontro do PR

No sábado o PR fez encontro regional em Criciúma. A estrela principal foi o único deputado federal catarinense do partido, Jorginho Mello, que dois dias antes votou contra o governo federal e viu exonerado seu indicado político para o DENIT no Estado, por retaliação. O partido lançou seus vice-prefeitos Primo Menegalli Júnior (Araranguá) e Gislaine Cunha (Sombrio) como candidatos a deputado.

A professora aposentada Gislene Marinho Costa, que já foi motivo de disputa entre Clésio Salvaro (PSDB) e Márcio Búrigo (PP), agora é do PR. Ela filiou-se ao Partido da República sábado, com ficha abonada pessoalmente pelo deputado Jorginho Melo. 

Deputado na rua

No sábado, durante um almoço na Sociedade Mampituba, o único deputado federal a comparecer foi Jorge Boeira (PP). Apesar do ambiente aparentemente “patronal”, ou seja, afinado com as propostas reformistas do presidente Michel Temmer, Boeira foi muito cumprimentado por seu voto “não” ao arquivamento das investigações contra o presidente da república.

Circulação

A propósito de circulação de deputados tem sido flagrante uma retração de agendas dos agentes políticos. Com o cenário pouco favorável à classe, alguns têm preferido ficar um tempo fora da cena. Entre os parlamentares do sul, entretanto, observa-se um roteiro intenso do deputado estadual Cleiton Salvaro (PSB). É a figura mais carimbada nos eventos ultimamente. Já bate de igual para igual com o primo Clésio.

 

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest