Reforma da Previdência – Facisc intensifica campanha a favor do projeto

A classe empresarial catarinense ainda não jogou a toalha em relação à análise e aprovação da proposta de Reforma da Previdência defendida pelo Governo Temer. A Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), por exemplo, defende a Reforma da Previdência e a aprovação das novas regras de aposentadoria.

A entidade classista inclusive lança uma campanha que vai atuar junto aos seus associados, mais de 34 mil empresas, redes sociais e veículos de comunicação. Segundo a assessoria da Facisc, para o presidente da Facisc, o empresário Jonny Zulauf, não cabe nesse momento tão importante discutir sobre a veracidade de desmandos administrativos da Previdência ou da legitimidade do processo legislativo da Reforma, mas apoiar a mudança que está por vir.

“Pensamos nos pontos, que vão num futuro não muito distante, proporcionar mudanças significativas na economia em todas as esferas da estrutura da república”, espera. Para a Facisc, décadas atrás a perspectiva de homens e mulheres no mercado de trabalho era muito diferente da atual realidade. O aumento da expectativa de vida, mudanças na demografia com o envelhecimento da população e a queda da taxa de fecundidade mudam o cenário dos anos 60, 70 e 80.

Pelo olhar da Facisc, a idade média de aposentadoria no Brasil é de 59,4 anos, sendo uma das mais baixas do mundo. “O aposentado acaba se afastando mais cedo do mercado de trabalho e cabe a empresa o encargo de substituir essa mão de obra”, explica Zulauf.

A Federação está mobilizada na cobrança de posicionamento coerente dos parlamentares em benefício da sociedade. Também está atuando junto ao ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun. Enquanto a classe empresarial se lança com força, inclusive econômica, política e na comunicação para a aprovação, as entidades sindicais de trabalhadores continuam a falar para si próprias, ignorando a mídia tradicional e se fechando para o diálogo. Assim vai ficar fácil para as entidades empresariais.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest