PSD e Progressistas consolidam a união, mais uma declaração de Mariani, Temer em SC entre outros destaques

Somente um fato novo e grave, pode separar pessedistas e progressistas aqui no estado. Fora isso, o casamento está a cada dia que passa mais consolidado. Ontem as legendas sincronizaram as suas agendas para reuniões que começaram as 11h em suas respectivas sedes. Os encontros foram para discutir a formação das chapas proporcionais.

Já está acertado que para a eleição a deputado federal os partidos estarão juntos, porém, a dúvida é para Assembleia Legislativa, onde a tendência passou a ser de cada um com a sua chapa. Outro aspecto abordado é que as campanhas terão que ser franciscanas. Se de um lado, os pré-candidatos ao Governo do Estado Gelson Merisio, e ao Senado Raimundo Colombo, trabalharam a parte mais técnica do pleito junto aos pessedistas, apresentando aos pré-candidatos uma empresa que cria sites para pedirem doações para as suas campanhas. De outro, o também pré-candidato a governador Esperidião Amin, agitava os progressistas com declarações para lá de picantes.

Segundo ele, nos últimos meses os ventos estão soprando a favor de seu partido, pois, há uma excelente posição em todas as pesquisas e nenhum abalo. Para Amin, a coligação com o PSD é necessária para o Progressistas e para o próprio PSD. “Na condição de pré-candidato ao governo eu digo que a palavra chave destas eleições é a mudança. Mas é preciso mudar com confiança e o partido tem o que oferecer”, afirmou, destacando ainda que Eduardo Pinho Moreira (MDB) está “emedebizando” o governo ao tirar os pessedistas, situação a qual, de acordo com Amin, favorece o projeto do qual faz parte.

Ainda em seu discurso o progressista cutucou os tucanos, dizendo que é preciso buscá-los. Ele afirmou que somente será contra isso, quem colocar o seu desejo pessoal a frente. Em suma, o objetivo de Amin é tirar o MDB do poder. Quem vai liderar o processo é o de menos, seja ele, ou Merisio, já que estão unidos contra o mesmo adversário.

Voltando aos pessedistas, Colombo destacou que todos estão unidos em torno do projeto do PSD. Segundo ele, a saída do governo lhe deu mais tempo para visitar as bases. Já Merisio, pediu a todos que ajudem na divulgação do lançamento de sua pré-candidatura ao Governo do Estado agendada para o próximo dia 26 em Chapecó. Um pouco antes de encerrar, o ex-governador pediu licença, pois já tinha um compromisso pré-agendado em Brusque.

Júlio Garcia também foi convidado, porém, não compareceu. Um momento que gerou risadas entre os presentes, foi quando o pré-candidato Enori Barbieri ao ver a apresentação de um site para a captação de recursos de campanha, questionou: “Ao invés de alguns candidatos darem dinheiro para o povo, será o povo que dará dinheiro para os candidatos?”, brincou.

Para selar a parceria, após terem realizado reuniões em separado, PSD e Progressistas se reuniram em um almoço no Hotel Castelmar para discutir estratégias para as eleições deste ano. Mesmo com os progressistas chegando com quase duas horas de atraso, ainda sobrou tempo para uma conversa entre os caciques.

Sobre o Bauer

O pré-candidato ao Governo do Estado, deputado Esperidião Amin, disse que é justo que o pré-candidato tucano, senador Paulo Bauer, diga ao PSDB qual é a sua posição definitiva em relação a eleição. Para Amin, antes dos desejos pessoais, é preciso que se construa uma candidatura que una os partidos que pensem parecido em relação ao modelo de governo. A fala corroborou o que disse o presidente estadual do partido, deputado Silvio Dreveck pregando que a aliança será formada por quem tem o mesmo DNA.

Galli na ADR

Conforme divulguei ontem em primeira mão, o empresário Sérgio Galli é o novo secretário executivo da ADR de Chapecó. Para que fosse respeitada a indicação do MDB da capital do Oeste, a bancada estadual e, principalmente o líder do governo na Assembleia Legislativa, Valdir Cobalchini (MDB), cobraram junto ao governador Eduardo Pinho Moreira (MDB), que o espaço fosse dado ao partido. Havia um acordo com Júlio Garcia para que Astrit Tozzo que é filiada ao PSD, ficasse a frente da ADR, porém, Pinho Moreira tem cortado os cargos indicados pelo pessedista em seu governo. Resta saber se mesmo perdendo o cargo, Astrit continuará apoiando Garcia. Já quanto a Celesc, ainda não há o anúncio de nomes.

Galli assume o cargo imediatamente.
Foto: Jeferson Baldo

Vai ter dinheiro

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Valdir Cobalchini (MDB), me disse ontem que o dinheiro para os repasses do Governo do Estado aos municípios está garantido. Somente receberão os recursos, municípios com prefeito ou vice do MDB. Cobalchini explicou que os municípios terão que dar início às obras até três meses antes da eleição e, que a primeira parcela terá que ser paga pelo Estado até 7 de julho, e a última até 31 de dezembro.

Mais uma…

O pré-candidato ao Governo do Estado, deputado Mauro Mariani (MDB), segue com a sua sinceridade de sempre. Agora, ele rebate as informações de que o prefeito de Joinville Udo Döhler (MDB), lavaria as mãos e não apoiaria aos candidatos de seu partido. Segundo Mariani, ele e Udo tem uma boa relação e disse que não é com ele que o prefeito tem problema. “Quem tem problema com o Udo é o outro lado, que usou ele para me prejudicar e depois o descartaram. Falta não ter ficado óbvio para vocês que ele foi usado”, atacou Mariani sem citar nomes, como se precisasse.

Caramori

Em entrevista para as colegas Juliana Matielo e Luciana Lang, que será publicada na próxima edição da Revista de Chapecó, o ex-prefeito José Caramori (PSD), disse que não sabe se será candidato a deputado. “Eu quero é cuidar dos meus negócios”, disse ele. Caramori falou mais a respeito da família e da política, vale a pena conferir.

Respeito

José Caramori (PSD) segue respeitando a situação do deputado federal João Rodrigues (PSD), que está preso em Brasília. Caramori acredita em uma reviravolta, o que poderia trazer Rodrigues novamente ao cenário para a disputa a federal. Outro cenário é se Fabiana Rodrigues (DEM) disputar. Nesse caso, caberá a Caramori se candidatar a deputado estadual, ou ficar de fora.

Republicanos

O Partido da República realizou uma reunião com pré-candidatos a deputado em Curitibanos. O PR vai lançar um candidato em cada associação de municípios e pretende eleger cinco estaduais e dois federais, além de Jorginho Mello a governador. Em Chapecó, o candidato será o vice-prefeito Élio Cella e no Extremo-Oeste o deputado Maurício Eskudlark. Quanto a Mello, informações de bastidores dão conta de que o discurso de disputa ao Governo seguirá, porém, ele costurou com o MDB uma vaga ao Senado.

Leonel Pavan

O deputado estadual Leonel Pavan (PSDB) seguirá em coma induzido, até que reduza o inchaço na área cerebral próxima a nuca do parlamentar. O quadro apesar de estável, ainda é considerado grave. Pavan passou mal ontem durante uma aula de pilates em Balneário Camboriú. De acordo com os médicos, o coma induzido poderá durar cerca de 10 dias, ou mais. Somente quando o inchaço diminuir, que a sedação começará a ser retirada aos poucos. Com Pavan acordado, será possível verificar a sua situação e se haverá sequelas. Hoje um novo boletim médico deverá ser divulgado.

ADR de Blumenau

Na semana passada 14 cargos indicados pelo ex-governador Raimundo Colombo (PSD), foram exonerados da Agência de Desenvolvimento Regional de Blumenau. De acordo com o colega Clóvis Reis, do Grupo NSC, o governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) tem uma preferência por indicar o advogado Miguel Ângelo Soar (MDB) para assumir a ADR. É que o atual secretário executivo é Emerson Antunes (PSD), que está com os dias contados para permanecer no cargo. Sobrinho do deputado estadual Ismael dos Santos (PSD), Antunes é jornalista e foi indicado pelo tio durante a gestão Colombo.

ICMS

O governador Eduardo Pinho Moreira (MDB), assinou na tarde de ontem um decreto para que o setor atacadista volte a pagar uma alíquota de 12% de ICMS. O ato ocorreu durante um encontro com representantes do segmento no Centro Administrativo. Desde o veto da Assembleia Legislativa à Medida Provisória 220 na semana passada, os atacadistas catarinenses se diziam sem condições de concorrer em igualdade com produtos vindos de fora do Estado. “A decisão da Assembleia de rejeitar a MP 220 trouxe graves prejuízos ao setor atacadista”, disse o governador ao justificar a decisão. “Nós fizemos um decreto regulando o setor e reduzindo as alíquotas de 17% para 12%. Isso significa movimentar a nossa economia, o que só será possível se nós tivermos facilidade de competitividade com outros estados”, frisou.

Temer em SC

A assessoria da Presidência da República confirmou que o presidente Michel Temer (MDB), chega a Florianópolis amanhã por volta das 18h45. Ele participará as 19h30 da abertura do 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic). Ainda não está confirmado se o presidente discursará no ato que acontecerá no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira em Canasvieiras. O governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) se encontrará com Temer, e uma conversa reservada entre os dois será confirmada durante o dia.

Ministro em Chapecó

Hoje de manhã o ministro Interino da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eumar Novacki, tem reunião com o Conselho Empresarial da Associação Comercial e Industrial de Chapecó, no Hotel Lang Palace, às 8h30. A agenda será acompanhada pelo secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies. O ministro atenderá a imprensa às 9h20, no Hotel Lang. A comitiva conta ainda com a presença do secretário de Defesa Agropecuária, Luis Eduardo Rangel; da superintendente do Mapa em Santa Catarina, Uellen Colatto; do diretor do Departamento de Promoções Internacionais do Agronegócio, Evaldo da Silva Júnior; e de deputados federais da bancada catarinense.

Congresso da Fecam

Ontem eu tomei um café com o presidente da Amosc, o prefeito de São Carlos Rudi Sander (Progressistas), com Alison Fiuza que é o articulador institucional da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), e com o assessor de imprensa da entidade, João Paulo Borges. Entre as atrações, estão quase confirmadas as palestras com o ex-jogador Zico que falará sobre liderança, e com o jornalista da Globo News, André Trigueiro, que direcionou o seu trabalho para a área ambiental. Sander destacou que será realizado o maior evento da história da Fecam. Um painel com presidenciáveis também está sendo organizado. Já confirmaram Aldo Rebelo (Solidariedade), e João Amôedo (Novo).

Amosc

Hoje a Associação dos Municípios do Estado de Santa Catarina (Amosc), realiza a sua assembleia. O encontro que iniciará de manhã na sede da entidade em Chapecó, contará com a presença de representantes dos Correios. É que será lançado um selo comemorativo dos 50 anos da Amosc.

Pré-candidata

O PSL, partido do presidenciável Jair Bolsonaro está lançando dois nomes para o pleito de outubro a partir de Chapecó. São as advogadas Caroline de Toni que é pré-candidata a deputada federal, e Daniela Reinehr como pré-candidata a deputada estadual.

Excelência

A presidente da Fundação Aury Luiz Bodanese e gerente de comunicação da Cooperativa Central Aurora Alimentos Isabel Cristina Machado, assume hoje a vice-presidência do Oeste no Movimento Catarinense pela Excelência (MCE). A posse será às 19 horas, no Auditório da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e a programação também contará com a apresentação de cases de sucesso. O gerente de saúde, segurança, qualidade e sustentabilidade na Celulose Irani S/A e vice-presidente regional Meio Oeste do Excelência, Leandro Alexis Farina, apresentará o case “Evolução da gestão da Celulose Irani”. Também será apresentado case de produtor rural integrado a Aurora Alimentos que participou do Prêmio Empreendedor Rural Cooperativista.

As andorinhas voltaram…

Que me perdoem os vereadores de Chapecó, mas deve estar faltando pauta para a Câmara Municipal. Digo isso porque é no mínimo uma patuscada o que fez o vereador Derli Maier (MDB), ao usar a tribuna para falar das andorinhas que escolheram uma das esquinas da Avenida Getúlio Vargas, para ficar por um período do ano. O caro vereador sabe melhor do que eu, que não é botando fogo na casa que se mata a barata. É preciso uma análise mais criteriosa, com tino, para não puxar o assunto de uma forma tão excêntrica, ao ponto de gerar a risota da população, ou, o pior. Atos hostis as aves. As pessoas, ainda mais uma autoridade, precisam entender que também é o seu papel defender a fauna e a flora. E não é papo de ambientalista não, é apenas uma visão de bom senso frente a um mundo que mata diariamente a sua natureza. E aqui eu deixo uma pergunta perturbadora para todos nós: quem suja mais o meio ambiente. Os animais ou o homem? Além disso, a vinda dos pássaros virou uma atração para o centro, pois, quantas pessoas ali passam para admirar o verdadeiro show proporcionado pela natureza?! Portanto, caro vereador, a prefeitura já fez a sua parte, que é isolar o local. Qualquer outro ato é crime ambiental. Agora, se o senhor quiser, eu tenho umas boas pautas para lhe passar. Obrigado!

Assista a fala do vereador na tribuna:

“Me ouça de segunda a sexta as 13h15 na Super Condá AM 610”

“Também me leia no jornal Sul Brasil”

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest