Proposta quer regular licenças médicas de suplentes de vereador em Joinville

Uma proposta diferente foi protocolada na Câmara de Vereadores de Joinville nesta segunda-feira (06/11). O vereador Adilson Girardi (SD) apresentou um projeto de emenda à Lei Orgânica que regula o pedido de licença médica de suplentes de vereadores. A ideia é conceder o benefício apenas ao suplente que cumprir, ao menos, 31 dias de mandato. De acordo com o autor do projeto, a mudança tem o apoio dos demais parlamentares: “Todos os vereadores assinam esta ideia e a comunidade apoia também, porque senão fica fácil o suplente assumir, pegar licença e ainda receber parte do salário do vereador”, argumenta Girardi.

Só nestes últimos três meses, três vereadores licenciaram-se, sendo dois deles por problemas de saúde: Odir Nunes (PSDB) e Tânia Larson (SD). No caso de Odir, quem deveria ter assumido como suplente era o ex-vereador Maycon Cesar, mas no mesmo dia em que assumiu, já apresentou pedido de licença médica, entrando em seu lugar o segundo suplente, Alan Kardec. A manobra irritou muitos vereadores e a comunidade em geral, que não poupou críticas, sobretudo nas redes sociais.

Girardi acredita que até o início do ano que vem esta emenda à Lei Orgânica seja sancionada pelo prefeito Udo Dohler, tendo em vista a necessidade regimental de passar pela análise de pelo menos duas comissões técnicas, entre elas a de Legislação, Justiça e Redação.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest