Prefeitura de Joinville prorroga por mais 6 meses os cortes de benefícios aos servidores

A portaria emitida pelo governo Udo Dohler que deveria durar apenas seis meses, vencendo o prazo em junho do ano passado, acabou sendo prorrogada para meados do ano que vem. São benefícios, como pagamento indenizatório de licença-prêmio, da cesta natalina e do terço de férias, que foram retirados momentaneamente sob o argumento da contenção de despesas. Só o valor com cesta natalina ultrapassa R$1 milhão, valor economizado pela prefeitura, mas que deixa de ir para o comércio, na economia do município. Não há garantias de retorno destes pagamentos para o ano que vem, mesmo com a receita aumentando neste ano.

A arrecadação aumentou 5,29% em comparação a 2016, somando R$779 milhões de aumento só entre janeiro e abril de 2017. O índice foi um pouco maior que o nível do IPCA (Inflação Acumulada Atual) do período, que marcou 5,23%. No caso da licença-prêmio o servidor está tendo direito, mas apenas se for gozar os dias sem indenização.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest